Historiador católico falou sobre o coronavírus no livro Os Olhos da Escuridão em 1981 #boato

Boato – O historiador católico chinês Dean Koontz denunciou no livro Os Olhos da Escuridão (The Eyes of Darkness) que a China criaria o coronavírus em 2020 para dar um golpe.

Em meio a avalanche de notícias falsas relacionadas ao novo coronavírus, algumas pessoas “fazem o favor” de juntar diversos boatos em um só. É o caso da história de hoje em que dois homens conseguiram, em um vídeo, juntar duas informações falsas já desmentidas no Boatos.org.

No vídeo em questão, os homens falam que, em 1981, um historiador católico chinês chamado Dean Koontz teria denunciado que o coronavírus seria criado. A “prova” seria a leitura de três páginas em um computador.

Na primeira delas, é mostrada a capa do livro The Eyes of Darkness (Os Olhos da Escuridão). Na segunda, há uma descrição do que seria um vírus em 2020. Na terceira, é dito que o vírus se chamaria “Wuhan” e seria criado na China. Ao final, os homens atestam que se trata de um golpe chinês. Leia algumas das versões que circulam online (na segunda parte mostraremos a transcrição do vídeo):

Versão 1: CORONA Vírus Segundo um livro ” olhos da escuridão” de 1981, um historiador reveja que em 2020 esse vírus seria criado pelos homens, por causa do dinheiro… Verdade ou invenção ??

Versão 2: O que vocês acham? Em 1981, 0 historiador católico DEAN KOONTZ, escreveu o livro: The Eyes of Darkness (Os olhos da escuridão), onde ele descreve sobre o um vírus, que seria desenvolvido na China em 2020, feito exatamente para ter lucros financeiros, interessante que até a cidade onde começou esse Coronavírus, foi descrito no livro!

Versão 3: Golpe Chinês..Profecia que se cumpriu coronavírus desse historiador católico homem de Deus agenor duc mostra no Livro desse historiador católico de 1981 ano q ele vivenciou nesse tempo passado dizendo sobre esse coronavírus o mundo caminha pro Pior a Bíblia está se cumprindo sinais da volta de Jesus Cristo se apegam a verdade e a Jesus o fim vem sobre toda terra..

Historiador católico falou sobre o coronavírus no livro Os Olhos da Escuridão em 1981?

O vídeo se espalhou com muita força na internet e ajudou a reforçar a tese de que o coronavírus foi criado pela China. O “pequeno problema do vídeo” é que ele está, tipo assim, TODO ERRADO! Vamos aos fatos.

Antes de falar dos trechos do vídeo em si, precisamos relembrar que a história de hoje “junta dois boatos” já desmentidos aqui. O primeiro falava “apenas da previsão do livro Os Olhos da Escuridão”. O segundo fala sobre o golpe chinês (desmentimos isso, em no mínimo, duas oportunidades: aqui e aqui). Dito isso vamos à descrição do vídeo e suas “correções”. A primeira parte diz isso:

Eu to aqui com o Ricardo. Olha esse livro: Ele foi escrito quando Ricardo? 1981. Olha o que vai mostrar, mostra aí. [pessoa foca na capa do Eyes Of Darkness] Os olhos da Escuridão. Olha o que dizia em 81, Olha o que escreveu.

A primeira informação já está errada. Como falamos no nosso desmentido, não havia nada sobre o vírus Wuhan quando o livro foi escrito em 1981. Na realidade, ele escreveu na versão original que o vírus se chamada Gorki-400. O nome Wuhan foi colocado apenas após o fim da Guerra Fria (para evitar mais estar com a Rússia). Isso derruba a tese de que “ele falou em 1981”. Seguindo:

[Sujeito abre uma página de um livro] Dizendo aqui, por volta de 2020, uma pneumonia severa, uma doença Vai espalhar pelo globo atacando os pulmões e os tubos dos brônquios e resistindo ao qualquer tratamento e fique em paz né. Essa doença vai chegar rapidamente e vai sair da mesma forma que chegou, rápida. Mas depois volta em 10 anos e aí vai desaparecer completamente OK

O trecho em questão NÃO é do livro Os Olhos da Escuridão. A imagem, como aponta essa checagem do Africa Chek, é de um livro de 2009 chamado End of Days, de Sylvia Browne. Não tem nada a ver com o Eyes of Darkness. Vamos lá:

[O sujeito mostra outra página] Agora tem mais aí. Ele fala aqui, só nos pontinhos, esse é o chinês. Essa doença vai ser chamada Wuhan, que é a cidade onde começou porque foi desenvolvido RDNA em laboratório da cidade de Wuhan. São microrganismos feito pelo homem criado para um centro de pesquisa, Wuhan-400 é uma arma perfeita

Ou seja: é golpe chinês. Golpe chinês para descapitalizar. Tava muito alto o mercado, baixou, tava muito cara a comida, tem gente demais. Agora fica as coisas tudo barateando, tudo caiu o preço. Detalhe: esse cara não é cristão. É um historiador de 1981. Esse sim é um servo de Deus, Católico.

Desta vez, a página é do livro em questão (mas já explicamos que a ideia inicial do autor não era escrever Wuhan e sim Gorki), mas o maior erro não é esse. Muito da credibilidade que a denúncia está na descrição do autor como um “historiador chinês”. Dean Koontz não é nem historiador tampouco chinês. Ele é um autor de livros ficcionais e é norte-americano. Pelo menos acertaram na informação que aponta que ele é católico.

Por fim, a tese de golpe chinês é toda baseada na tese de que a China está “lucrando muito com o novo coronavírus”. Isso já foi desmentido aqui, quando ressaltamos que o PIB da China vai crescer muito menos do que o previsto por causa da doença.

Resumindo: a história que aponta que o livro Os Olhos da Escuridão foi escrito por um historiador chinês e que é uma denúncia contra o coronavírus é falsa. O vídeo em questão nada mais é do que uma compilação de diversas fake news já desmentidas aqui.

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook e WhatsApp no telefone (61) 99177-9164. 

Confira a lista de todas as fake news sobre o novo coronavírus

Clique nos links “bit.ly” para acessar nossos perfis:

 – Siga-nos no Facebook http://bit.ly/2OU3Zwz
 – Siga-nos no Twitter http://bit.ly/2OT6bEK
 – Siga-nos no Youtube http://bit.ly/2AHn9ke
 – Siga-nos no Instagram http://bit.ly/2syHnYU
 – Grupo no WhatsApp http://bit.ly/3dgULXN

Edgard Matsuki

Jornalista e caçador de falcatruas na internet

error: Em vez de copiar o nosso conteúdo, compartilhe no Facebook :)