Advogados de Lula são os mesmos de Adélio, hackers e Glenn Grenwald #boato

Boato – Há uma estranha coincidência! Os advogados do ex-presidente Lula são os mesmos que defendem Adélio Bispo de Oliveira, os hackers e Glenn Grenwald.

Quando o assunto é política, uma das formas nas quais as fake news mais circulam são por meio de “mensagens soltas” no Facebook. Funciona assim: alguém (ou um robô) faz um comentário curto e bombástico na rede social. Sem a verificação da verdade (e com ajuda de algoritmos), ele se espalha rapidamente.

A última história que viralizou liga o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva a Adélio Bispo de Oliveira, aos hackers acusados de invadir celulares de autoridades e ao editor do The Intercept Brasil. A ligação é feita por meio dos advogados, que seriam “os mesmos”. Leia: “Estranha Coincidência, Os Advogados Do Lula Também São Do Adélio, Dos Hackres e Do Gleen?”.

Advogados de Lula são os mesmos de Adélio, hackers e Glenn Grenwald?

Só em uma das versões, detectamos 34 mil compartilhamentos no Facebook. Mas será mesmo que essa mensagem, que aponta que os advogados de Lula, Adélio, dos hackers e de Glenn são os mesmos, é real? A resposta é não. Calma que a gente explica tudo para vocês.

Antes de falar do caso em si, uma breve lembrança. Esse tipo de boato em mensagens soltas no Facebook tem se tornado uma constante desde que a rede social implementou um layout que permite um “fundo colorido”.

De lá para cá, esse tipo de mensagem (que, invariavelmente, tem características de boatos online como ser vaga, alarmista, com erros de português e não citar fontes confiáveis) já viralizou em casos como da redução do valor do PIS, de Arthur não ser neto de Lula, João de Deus ser filiado ao PT e da mãe de Adélio trabalhar com Maria do Rosário. Detalhe: todos eram falsos e foram desmentidos por aqui.

Na história de hoje, não é diferente. Bastou uma busca pelo nome dos advogados dos citados para chegarmos à verdade. Como muita gente sabe, Lula é defendido pelo escritório de advocacia Teixeira & Martins e seus principais advogados são Cristiano Zanin Martins e Valeska Teixeira Zanin Martins.

No caso de Adélio Bispo de Oliveira, ele foi defendido, inicialmente, por quatro advogados. Nenhum deles é o “de Lula” e o principal é Zanone Oliveira.

Ao buscar pelos nomes dos advogados dos hackers suspeitos pela invasão de celulares de autoridades, chegamos aos nomes de Ariovaldo Moreira (advogado de Gustavo Henrique Elias Santos e Suelen Priscila de Oliveira) e de Luiz Gustavo Delgado (advogado de Walter Delgatti Neto). Mais uma vez, não há qualquer “coincidência” com as defesas de Lula e Adélio.

Sobre Glenn Grenwald. Não há motivos para ele ter um “advogado de defesa”. O motivo é simples: ao contrário do que muita gente está falando (ou mesmo “torce” para que aconteça), ele não é investigado ou mesmo tem qualquer acusação contra si. O The Intercept, como a maioria dos veículos de mídia, tem um setor jurídico. Até aí, nada de advogados de Lula, Adélio ou hackers.

Resumindo: a história que aponta que os advogados de Lula também defendem Adélio, “os hackers” e Glenn Greenwald é falsa. Cada um tem sua equipe jurídica e não há “coincidência” nenhuma entre eles.

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook e WhatsApp no telefone (61)99177-9164. 

Edgard Matsuki

Jornalista e caçador de falcatruas na internet

error: Em vez de copiar o nosso conteúdo, compartilhe no Facebook :)