Os cinco textos mais lidos do Boatos.org em 2020 e outros dados

Na última parte de nossa retrospectiva, listamos os cinco textos mais lidos do Boatos.org em 2020 e apontamos alguns números do nosso combate às fake news no ano.

O ano está acabando e a nossa retrospectiva também. Depois de todos os integrantes do Boatos.org (inclusive este que vos escreve) ter escolhido os textos mais impactantes do ano, chegou a hora de mostrarmos os cinco textos mais lidos do ano (nem sempre o mais lido é o mais impactante, por sinal).

Nunca escrevemos tanto quanto em 2020. Com esse texto, são 1266 publicações no nosso site (ainda teremos mais uma hoje). A maioria absoluta de checagens de fake news. Um dos grandes motivos deste número é o coronavírus. Ao todo, 537 notícias falsas sobre o assunto foram desmentidas em 2020.

Neste ano, também começamos a republicar boatos que ficaram em destaque no nosso site e foram escritos há mais de 365 dias. Ao todo, 70 notícias falsas nesta categoria foram desmentidos. 2020 também foi o ano em que começamos a publicar quase que diariamente vídeos curtos no YouTube. Ao todo, publicamos 341 vídeos neste ano e tivemos 1,6 milhão de visualizações na plataforma.

No site, tivemos um pouco mais do que 60 milhões de visualizações de páginas. Só em março, mês mais crítico em relação à pandemia, foram mais de 13 milhões de visualizações (a maior no período de um mês da história). Em abril, foram 11 milhões.

Dentre tantas visitas, cinco textos publicados neste ano receberam atenção especial. Excluímos da lista publicações de outros anos (este texto desmentindo um fake de “caixões da Fema no Brasil” escrito em 2019 ficaria em terceiro lugar na lista) e publicações de página inicial, tags (a página sobre o coronavírus seria a quarta mais lida do ano) para fechar a lista. Confira abaixo, os cinco textos mais lidos do ano.

Confira a retrospectiva completa

Confira o vídeo completo da retrospectiva 2020

5) Cadastro para auxílio emergencial de R$ 600 é liberado pelo governo em site no WhatsApp #boato – 348 mil visualizações de página

Por mais prosaicos sejam, aqueles velhos golpes do WhatsApp sempre fazem sucesso na internet e enganam muitas pessoas. O anúncio do Auxílio Emergencial por causa da pandemia da Covid-19 e as confusas regras do início da ação (vocês se lembram disso) abriram brechas para golpistas agirem.

Em março deste ano, publicações falsas que falavam que para conseguir ter acesso ao auxílio emergencial viralizaram no WhatsApp. Como em tantos outros casos, tratava-se de uma mensagem falsa que apontava para um site falso. Ao todo, a publicação do Boatos.org 348 mil visualizações de página. Leia o texto aqui e assista ao vídeo abaixo:

4) Livro The Eyes of Darkness, de Dean Koontz, previu o coronavírus em 1981 #boato – 398 mil visualizações de página

Boatos de “previsões incríveis” sempre fizeram sucesso na internet. Em relação à Covid-19, um dos que mais circulou na internet é um de fevereiro que apontava que o livro The Eyes of Darkness, de 1981, havia “previsto” a pandemia.

Como um “bom boato” do gênero, a mensagem que circulava na internet era repleta de ilações e informações erradas. Uma delas é que o nome do “vírus do livro” (Wuhan-400) foi escrito inicialmente como Gorki-400 e apenas em edições posteriores modificados. Outra é que o vírus nada tinha a ver com o Sars-CoV-2.

O nosso desmentido teve 398 mil visualizações. Boa parte deles ocorreram quando “uma boa alma” “aumentou o fake”. Em uma versão posterior da balela, um homem gravou um vídeo falando que o livro seria “um relato” e que o autor seria um padre. Leia o desmentido aqui.

3) Nostradamus previu a chegada do coronavírus em livro de 1555 #boato – 405 mil visualizações de página

O terceiro lugar da lista também foi de uma “previsão” sobre a Covid-19. Assim como “outros fins do mundo”, a previsão da Covid-19 seria obra de Nostradamus. Assim como no caso da previsão do tópico anterior, a mensagem que circulava na internet era uma mistura de exagero e pura invenção mesmo. O desmentido rendeu 405 mil visualizações e, por isso, está no “nosso pódio”. Confira o desmentido aqui.

2) Álcool gel não mata o coronavírus e outras bactérias; o que mata é o vinagre #boato – 746 mil visualizações de página

O segundo texto mais lido do ano também foi escrito em fevereiro e também é relacionado à pandemia da Covid-19. Quando o vírus começou a se tornar realidade no Brasil e o álcool em gel começou a entrar no nosso cotidiano, um sujeito gravou um vídeo apontando que o álcool em gel não teria eficácia contra o coronavírus. O que teria era o vinagre.

O vídeo em questão era tão absurdo que o texto foi publicado às 23h54 (não dava para esperar pelo outro dia para escrever sobre isso). O resultado foi um boom de acessos à informação correta, 746 mil visualizações de página no site e a medalha de prata em 2020. Leia o desmentido completo aqui e assista ao vídeo.

1) Café moído e embalado a vácuo é feito com sangue de boi #boato – 792 mil visualizações de página

O boato mais acessado do ano no Boatos.org não foi, nem de longe, o mais importante, mas tem o seu valor. Lá em janeiro, começou a circular um áudio sem comprovação alguma que apontava que o “café brasileiro” era misturado com “sangue de boi”. Apesar das acusações não fazer sentido algum (visto que o produto deve passar por certificações e fiscalizações e que “misturar” não ajudaria em muita coisa), o áudio “bombou no zapzap.

Quando desmentimos o fake, a história estourou. Ao todo, tivemos 792 mil visualizações de página. O texto sobre o “café com sangue” acabou sendo o mais lido de 2020 e o segundo mais lido da história do Boatos.org. Confira o desmentido no link e assista ao vídeo abaixo:

Edgard Matsuki

Jornalista e caçador de falcatruas na internet