Menina de 13 anos morre na Alemanha por usar máscara e aspirar CO2 #boato

Boato – Após usar máscara e aspirar CO2, menina de 13 anos morre na Alemanha asfixiada pela própria máscara. Por causa do caso, segurança das máscaras está sendo colocada em xeque no país. 

Na Europa, depois de meses em isolamento, as pessoas têm voltado à vida (quase) normal. Bares e restaurantes reabriram, os parques estão lotados de gente querendo aproveitar o restante do verão no Hemisfério Norte e até as escolas já estão recebendo os alunos.

Na Alemanha, entretanto, o retorno às aulas ganhou um capítulo dramático. No dia 7 de setembro de 2020, no distrito de Germersheim, uma menina de apenas 13 anos morreu após passar mal em um ônibus escolar, voltando para casa. E não demorou muito para o caso ser usado para embasar fake news.

Uma política do partido de extrema direita do país questionou em suas redes sociais se o caso teria alguma ligação com o uso das máscaras. A parlamentar defende que a morte poderia ter sido causada pela aspiração de CO2. A partir daí, a história se espalhou. No Brasil, duas versões dessa história têm circulado nas redes sociais. A primeira afirma que a menina teria morrido porque aspirou CO2, sendo asfixiada pela própria máscara. Já a segunda indica que a obrigatoriedade do uso da máscara teria sido colocada em xeque após a morte, levando a entender que autoridades podem descobrir que a causa da morte tenha sido o uso da máscara e decretar a proibição do uso da máscara ou até mesmo uma grande revolta por parte do povo. Confira;

Confira o desmentido em vídeo

Versão 1: “Menina de 13 anos desmaia e morre em ônibus escolar, asfixiada pela máscara, na Alemanha”. Versão 2: “Menina de 13 anos desmaia e morre na Alemanha! Suspeita-se que o fato esteja atribuído à máscara, porque? A foto 02 responde porque! Especialista conclui que o nível de Gás Carbônico (expelido por nós quando expiramos), CO², sob as máscaras está ACIMA DO PERMITIDO POR LEI! Mas, “USE MÁSCARA”! É para o “seu bem””. Versão 3: “Alemanha | Obrigatoriedade do uso de máscaras é questionada após menina de 13 anos desmaiar em ônibus escolar e morrer”.

Menina de 13 anos morreu na Alemanha por usar máscara e aspirar CO2?

A informação caiu como uma bomba nas redes sociais e alimentou, ainda mais, a ilusão dos negacionistas da pandemia. Mas apesar de tudo isso, a denúncia de que as máscaras mataram a menina em questão não procede.

Não faz muito tempo, nós desmentimos diversas fake news relacionadas ao uso da máscara, como a que dizia que o uso prolongado de máscaras de proteção poderia causar hipóxia (baixa oxigenação). Também a que indicava que máscaras ajudariam o novo coronavírus a se espalhar mais fácil e só deveriam ser usadas para conversar e, por fim, a que apontava que máscaras contaminadas vindas da China e da Índia estariam sendo distribuídas no Brasil.

Além disso, não existe nenhuma prova de que a menina tenha morrido por conta do uso da máscara. Nenhum veículo de comunicação alemão destaca isso. Pelo contrário, os sites locais afirmam que as autoridades estão investigando o caso e a causa da morte. Segundo informações de sites alemães, os resultados dos exames devem ficar prontos em uma semana.

A declaração da parlamentar gerou tanta polêmica que até o presidente do grupo parlamentar da AfD (partido dela) na Renânia (na Alemanha), Uwe Junge, criticou o posicionamento. Ele classificou a atitude como “vergonhosa”.  A publicação até chegou a ser classificada pelos internautas como uma tentativa de “capitalizar a morte de uma criança sem nenhuma empatia”. A Sociedade Alemã de Pneumologia e Medicina Respiratória (DGP) destacou ser muito improvável que uma pessoa desenvolva sintomas que coloquem a vida em risco por conta do uso da máscara.

Se isso não bastasse, o suposto “questionamento” nada mais é do que uma ilação por parte de uma política de extrema direita, sem provas. E, infelizmente, não se trata de algo novo na Alemanha. Ao procurar em redes sociais, vimos que a mesma já fez publicações em suas redes sociais contra o uso de máscaras no país antes mesmo da morte da menina de 13 anos.

Vale lembrar que essa não é a primeira vez que um posicionamento da extrema direita barulhenta da Alemanha foi tomado como verdade absoluta pelos brasileiros. Aqui no Boatos.org já desmentimos histórias parecidas, como a que dizia que o povo europeu estaria jogando máscaras no lixo e se negando a usá-las e também a que indicava que mais de 1 milhão de pessoas teriam participado de um protesto na Alemanha para denunciar a “pandemia falsa” em Berlim.

Dessa forma, podemos perceber que não se trata de uma relação de causa e consequência e, muito menos, existem “questionamentos” (pelo menos, não existem questionamentos que mereçam ser levados a sério) na Alemanha.

Em resumo: a história que diz que uma menina de 13 anos morreu na Alemanha após aspirar CO2 da máscara é falsa! Até o momento, não se sabe o que pode ter ocasionado a morte da jovem. Autoridades alemãs estão investigando o caso e acreditam ter respostas em breve. Já a Sociedade Alemã de Pneumologia e Medicina Respiratória foi enfática ao afirmar que é muito improvável que a morte tenha alguma relação com o uso da máscara. Toda a história surgiu após um post sem provas surgir nas redes sociais.

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook e WhatsApp no telefone (61)99177-9164. 

 – Siga-nos no Facebook http://bit.ly/2OU3Zwz
 – Siga-nos no Twitter http://bit.ly/2OT6bEK
 – Siga-nos no Youtube http://bit.ly/2AHn9ke
 – Siga-nos no Instagram http://bit.ly/2syHnYU
 – Grupo no WhatsApp http://bit.ly/2H2c3Iu
 – Lista no Telegram https://bit.ly/2VSlZwK