Checadores escolhem as 15 fake news mais impactantes das eleições 2018

Ao final do primeiro turno das eleições, integrantes de Boatos.org, E-farsas, Aos Fatos, Lupa e Comprova escolhem as fake news que mais marcaram o pleito até o momento.

Acabou, só que não. Passado o primeiro turno das eleições, sobraram alguns candidatos eleitos e um segundo turno previsto para 28 de outubro. Neste intervalo “entre turnos”, o Boatos.org resolveu ouvir alguns dos principais especialistas em checagem no pleito para chegar às 15 fake news mais impactantes das eleições deste ano.

Ouvimos Carol Lira, Kyene Becker e Hellen Bizerra (repórteres do Boatos.org), Gilmar Lopes (criador do site E-Farsas), Bárbara Libório (editora do Aos Fatos), Cristina Tardáguila (diretora da Agência Lupa) e Sérgio Lüdtke (editor do Projeto Comprova).

Eles responderam a uma simples pergunta: “qual foi, na sua opinião, a fake news mais impactante das eleições”. Deixamos os critérios em aberto e as respostas foram variadas. Ao todo, tivemos 15 notícias falsas citadas pelos checadores.

Em alguns casos (como do Boatos.org, E-farsas e Comprova), a escolha se deu de forma subjetiva. Em outros (Aos Fatos e Lupa), se deu com base em números. Os depoimentos (com exceção do de Lüdtke e de Bizerra) foram feitos antes da votação de 07/10. Confira a escolha de cada um e os porquês (nos links estão dos desmentidos feitos pelos sites que fizeram a escolha).

Fake news citadas pelo Boatos.org

1) Mamadeira do kit gay é distribuída em creches pelo PT, mostra vídeo

“Me marcou pela obviedade da mentira, de que PT está no poder só para poder distribuir coisa em creche com kit gay e etc. Também me marcou porque a história se desmentia por si só, mas tem gente que acaba se fechando para verdade por causa de partidarismo”, Hellen Bizerra (repórter do Boatos.org)

2) Padre Marcelo Rossi apoia Bolsonaro e grava áudio contra comunistas

“Eu escolho a pauta do Padre Marcelo Rossi e o áudio contra os comunistas pelo conteúdo da mensagem mesmo e por saber que o padre Marcelo Rossi é muito amor e respeito. Então, não fazia sentido algum ele falar coisas tão pesadas. Foi um choque ver as pessoas compartilhando aqueles preconceitos como se ele realmente tivesse dito aquilo”, Kyene Becker (repórter do Boatos.org),

3) Atentado contra Bolsonaro foi forjado porque não há manchas de sangue

“Sem dúvida essa foi uma das matérias mais importantes do período eleitoral. Isso porque as pessoas insistiam em criar “teorias da conspiração” e “justificativas” para o atentado contra o candidato do PSL. Além disso, o atentado serviu de gatilho para uma onda de fake news sem fim – que inclusive envolveu diversas figuras políticas e famosos”, Carol Lira (repórter do Boatos.org)

Fake news citadas pelo E-farsas

1) Manuela D’Ávila apareceu usando camiseta com os dizeres “Jesus é Travesti”

“Foi uma das grandes surpresas para nós do E-farsas. Digo isso porque a montagem é muito grosseira, mas muita gente acreditou! Muita gente mesmo!”, Gilmar Lopes (criador do site E-Farsas).

2) Manuela d’Ávila aparece em vídeo dançando funk na rua 

“A ex-deputada federal é vítima de boatos a seu respeito desde o seu lançamento nas eleições na chapa Haddad, como podemos ver aqui em um vídeo de uma graciosa mocinha dançando funk no meio da rua. Na ocasião, dizia-se que a dançarina era ninguém menos que Manuela D’Ávila. Também escolho essa”, Gilmar Lopes (criador do site E-Farsas).

3) Fernando Haddad e Ciro Gomes vão confiscar a poupança dos brasileiros caso sejam eleitos 

“Outro assunto que “não sai de moda” no campo das fake news é a que determinado político vai confiscar a poupança dos brasileiros caso seja eleito. Na campanha de 2018, vários boatos se espalharam dizendo que esse ou aquele candidato vai fazer isso, mesmo o confisco da poupança sendo inconstitucionalmente proibido!”, Gilmar Lopes (criador do site e-Farsas).

Fake news citadas pelo Aos Fatos

Os boatos escolhidos pela editora Bárbara Libório foram os mais lidos do site e não houve comentários a respeito deles.

1) Jair Bolsonaro entrou andando no hospital após ser atacado

2) Agressor de Bolsonaro saiu em foto ao lado de Lula

3) Autor de ataque a Jair Bolsonaro é filiado ao PT

Fake news citadas pela Agência Lupa

Lista retirada de coluna da Época, escrita por Cristina Tardáguila, que leva em conta os conteúdos com mais compartilhamento em redes sociais.

1) Vídeo mostra ‘ato em Campinas em prol da saúde de Bolsonaro’

“O post traz a seguinte frase: “Ato em Campinas em prol da saúde do presidente Jair Messias Bolsonaro”. Só que não. A multidão de verde, amarelo e azul está mesmo é torcendo pela seleção em campo”, Cristina Tardáguila (diretora da Agência Lupa).

2) Jean Wyllys recebeu convite para ser Ministro da Educação de Haddad

“É foto adulterada preocupante, uma imagem que tomou o layout do portal G1 para espalhar, de forma maliciosa, a seguinte notícia falsa: “Jean Wyllys confirma convite de Haddad para ser ministro da educação em eventual governo do petista”, Cristina Tardáguila (diretora da Agência Lupa).

3) Vídeo que mostra praia de Copacabana com manifestação pró-Bolsonaro

“Em terceiro lugar no ranking das fakes mais pops, outro vídeo fora de contexto – também relacionado ao candidato do PSL à Presidência da República, Jair Bolsonaro. No último sábado (28), a gravação voltou ao Facebook com a seguinte legenda: “Olha Copacabana como está agora!!!”, Cristina Tardáguila (diretora da Agência Lupa)

Fake news citadas pelo Projeto Comprova

1) Livro exibido por Bolsonaro no Jornal Nacional foi comprado pelo MEC

“Os posts que relacionavam o livro “Aparelho Sexual e Cia” ao que ficou conhecido como “kit gay” viralizaram muito após o candidato Jair Bolsonaro tê-lo mostrado no Jornal Nacional. Nosso desafio foi fazer uma verificação com rigor e agilidade para mostrar que o livro nunca fez parte de nenhum “kit gay” nem foi comprado pelo MEC para ser distribuído nas escolas públicas”, Sérgio Lüdtke (editor do Projeto Comprova).

2) Amoêdo trabalha para o megainvestidor George Soros

“Essa verificação foi bastante complexa, havia uma série de informações a serem checadas e muito do boato misturava informações verdadeiras e falsas. O Comprova mostrou que João Amoêdo não tem ligação com George Soros e nem com as organizações comandadas pelo famoso investidor”, Sérgio Lüdtke (editor do Projeto Comprova).

3) Áudio de Jair Bolsonaro no hospital

“Essa verificação foi uma das mais demandadas pelo WhatsApp do Comprova. E não gostaríamos de fazer a checagem somente com as fontes que pudessem ter algum tipo de interesse no resultado. Demoramos um pouco mais do que o normal para chegar ao resultado, mas ele foi consistente. A conclusão dos peritos ouvidos pelo Comprova é de que não era o candidato do PSL que falava na gravação”, Sérgio Lüdtke (editor do Projeto Comprova).

Compartilhe este artigo:

Edgard Matsuki

Jornalista e caçador de falcatruas na internet

4 comentários em “Checadores escolhem as 15 fake news mais impactantes das eleições 2018

  • 18/10/2018 em 00:55
    Permalink

    Recebi um vídeo gravado numa escola onde adolescentes simulam sexo oral, sendo que o pênis parece que foi representado por saquinhos de chupe-chup. E crianças estão assistindo.

    Resposta
  • 17/10/2018 em 16:02
    Permalink

    Podem checar o vídeo atribuído a petistas em manifesto contra igreja evangélica?
    No you tube intitula “igreja fascista, cê tá na minha lista!”

    Resposta
  • 14/10/2018 em 06:49
    Permalink

    E sobre a carreata no Nordeste com uma camionete lotada de capim, os manifestante dizendo ser pró Bolsonaro.
    Essa cena foi absurda, podem postar a quem são realmente os manifestante?

    Resposta
  • 08/10/2018 em 22:43
    Permalink

    Como vcs explicam a quantidade de posts no Facebook de varias pessoas de todas as partes do Brasil, falando sobre os problemas encontrados nas urnas? Principalmente para votar no presidente? E o pq da mídia não ter comentado sobre isso?

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

error: Em vez de copiar o nosso conteúdo, compartilhe no Facebook :)