Wisconsin teve mais votos do que população apta para votar #boato

Boato – Estado de Wisconsin (EUA) tem 3.129.000 pessoas aptas para votar, mas teve 3.239.920 votos. Ou seja: 110 mil votos surgiram do nada.

Desde quando os primeiros resultados das eleições apontaram para uma vitória de Joe Biden contra Donald Trump, a internet sofreu uma enxurrada de informações falsas relacionadas ao pleito presidencial nos Estados Unidos. Uma delas apontava para uma suposta situação “estranha” em Wisconsin (estado norte-americano).

De acordo com textos que circulam online, Wisconsin teve mais votos do que população apta a votar. “Em Wisconsin a população apta para votar é de 3.129.000 e sabe quantos votaram? 3.239.920 de onde surgiram essas 110.000 pessoas”, diz uma das mensagens que circularam online.

Outra das mensagens aponta para o seguinte: “Wisconsin foi pra recontagem. Inexplicavelmente tem mais votos computados do que eleitores registrados. EUA não é Brasil, gente! Já estão descobrindo a fraude”.

Confira também: 4 acusações falsas que envolvem pedofilia e Biden

Especial – 4 fake news que falam sobre fraude nas eleições dos EUA

Wisconsin teve mais votos do que população apta para votar?

Como vocês conseguiram perceber, a tese em questão chegou até o Brasil e já causou comparações em relação ao nosso país e aos EUA. Porém, a premissa que aponta que Wisconsin teve mais votos do que população apta para votar é falsa.

Essa história aí é mais uma tese falsa que tenta fortalecer a denúncia (sem provas) de que houve fraude nas eleições dos Estados Unidos. Só aqui no Boatos.org já desmentimos histórias falsas que apontavam que cédulas falsas estavam vindo da China, que caminhões descartaram votos para Trump, que o presidente dos EUA havia colocado uma marca d’água secretamente nas cédulas e que Biden recebeu votos de pessoas mortas.

Assim como nos outros casos, não precisamos de muito para chegar à verdade. Na realidade, a premissa em questão se baseia em números errados. O estado teve, até o momento da produção deste texto (07/11 às 17h), 3.289.474 votos computados, de acordo com levantamento da Associated Press. Porém, o número de pessoas aptas para votar no estado, de acordo com números do próprio governo de Wisconsin é de 3.684.726.

O número de 3.129.000 veio de uma tabela desatualizada. De acordo com a agência AFP (que também verificou a informação), os dados são relacionados ao censo de 2018 e estavam em um site chamado World Population Review.

Resumindo: a história que aponta que o número de pessoas que votaram no Wisconsin é menor do que o número de pessoas que estavam aptas a votar no estado é falsa. Trata-se de mais um boato relacionado ao pleito nos Estados Unidos que circula na internet.

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook e WhatsApp no telefone (61)99458-8494.

 – Siga-nos no Facebook http://bit.ly/2OU3Zwz
 – Siga-nos no Twitter http://bit.ly/2OT6bEK
 – Siga-nos no Youtube http://bit.ly/2AHn9ke
 – Siga-nos no Instagram http://bit.ly/2syHnYU
 – Grupo no WhatsApp http://bit.ly/2QvB43t
 – Lista no Telegram https://bit.ly/2VSlZwK

Edgard Matsuki

Jornalista e caçador de falcatruas na internet