Mr. Catra, cantor de funk, escreveu carta sobre o INSS no Diário de SP #boato

Boato – O MC (ou Mr.) Catra, cantor de funk, escreveu uma carta criticando a saúde, a violência, as drogas, os salários e o INSS no jornal Diário de São Paulo.

Existem alguns textos que se tornam clássicos quando falamos de boatos online. Quem nunca viu em sua timeline a mensagem que começava com “se vocês soubessem o que aconteceu ficariam enojados” ou a que fala que “Globo apresentou esse vídeo no Bom Dia Brasil. imediatamente após, o Congresso e o Senado ligaram para a TV”. Assim como esses textos, o que será tratado no desmentido de hoje é um clássico nas fake news.

Circula na internet a informação que MC Catra (na verdade, o nome artístico dele é Mr. Catra) teria escrito uma carta ao jornal Diário de São Paulo criticando o INSS e lamentando por ele ter lutado nas ruas. Leia trechos da mensagem que circula online:

Vejam o que o cantor MC Catra escreveu hoje no Jornal Diário de São Paulo SOBRE O INSS. MC Catra, Cantor de funck em Carta publicada no Jornal Diário de São Paulo. Hoje, vendo pessoas morrendo em filas de Hospitais, bandidos matando por R$ 10,00 e pessoas andando feito zumbis nas ruas por causa das drogas, adolescentes que não sabem quanto é 6 x 8, meninas de 14 anos parindo filhos sem pais, toda a classe política desse país esfregando a bandalheira na nossa cara e desfilando uma incompetência absurda, o nosso país sendo ridicularizado por tantos escândalos…

Eu peço perdão ao Brasil pela porcaria que fiz… Deveria ter ficado em casa quieto ao invés de ir às ruas. Lutei pra que? Pra ver corrupto no poder fazendo manobras pra se manter no poder e por quê agora estamos quietos? Cade você nas ruas? Esqueçam cor de bandeiras. Vamos nos unir e lutar por um só motivo: nossos direitos. SOMOS mais de trinta milhões de aposentados! Não podemos admitir:

Policial R$ 3.660,00 para arriscar a vida; Bombeiro R$ 3.960,00 para salvar vidas; Professor R$ 2.200,00 para preparar para a vida; Médico R$ 9.260,00 para manter a vida; E o Deputado Federal? R$ 26.700,00 (Salário) R$ 94.300,00 (Verba de Gabinete) R$ 53.400,00 (Auxílio Paletó) […]

Mr. Catra, cantor de funk, escreveu carta sobre o INSS no Diário de SP?

A mensagem circulou muito na internet, principalmente no WhatsApp. Mas será mesmo que o Mr. Catra ou o MC Catra escreveu a tal mensagem? Não é preciso nem ir muito longe para se chegar à verdade. A mensagem que cita o “MC Catra” é uma junção de diversos textos já desmentidos aqui. Para você entender tudo, vamos aos fatos.

A parte que fala de “Carta ao jornal Diário de São Paulo” já foi atribuída ao músico Roger Moreira e ao cantor Sérgio Reis. A parte que cita os hospitais já foi atribuída ao músico Roger Moreira, ao cantor Sérgio Reis e à jornalista Miriam Leitão (na versão dela seria uma carta ao O Globo). Já a parte que fala dos salários já foi atribuída a Sérgio Reis e a Tiririca.

Na realidade, parte da publicação pertence a uma pessoa chamada Rogério Moreira. Já na primeira versão do boato (que citava Roger do Ultraje a Rigor), ele se pronunciou falando que ele era o autor do texto, publicado no dia 28/05/2013 no Diário de SP. Leia:

Olá ! Recebi um WathsApp onde creditavam á jornalista Miriam Leitão, um texto escrito por mim e publicado no dia 28/05/2013 no Jornal Diário de São Paulo, na coluna ” Diário do Leitor”. Pesquisando na internet cheguei até este blog onde Míriam esclarece não ser o texto de sua autoria( 03/03/2016), atitude esta, que não poderia ser diferente vindo da consagrada jornalista. Só estou me reportando, porque ao final da matéria, é dito que a pessoa responsável se retratou. Sendo EU o autor do texto, quero que saibam que tomei conhecimento do acontecido agora, 4 meses após a postagem da matéria e gostaria de saber QUEM se retratou… Desde já me coloco á disposição para quaisquer dúvidas e esclarecimentos. Um abraço Rogério Moreira

Não sabemos de quem é a autoria da segunda parte do texto (que fala dos salários dos deputados). Mas sabemos que os dados estão errados. Vamos relembrar os valores já publicados em outros desmentidos:

O texto que circula online traz a informação de que um policial recebe R$ 3.660,00. Mas de acordo com a matéria publicada no G1, o salário de um policial militar no início de carreira apresenta variações. A matéria informa que essa variação pode partir de R$ 2.646,00 a R$ 6.500,00.

O salário dos professores também é informado neste texto que vem circulando no Facebook e WhatsApp. De acordo com a mensagem, o salário desses profissionais é de R$ 2.200,00. Entretanto, uma matéria publicada no Portal Brasil revela que o piso salarial dos professores passou por reajuste neste ano e que subiu para R$ 2.298,80. Na maioria dos estados, o piso é maior.

Continuando a análise, o texto online diz que o salário de um médico é de R$ 9.260,00.  Por outro lado, uma matéria publicada no site da Federação Nacional dos Médicos (Fenam), informa que no ano de 2016, o piso salarial de um médico que trabalha 20 horas por semana é de R$ 12.993,00.

E por fim, a mensagem online diz que o salário de um deputado federal é de R$ 26.700,00 e cita outros benefícios, como auxílio moradia e auxílio saúde. Em 2016, o Congresso em Foco divulgou uma matéria que informa que o salário de um deputado federal chega a R$ 33.763.

A verba de gabinete com uma média mensal de R$ 92.000,00 para até 25 funcionários. Enquanto isso o texto online diz que essa verba é de R$ 94.300,00 e não informa o número de funcionários. Outro benefício citado é o auxílio paletó. No boato, o valor que se refere a esse tipo de benefício é de R$ 53.400,00. Em 2016, o G1 publicou uma matéria em que durante a entrevista um parlamentar diz que esse auxílio acabou em 2013.

Em relação ao auxílio moradia, o valor citado é de R$ 22.000,00. Enquanto isso, em uma pesquisa feita no site da Câmara dos Deputados é possível se informar com mais precisão. O auxílio é pago para aqueles deputados que não ocupam apartamento funcional. No site consta que o valor do auxílio moradia é de R$ 4.253,00.

Resumindo: Mr. Catra não publicou texto algum no jornal Diário de São Paulo. A “carta” é uma junção de dois textos já atribuídos a outros famosos. Metade da mensagem é pura opinião. A outra metade é uma montoeira de dados errados. Resultado da equação: boato.

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook e WhatsApp no telefone (61)99177-9164.

Edgard Matsuki

Jornalista e caçador de falcatruas na internet

Um comentário em “Mr. Catra, cantor de funk, escreveu carta sobre o INSS no Diário de SP #boato

  • 25/05/2018 em 11:11
    Permalink

    Muito esclarecedor. Só peço que deixe no final do artigo, links das fontes usadas para embasar o que foi dito, para fins de dupla verificação.

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

error: Em vez de copiar o nosso conteúdo, compartilhe no Facebook :)