Uso prolongado de máscaras de proteção causa hipóxia (baixa oxigenação) #boato

Boato – Usar máscaras de proteção por tempo prolongado causa intoxicação por dióxido de carbono que leva à baixa oxigenação (hipóxia). 

O uso da máscara em tempos de pandemia não tem agradado muita gente. Apesar de muitos estados brasileiros já terem decretado o uso obrigatório da máscara, muitas pessoas insistem em não respeitar a lei.

O fato é que o uso correto da máscara protege não só a pessoa que está usando o equipamento de proteção, mas também as outras pessoas que, eventualmente, venham a ter contato com a pessoa.

Entretanto, a disseminação de fake news sobre o tema tem incentivado as pessoas a não aderirem ao uso. Exemplo disso é a história de hoje. Nos últimos dias, uma publicação que afirma que o uso prolongado da máscara pode causar hipóxia tem circulados nas redes sociais. Segundo a publicação, respirar o ar expelido pelo processo respiratório pode causar problemas, pois o ar expelido, na verdade, se transforma em dióxido de carbono. De acordo com a publicação, a intoxicação provoca desconforto, perda de reflexos, quebra da glicose e o aumento perigoso de ácido lático. Ainda segundo a publicação, o ideal seria levantar a máscara a cada 10 minutos. Confira:

Confira o desmentido em vídeo

“O uso prolongado da máscara produz hipóxia. Respirar repetidamente o ar expirado se transforma em dióxido de carbono, e é por isso que nos sentimos tontos. Isso intoxica o usuário e muito mais quando ele deve se mover, realizar ações de deslocamento. Causa desconforto, perda de reflexos e pensamento consciente. Isso gera grande fadiga. Além disso, a deficiência de oxigênio causa quebra de glicose e aumento do ácido lático ameaçado. Algumas pessoas dirigem o carro com a máscara, o que é muito perigoso, porque o ar viciado pode fazer o motorista perder a consciência. 

É recomendável usá-lo apenas se você tiver alguém na frente ou muito próximo, e é importante lembrar de levantá-lo a cada 10 minutos para continuar se sentindo saudável. É contraproducente para as pessoas que servem o público por 8 horas, pois estão se intoxicando sem saber. Todas as vidas são importantes.! ” Essa prevenção não leva a outro problema … vamos usar a máscara conscientemente.” Dr. Eduardo E Herrera”.

Uso prolongado de máscaras de proteção causa hipóxia (baixa oxigenação)?

A informação tem causado questionamentos nas redes sociais e até feito pessoas pensarem duas vezes antes de usar a máscara. Mas será que essa história de que o uso prolongado de máscaras pode causar hipóxia (baixa oxigenação no corpo) é real? A resposta é não!

Vamos aos detalhes! Antes de mais nada, vamos explicar o que é essa tal de hipóxia (para quem ainda não sabe). Hipóxia é uma condição em que há baixo teor (concentração) de oxigênio no organismo. Nesse estado, os tecidos orgânicos do nosso corpo passam a receber menos oxigênio. As causas são diversas, podendo ocorrer por causa de uma anemia ou pelo deslocamento para lugares com baixa concentração de oxigênio no ar.

Dito isso, precisamos destacar que a publicação dessa história segue aquele velho roteiro de fake news na internet. Ela é vaga, alarmista, possui erros de português e não cita fontes confiáveis.

Além disso, infelizmente, o histórico sobre fake news relacionadas ao uso de máscara é bastante vasto. A equipe do Boatos.org já desmentiu inúmeras delas, como a que dizia que máscaras da China, compradas pelo ex-ministro da Saúde Luiz Henrique Mandetta, estariam contaminadas pelo novo coronavírus. Também a que indicava que quem dirigisse sem máscara poderia ser multado e perder 3 pontos na CNH e, por fim, a que apontava que a OMS teria alertado para máscaras contaminadas da China e da Índia que teriam sido enviadas ao Brasil.

Pois bem, se isso não fosse suficiente, há outra questão importante: se o uso prolongado da máscara realmente causasse hipóxia, com toda certeza, esse ponto seria levado em conta no momento das recomendações. Porém, não existe nenhum alerta sobre isso.

Além de tudo, se fosse assim, os próprios profissionais da saúde já estariam doentes muito antes da pandemia da Covid-19 começar, uma vez que precisam usar máscaras diariamente.

Ao procurar por mais informações sobre essa teoria, descobrimos que ela circulou em espanhol e, depois, foi traduzida para o português. A história acabou desmentida em diversos cantos do mundo. Na Espanha, o site Maldita destacou que não existem evidências científicas de que o uso da máscara cause hipóxia ou faça a pessoa respirar dióxido de carbono. No Chile, o serviço de fact-checking da AFP descobriu que a máscara permite a troca de oxigênio através das laterais e também da parte superior da máscara, não permitindo o acúmulo de dióxido de carbono.

Já em Portugal, o serviço de fact-checking do site Polígrafo informou que a situação descrita na história poderia ocorrer somente se respirássemos dentro de um saco por uma hora. Como a máscara não é um saco, então, isso estaria longe de acontecer. Por fim, no Brasil, o serviço de fact-checking Fato ou Fake chamou a atenção para a dica de “levantar a máscara a cada 10 minutos”. De acordo com profissionais da saúde consultados pelo veículo, não se deve mexer no rosto após a colocação na máscara, pois quanto mais se manipula a máscara, maior a chance de contaminação.

Em resumo: a história que diz que o uso prolongado da máscara causa hipóxia (baixa concentração de oxigênio) é falsa! Não existe nenhum embasamento científico para essa teoria. Além disso, descobrimos que a história circulou em espanhol antes de ser traduzida para o português. Nesse processo, ela acabou sendo desmentida em vários serviços de fact-checking estrangeiros. Segundo eles, a troca de oxigênio dentro da máscara é possível sim, ocorrendo pelas laterais e pela parte superior do material. Eles ainda destacaram que a máscara não deve ser manipulada após ser colocada no rosto, sob grande risco de contaminação. Ou seja, tudo não passa de balela! Não compartilhe.

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook e WhatsApp no telefone (61) 99177-9164. 

Clique nos links “bit.ly” para acessar nossos perfis:

 – Siga-nos no Facebook http://bit.ly/2OU3Zwz
 – Siga-nos no Twitter http://bit.ly/2OT6bEK
 – Siga-nos no Youtube http://bit.ly/2AHn9ke
 – Siga-nos no Instagram http://bit.ly/2syHnYU
 – Grupo no WhatsApp http://bit.ly/2AryYtw
error: Em vez de copiar o nosso conteúdo, compartilhe no Facebook :)