Prefeito de Nova York, Bill de Blasio, é acusado de estupro, tráfico e corrupção #boato

Boato – Bill de Blasio, prefeito de Nova York que chamou Bolsonaro de “valentão”, é acusado de estupro, tráfico e corrupção.

Parece que as relações entre Brasil e Estados Unidos não andam tão boas assim. Pelo menos, não em Nova York. Após saber que o presidente Jair Bolsonaro seria homenageado no dia 14 de maio, pela Câmara de Comércio Brasil-Estados Unidos, o prefeito de Nova York pediu para que um dos lugares onde a homenagem seria feita não recebesse o presidente.

Segundo de Blasio, Bolsonaro seria um “valentão” e afirmou que o povo novaiorquino não aceita nenhum tipo de opressão. “Seu ódio não é bem-vindo aqui”, disse Bill de Blasio. Após as críticas, o presidente Bolsonaro desistiu de receber a homenagem, mas voltou atrás e afirmou que irá a Nova York.

Depois de todo mal estar, as redes sociais foram inundadas de comentários sobre o acontecimento. E, logo, histórias sobre o prefeito Bill de Blasio começaram a surgir na internet. De acordo com uma delas, de Blasio teria sido acusado de estupro, tráfico e corrupção nos Estados Unidos. Confira:

Versão 1: “Explicada a razão do ódio e da falta de respeito do imundo prefeito de Nova York em relação ao nosso presidente. O cara é acusado de estupro, tráfico e corrupção!!Quem é vagabundo, ladrão, criminoso nunca vai gostar mesmo das coisas certas!”. Versão 2: “Prefeito de nova York está sendo condenado por corrupção. Acusado de tráfico e tem vários processos.. agora entendi tudo. Por isso a esquerda apoia ele!”. Versão 3: “Agora entendi a revolta do pilantra!!! E o povo aplaudindo o bandido!!! Olha o de chegamos a democracia no Brasil!!! Torce pro bandido !!! Só pra não aceitar que vai ter q nos engolir 4 anos!!!”.

Prefeito de Nova York, Bill de Blasio, foi acusado de estupro, tráfico e corrupção?

A informação pegou muita gente de surpresa e gerou uma avalanche de críticas ao prefeito de Nova York, Bill de Blasio. As publicações, acompanhadas de prints, foram compartilhadas diversas vezes. Porém, será que essa história de que o prefeito de Nova York teria sido acusado de estupro, tráfico e corrupção é real? A resposta é não.

Vamos aos fatos! A desconfiança já começa quando observamos que as mensagens seguem aquele velho roteiro de fake news na internet: são vagas, alarmistas, possuem erros de português e a maioria delas não cita fontes confiáveis.

Nossas suspeitas só aumentam quando constatamos que as mensagens apenas circularam no Facebook e de forma solta. Vale ressaltar que essa prática tem se tornado recorrente e a equipe do Boatos.org já desmentiu algumas delas, como o caso de que Arthur não era neto de Lula. Também a história de que a mãe e a irmã de Adélio trabalhavam no gabinete de Maria do Rosário. E, por fim, a mensagem que dizia que o juiz Sérgio Moro teria pedido para sair do governo Bolsonaro.

Resolvemos buscar por mais informações sobre o assunto na internet, mas não encontramos nenhuma notícia que desse conta de uma relação entre de Blasio e as acusações de tráfico, estupro ou corrupção.

Ao acessar a suposta prova do crime (que indicaria o motivo do prefeito de Nova York ter sido acusado de corrupção), descobrimos que a história não é bem assim. O link apresentado nas publicações é uma matéria que fala sobre a prisão de três chefes da polícia de Nova York ligados à corrupção. No último parágrafo do texto, publicado em 2016, a reportagem afirma que, de acordo com o jornal ‘New York Times’, ainda não havia indicações de que o prefeito Bill de Blasio estaria envolvido no caso. “Até o momento, não existe nenhuma prova de que ele teria participado do esquema de corrupção”, diz a matéria.

Em relação às outras acusações, a história fica ainda pior. Procuramos por mais detalhes sobre elas, em veículos de informação confiáveis, e, novamente, não encontramos nada. Não há qualquer indicação de que o prefeito de Nova York, Bill de Blasio, tenha sido acusado de tráfico ou estupro. Toda a história “brotou” da internet.

Em resumo: a história que diz que o prefeito de Nova York, Bill de Blasio, teria sido acusado de tráfico, estupro e corrupção é falsa! Além de não existir nenhuma indicação de que ele tenha envolvimento com o tráfico e casos de estupro (mostrando que tudo brotou da internet), a notícia que seria a prova do envolvimento do prefeito com a corrupção é distorcida. A própria reportagem, publicada em 2016, informava que não existiam indicações de que de Blasio estaria envolvido no caso (e, até o momento, nenhuma prova surgiu). Ou seja, a história surgiu do nada, em textos soltos nas redes sociais e não passa de balela. Cuidado ao compartilhar!

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook e WhatsApp no telefone (61)99177-9164.

Compartilhe este artigo:
error: Em vez de copiar o nosso conteúdo, compartilhe no Facebook :)