Vídeo mostra cristãos enforcados pelo Talibã por ter uma Bíblia em casa #boato

Boato – Vídeo mostra Talibã invadindo residências no Afeganistão e enforcando famílias cristãs que tenham Bíblia em casa. 

A atual situação política do Afeganistão ainda inspira cuidados por parte das principais potências mundiais. Após a escalada do Talibã ao poder e a fuga do presidente do país, evitando confrontos, as coisas ainda continuam confusas.

No dia 30 de agosto de 2021, os Estados Unidos concluíram a retirada de suas tropas militares do Afeganistão, após 20 anos de invasão. Mas a saída dos militares estadunidenses do país acabou sendo marcada pela violência, com ataques orquestrados pelo Estado Islâmico e pelo próprio Estados Unidos, deixando diversas vítimas.

Em meio à situação, informações falsas têm circulado na internet e causado dúvidas. Exemplo disso é a história de hoje. De acordo com um vídeo que está sendo compartilhado por aí, o Talibã teria decidido enforcar uma família de cristãos após encontrar uma Bíblia dentro da casa das pessoas. Ainda segundo a publicação, a prática teria sido recorrente e o Talibã estaria invadindo as residências, mesmo sem permissão. Confira:

Versão 1: “!!!!!!!!!!!!! CENAS MUITO FORTES!!!!!!!!!!!!!!! Os talibãs estão invadindo as casas e onde encontram uma Bíblia, matam todos da Casa. Mas, para a esquerda brasileira e luladrão está tudo ok! As imagens são fortes mas servem para que todos saibam que tem muita gente morrendo por não negar o nome de Jesus. Só nos resta orar pelos nossos irmãos do Afeganistão!!”. 

Versão 2: “Os talibãs estão invadindo as casas e onde encontram uma Bíblia Matam todos da Casa. Mas para aqueles que apoiam a esquerda aqui no Brasil que tem como seu maior líder, o maldito luladrão que diz que está tudo certo, e pasmem, esse bandido teve a cara lavada de dizer : “ que sente muito pelas mulheres que estão sendo violentadoras e mortas , mas apoia os Talibãs” Seus candidatos – Dilma, Haddad e Manuela D’Villa e agregados como Gean Wyllys e outros já deixaram claro qual intenção com as igrejas no Brasil. Bom se querem fazer com as nossas crianças a desgraça declarada que já mostraram ao vivo… imagina o que pensam das igrejas que pregam contra e não concordam com tais atos de maculação infantil. Esse vídeo( AS IMAGENS SÃO FORTES ) mas vocês que apoiam precisam ver no que estão sendo cúmplices. Famílias inteiras sendo torturadas e mortas sem nenhum tipo de piedade, apenas , por não negar o nome de Jesus Cristo. Oremos pelos nossos irmãos no Talibã e lutemos para que o Brasil não seja a próxima vítima desses demônios capitaneados pelo 9 dedos”.

Vídeo mostra cristãos enforcados pelo Talibã por ter uma Bíblia em casa?

A informação rapidamente viralizou nas redes sociais, em especial, no Facebook e deixou muita gente revoltada. Apesar disso, a história não é verdadeira. A explicação fica por conta da origem do vídeo.

Basta olhar para as publicações para perceber que elas apresentam as principais características de fake news na internet, como o caráter vago, extremamente alarmista, os erros de português e a falta de fontes confiáveis.

Além disso, desde o retorno do Talibã ao poder, diversas fake news sobre o assunto têm se espalhado pela internet. A equipe do Boatos.org já desmentiu inúmeras delas, como a que dizia que o Talibã (Estado Islâmico) teria feito leilão com meninas cristãs no Afeganistão. Também a que indicava que um vídeo mostraria o Talibã fuzilando diversos homens no país, em 2021, e, por fim, a que apontava que missionárias cristãs foram colocadas em sacos plásticos, em praça pública, no Afeganistão.

Antes de mais nada, é importante frisar que a situação vivida no Afeganistão está bastante complicada. Direitos que, previamente, haviam sido garantidos, não estão sendo respeitados. Além disso, a perseguição no país, de fato, existe. Entretanto, não se resume a cristãos. O assédio do Talibã ocorre, principalmente, a pessoas que não seguem sua interpretação do Alcorão, às mulheres que seguem trabalhando e estudando com outros homens e pessoas que desafiam o regime.

Por outro lado, o que ocorre nos últimos dias é uma disseminação em massa de fake news que buscam incitar a intolerância religiosa de modo generalizado contra o islamismo e os muçulmanos. E mais uma vez, as informações falsas são baseadas em vídeos e fotos retirados de contexto.

O vídeo usado na história de hoje, por exemplo, não tem nada a ver com o Afeganistão ou com o Talibã. As imagens foram gravadas no dia 2 de maio de 2020, na cidade de Morbi, na Índia. Na oportunidade, a matriarca de uma família nepalesa (que havia se mudado há alguns meses para a Índia) matou suas duas filhas, de 5 anos e 9 meses, e depois cometeu suicídio. De acordo com o inspetor responsável pelo caso, as investigações preliminares apontaram que a mulher cometeu o crime após suspeitar que estivesse sendo traída pelo seu marido.

Se isso não bastasse, o mesmo vídeo já foi usado em outra fake news. Logo que o caso ocorreu, no início de maio de 2021, as imagens começaram a viralizar nas redes sociais. Junto delas, uma história apontava que a situação teria acontecido por causa das dificuldades impostas pelo lockdown no país. A história foi desmentida pelo serviço de fact-checking indiano Social Media Hoax Slayer.

Por fim, mas não menos importante, sabemos que a atual situação do nosso país não está nada favorável. Se você está passando por algum momento difícil, sentindo desesperança e sofrimento, não fique sozinho! Você pode buscar ajuda no canal da Associação Brasileira de Psiquiatria, que possui dicas e sugestões para se manter bem durante esse período difícil ou também ligar para o Centro de Valorização da Vida, no número 188. Procure ajuda. Sua vida importa!

Em resumo: a história que diz que o Talibã invadiu uma residência e enforcou uma família inteira, porque encontrou uma Bíblia na casa é falsa! O vídeo usado na história de hoje não tem nada a ver com o Talibã ou com o Afeganistão. Na verdade, as imagens foram gravadas no dia 2 de maio de 2020, na cidade de Morbi, na Índia. Na oportunidade, a mãe de uma família nepalesa matou suas duas filhas, de 5 anos e 9 meses, e depois cometeu suicídio. A mulher teria tomado tal atitude após suspeitar que seu marido estaria tendo um caso extraconjugal com outra mulher. Ou seja, a história não passa de balela.

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook e WhatsApp no telefone (61) 99458-8494.

Ps2: Confira a nossa nova seção “Oportunidades” clicando aqui. Na página, você pode acesso a promoções, descontos e sites que dão brindes.

 – Siga-nos no Facebook http://bit.ly/2OU3Zwz
 – Siga-nos no Twitter http://bit.ly/2OT6bEK
 – Siga-nos no Youtube http://bit.ly/2AHn9ke
 – Siga-nos no Instagram http://bit.ly/2syHnYU
 – Grupo no WhatsApp https://bit.ly/3vN6CET
 – Lista no Telegram https://bit.ly/2VSlZwK
 – Siga-nos no TikTok https://bit.ly/3yPELWj
 – Siga-nos no Kwai https://bit.ly/3cUbEso