Pular para o conteúdo
Você está em: Página Inicial > Mundo > Vídeo que fala sobre redução populacional e matar 7 bilhões de pessoas foi retirado de um filme

Vídeo que fala sobre redução populacional e matar 7 bilhões de pessoas foi retirado de um filme

Vídeo sobre redução populacional de 7 bilhões de pessoas é real, diz boato (Foto: Reprodução/TikTok)

Boato – Em vídeo, homem e mulher aparecem conversando e falando sobre matar 7 bilhões de pessoas para reduzir população mundial.

Desde os primórdios da internet, grupos que seguem teorias conspiratórias, especialmente, a QAnon (que fala sobre a nova ordem mundial), estão compartilhando fake news por aí. Hoje, mais uma delas está viralizando nas redes sociais.

De acordo com a história, 7 bilhões de pessoas ao redor do mundo serão mortas para que o planeta não colapse. O vídeo que acompanha a publicação mostra um homem e uma mulher falando sobre reduzir a população mundial e planejando como isso iria acontecer. Nas imagens, o homem diz que uma população sustentável para o nosso planeta não ultrapassa 500 milhões de pessoas e que pessoas da África, índia e China vivem na miséria e, por isso, estariam melhor mortos. Confira:

Versão 1: “- Malcolm, tem muito em sua mente? – Uma população sustentável do nosso planeta não passa de 500 milhões. – E estamos dispostos a matar 7 bilhões? – Bem, a maioria dessas vidas não vale a pena ser vivida. Massa de humanidade na África, Índia e China. Eles vivem na miséria. Eles estariam melhor mortos. O mundo seria melhor sem eles. – E a América será a primeira? – Sim, bem como disse nosso amigo Henry Kissinger, uma América forte é a única coisa no caminho de uma nova ordem mundial.

Vídeo: É falso que vacina da gripe tenha "vírus do câncer"

Temos tropas estrangeiras no terreno agora, sob a bandeira da ONU. O país só precisa de um pouco de caos. – O povo americano é resiliente. O que está por vir se esses cidadãos se levantarem? – Sim, bem quando os pais veem seus filhos morrendo de fome. Famílias levadas para campos da FEMA, para prisão ou pior. Então, sim, sim, esperamos alguma resistência no início, mas a vaidade do nacionalismo desaparecerá rapidamente, o povo vai implorar por ajuda, qualquer ajuda”. Versão 2: “Redução Populacional. Para um bom entendedor, Um pingo é Letra!”.

A história de hoje começou a ser amplamente compartilhada nas redes sociais, em especial, no Tik Tok e revoltou muita gente. Além disso, a publicação apresenta um caráter vago, alarmista, não cita fontes confiáveis e nem notícias sobre o assunto. Se isso não bastasse, a equipe do Boatos.org já desmentiu inúmeras histórias desse tipo, sobre nova ordem mundial, redução da população e a agenda 2030 (aqui, aqui e aqui).

Com isso, propomos três questões para avaliarmos se essa história é verdadeira ou falsa: 1) O vídeo prova que teremos redução populacional que matará 7 bilhões de pessoas? 2) De onde é o vídeo que fala em redução populacional? 3) Existe um agenda 2030 da Nova Ordem Mundial que visa matar pessoas?

Checagem

O vídeo prova que teremos redução populacional que matará 7 bilhões de pessoas?

Não! Além de ser um boato bastante antigo e que, volta e meia, aparece na internet, a fala das pessoas do vídeo não é endossada por líderes mundiais. Existem países que incentivam a natalidade, como França, Alemanha, Finlândia e Dinamarca. Ou seja, uma política de redução populacional não faria sentido para diversos países. Além disso, seria, no mínimo, bastante estranho pessoas morrendo sem mais nem menos ao longo do mundo, ainda mais nessa quantidade absurda. Matar 7 bilhões de pessoas de uma vez não seria uma ideia muito inteligente e com certeza o plano seria descoberto ainda no início.

De onde é o vídeo que fala em redução populacional?

O vídeo faz parte de uma obra de ficção. O filme AmeriGeddon foi lançado em 2016 e é dirigido por Mike Norris, o filho de Chuck Norris. Na trama, os Estados Unidos estão ameaçados por um ataque terrorista, correndo o risco de perder toda sua eletricidade e sofrer ataques com bombas. Para evitar o pior, uma família de patriotas se unem com outras pessoas para combater, de forma armada, o perigo. A conversa é um trecho do filme AmeriGeddon. As imagens mostram os vilões da trama. E como toda obra de ficção, não pode ser levada a sério.

Existe uma agenda 2030 da Nova Ordem Mundial que visa matar as pessoas?

Definitivamente não! O que existe é uma Agenda 2030 da Organização das Nações Unidas (ONU), mas ela não prevê nada disso. Como já explicamos aqui no Boatos.org, o documento da ONU é uma agenda de Objetivos para um Desenvolvimento Sustentável. Dentre as metas, está a erradicação da pobreza, a implementação da agricultura sustentável, saúde e educação de qualidade etc. Não existe nada que fale sobre a redução da população mundial. Na realidade, todo esse papo de nova ordem mundial e redução populacional não é nova. Ela existe desde os anos 1980 e, com o advento da internet, ganhou ainda mais proporção. Mas a realidade é que não passa de uma teoria da conspiração, que nunca conseguiu provar o que está dizendo.

Conclusão

Fake news ❌

O vídeo que fala sobre reduzir a população mundial e matar 7 bilhões de pessoas não é real. As imagens são o trecho de um filme estadunidense chamado AmeriGeddon, lançado em 2016 e dirigido por Mike Norris. As pessoas que aparecem no vídeo são os vilões da trama. E assim como qualquer outra obra de ficção, não deve ser levada à sério. Por fim, esse papo de redução populacional e nova ordem mundial é uma teoria da conspiração que existe há um bom tempo, mas não é real.

Ps: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo siteFacebook e WhatsApp no telefone (61) 99458-8494.

 – Siga-nos no Facebook http://bit.ly/2OU3Zwz
 – Siga-nos no Twitter http://bit.ly/2OT6bEK
 – Siga-nos no Youtube https://bit.ly/3vZsrnd
 – Siga-nos no Instagram http://bit.ly/2syHnYU
 – Grupo no WhatsApp https://bit.ly/3ounmCN
 – Lista no Telegram https://bit.ly/2VSlZwK
 – Siga-nos no TikTok https://bit.ly/3yPELWj
 – Siga-nos no Kwai http://bit.ly/3zGePPm