Steve é membro do Partido Democrata e fez tatuagem de bebê para apoiar a ideologia comunista da pedofilia #boato

Boato – Assim como Felipe Neto, Lucas Netto e Marcelo Freixo, o dublê Steve, que faz parte do Partido Democrata, fez uma tatuagem de um bebê no braço para apoiar a ideologia comunista da pedofilia.

Quem é mais velho (nem tanto assim), deve se lembrar que lá no início dos anos 2000 uma série de vídeos chamado Jackass fez sucesso entre os “jovens da época”. Assim como o nome sugere (jackass é idiota em inglês), as filmagens consistiam em uma série de idiotices feitas pelos atores. Cerca de 20 anos depois, estamos aqui para falar de uma idiotice que está circulando na internet. Mas, dessa vez, o membro do Jackass é apenas um personagem.

Um textão com a foto do dublê Steve-O, que participou do grupo, mostra uma tatuagem (que não iremos exibir aqui) de um homem violentando um bebê. Junto à foto há uma teoria da conspiração que liga a imagem ao Partido Democrata dos EUA, ao comunismo, à esquerda, Felipe Neto, Lucas Netto, Marcelo Freixo, Xuxa etc etc etc. Leia o texto que circula online:

Pra quem ainda não conhece, esse é o Steve, ele trabalha como dublê dos filmes de Hollywood e ele também é membro do Partido Democrata americano (Partido de esquerda). Bem, como todo Comunista que se preza, o Steve resolveu aderir à ideologia de apoiar a Pedofilia e até tatuou no seu braço um bebê sendo estuprado.

Aqui no Brasil, várias celebridades como: Felipe Netto, Lucas Netto e o Político Marcelo Freixo do PSOL (que apóia o Comunismo) querem implantar a Pedofilia. Eles até criaram um novo título para Pedófilo que se chama PAM (pessoas que amam crianças). Com esse nome “pompôso”, a esquerda Comunista brasileira quer corromper os adultos para legalizar e ser aceito como normal o sexo de adultos com crianças.

Já a apresentadora Xuxa Meneghel, vai lançar um livro infantil com temática LGBT que é uma das bandeiras que o Comunismo defende. O alvo do Comunismo no Brasil, são as crianças e os jovens, pois eles querem a todo custo destruir essa nação. É a velha técnica de Marx e Engels: criar o caos primeiro, para depois implantar a sua “Nova Ordem Comunista”. Pais, cuidado com os seus filhos, com o que eles assistem na TV, com o que eles assistem no You Tube, com o que eles leêm em casa.

A Esquerda Comunista do Brasil e do resto do mundo não estão brincando. Essa gente não tem um pingo de escrúpulo, pois são capazes de tudo por amor ao Poder e ao dinheiro. Vamos reagir contra tudo isso, pois nossas crianças e jovens merecem um Brasil melhor, um mundo melhor, e isso se faz com decência e ordem, não com patifaria. Avante Patriotas. Brasil acima de tudo, Deus acima de todos!

Steve é membro do Partido Democrata e fez tatuagem de bebê para apoiar a ideologia comunista da pedofilia?

A imagem e a história circularam com muita força na internet e deixaram muitas pessoas indignadas com todos os supostos “comunistas pedófilos” citados. Mas será mesmo que a informação que circula online é real? A resposta é não. Calma aí que a gente explica tudo para vocês.

Assim como em tantos outros casos, trata-se de uma tentativa de “colar” a pecha de pedófilo à esquerda mundial. E, assim como tantos outros casos, a mensagem em questão (que tem características de boatos online como ser vaga, alarmista, com erros de português e não cita fontes confiáveis) se baseia em informações falsas.

Vamos começar com a “parte Brasil” da história. É falso dizer que Felipe Neto (que tem sido alvo frequente de ataques na internet), Lucas Netto, Marcelo Freixo e Xuxa têm ligação com a pedofilia. Trata-se de uma tese difamatória que não tem provas. Nenhum deles responde na Justiça por qualquer acusação. Ao contrário: temos diversos desmentidos que “colavam” a prática contra os citados.

O Boatos.org, por exemplo, já desmentiu a informação de que um “primo de Freixo” abusou de crianças e três acusações falsas contra Felipe Neto (aqui, aqui e aqui). Já gravamos até um vídeo desmentindo uma das informações mais recentes:

Vale dizer que a acusação de que “eles” querem criar um conceito chamado “Pessoas que Amam Crianças” (PAM) também não está balizada em nenhuma fonte confiável. Foi algo, literalmente, tirado do nada.

Contada a “parte brasileira” do boato, vamos à parte “gringa”. Apesar de a imagem da tatuagem em questão é real, nem Steve-O é membro do Partido Democrata tampouco ela foi feita para apoiar a ideologia comunista da pedofilia (algo que não existe, aliás).

Assim como em todas outras acusações, não há nenhuma fonte confiável que aponte que Steve (que, por sinal, é britânico) seja membro do Partido Democrata. Também não há nenhuma prova de que ele tenha criado a tatuagem em um “pacto comunista”.

É importante que o próprio Steve-O já não tem mais a tatuagem em questão. Em algum momento da vida, ele se arrependeu da tatuagem e a modificou (trocou o bebê por um avestruz). É importante citar que, assim como outros membros do Jackass, ele ganhou a vida, por muito tempo, fazendo coisas idiotas e “causando”. A tatuagem em questão parece ser mais uma delas.

Resumindo: a história que aponta que o homem que colocou uma tatuagem de bebê no braço é membro do Partido Democrata e que ele, Felipe Neto, Lucas Netto, Marcelo Freixo e Xuxa estão em um grande pacto para legalizar a pedofilia é falsa. A imagem não tem nada a ver com a teoria (que é tão maluca que fica até difícil desmentir) que circula por aí.

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook e WhatsApp no telefone (61)99177-9164. 

 – Siga-nos no Facebook http://bit.ly/2OU3Zwz
 – Siga-nos no Twitter http://bit.ly/2OT6bEK
 – Siga-nos no Youtube http://bit.ly/2AHn9ke
 – Siga-nos no Instagram http://bit.ly/2syHnYU
 – Grupo no WhatsApp http://bit.ly/2Faip9f
 – Lista no Telegram https://bit.ly/2VSlZwK

Edgard Matsuki

Jornalista e caçador de falcatruas na internet