Pular para o conteúdo
Você está em: Página Inicial > Política > Deltan Dallagnol diz que “não é de Deus” mulher ganhar igual a homem e que submissão “está na Bíblia” #boato

Deltan Dallagnol diz que “não é de Deus” mulher ganhar igual a homem e que submissão “está na Bíblia” #boato

Deltan Dallagnol diz que “não é de Deus” mulher ganhar igual a homem e que submissão “está na Bíblia”, diz boato (Foto: Reprodução/Facebook)

Boato – Após votar contra projeto que prevê equiparação salarial entre mulheres e homens, o deputado Deltan Dallagnol disse “Não é de Deus. Mulheres devem se resignar em ganhar menos. A submissão ao homem deve ser até na remuneração. Está na Bíblia”.

Assim como a direita têm seus alvos prediletos em relação a fake news, a esquerda também tem os seus eleitos. Um deles é o ex-procurador de Justiça e agora deputado federal Deltan Dallagnol.

Nesta semana, ele votou contra o projeto de lei 1085/23, que prevê equiparação salarial para mulheres e homens que realizam a mesma função. A partir do posicionamento dele (que foi um dos 36 votos contrários ao projeto), começou a surgir uma suposta fala.

De acordo com a mensagem que circula online por meio de posts e prints de posts, Deltan Dallagnol teria justificado na religião o seu posicionamento. Ele teria dito “Não é de Deus. Mulheres devem se resignar em ganhar menos. A submissão ao homem deve ser até na remuneração. Está na Bíblia”. Leia a mensagem que circula online:

“Não é de Deus”. Com essa afirmação o deputado Deltan Dallagnol justificou seu voto contra a igualdade salarial entre homens e mulheres. Acrescentou o ex-procurador: “Mulheres devem se resignar em ganhar menos. A submissão ao homem deve ser até na remuneração. Está na Bíblia.”

Deltan Dallagnol diz que “não é de Deus” mulher ganhar igual a homem e que submissão “está na Bíblia”?

Vídeo: é falso que médico favorável a Ivermectina ganhou prêmio de Melhor Cientista do mundo

A história se espalhou entre muitas pessoas na internet, principalmente as que nutrem simpatia pelo presidente Lula. Só que, apesar de votar contra o projeto, Deltan Dallagnol não é o autor da fala em questão.

Falas absurdas atribuídas a políticos são comuns na internet. Já desmentimos, por exemplo, falas creditadas falsamente a políticos como Jean Wyllys, Marcelo Freixo, Nikolas Ferreira e outros.

Ao buscar por qualquer justificativa de Deltan Dallagnol sobre a votação, nada encontramos em fontes confiáveis. Ao buscar pela “fonte da informação”, descobrimos que foi um perfil no Twitter que espalha fake news contra direita (e admite que espalha). Ou seja: a fala foi intencionalmente inventada.

Resumindo: é falsa que Deltan Dallagnol disse “Não é de Deus. Mulheres devem se resignar em ganhar menos. A submissão ao homem deve ser até na remuneração. Está na Bíblia” sobre PL de equiparação que foi aprovada na Câmara. Ele votou contra, mas não deu tal declaração.

Ps: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo siteFacebook e WhatsApp no telefone (61) 99458-8494.

 – Siga-nos no Facebook http://bit.ly/2OU3Zwz
 – Siga-nos no Twitter http://bit.ly/2OT6bEK
 – Siga-nos no Youtube https://bit.ly/3vZsrnd
 – Siga-nos no Instagram http://bit.ly/2syHnYU
 – Grupo no WhatsApp https://bit.ly/3ounmCN
 – Lista no Telegram https://bit.ly/2VSlZwK
 – Siga-nos no TikTok https://bit.ly/3yPELWj
 – Siga-nos no Kwai http://bit.ly/3zGePPm
Marcações: