Sérgio Moro pagava R$ 50 mil de aluguel nos EUA e usa tênis de R$ 7.500 #boato

Boato – Durante estadia em Washington, nos EUA, Moro pagou aluguel de R$ 50 mil e usou tênis de R$ 7.500 em sua despedida. 

As eleições presidenciais brasileiras, que ocorrem em outubro de 2022, estão cada vez mais próximas. E com elas, as fake news que prometem causar ainda mais confusão do que no ano de 2018.

Alguns nomes já começam a se destacar e muitos partidos já possuem pré-candidatos, como o ex-juiz Sérgio Moro, do Podemos. O anúncio da pré-candidatura de Moro fez com que o nome do ex-juiz voltasse a crescer nas redes sociais e começasse a incomodar seus rivais, especialmente, pelos seus discursos.

E de acordo com uma história que está circulando nas redes sociais, parece que Moro estaria longe de ser a pessoa humilde que o transformou em uma personalidade pública. Segundo uma publicação, Moro levou uma vida de rico enquanto morava em Washington, nos Estados Unidos. Ainda de acordo com a história, o ex-juiz pagava um aluguel de R$ 50 mil e teria usado um tênis de R$ 7.500 em sua despedida da terra do Tio Sam. Confira:

Versão 1: “Levando vida de rico, Moro vai a festa com calçado de R$ 7,5 mil”. Versão 2: “O ex-juiz Sergio Moro compareceu à festa de sua despedida de Washington com um calçado que custa, no Brasil, entre R$ 7,5 mil e R$ 9 mil. É um Ermenegildo Zegna, segundo observou o dono de uma loja de alto luxo que entrou em contato com o site”. Versão 3: “ME EXPLICA COMO MARRECO E CONGE PODEM PAGAR A MANSÃO ? A GRANA DA LAVA JATO FOI A JATO PRAS C/C. Conheça a casa onde Moro viveu nos EUA, que tem aluguel de R$ 50 mil por mês (vídeo)”.

Sérgio Moro pagava R$ 50 mil de aluguel nos EUA e usa tênis de R$ 7.500?

A história conseguiu unir gregos e troianos (neste caso, bolsonaristas e esquerdistas) nas redes sociais, em especial, no Twitter. Apesar disso, a história não é verdadeira. A explicação fica por conta da origem da informação e pela falta de provas.

Publicações falsas sobre supostas riquezas de políticos já circularam na internet. A equipe do Boatos.org já desmentiu inúmeras delas, como a que dizia que um vídeo mostraria 40 mil cabeças de gado em carretas na fazenda de Lula, em São Felix do Xingu (PA). Também a que indicava que a Polícia Federal teria encontrado R$ 200 milhões em endereço de Bolsonaro e, por fim, a que apontava que o ministro do STF Dias Toffoli seria dono de resort no Paraná.

Ao analisar as denúncias, percebemos que as acusações tinham um caráter completamente duvidoso e não possuíam provas robustas. No caso do tênis, a comprovação da história seria uma foto do ex-juiz Sérgio Moro em uma reunião de amigos, em sua despedida de Maryland (EUA). A imagem foi retirada do perfil pessoal da esposa de Moro, no Instagram.

A foto e os pequenos vídeos publicados no perfil da esposa do ex-juiz Sérgio Moro não mostram nada demais. E, no mínimo, a pessoa precisaria ser um gênio ou um visão de raio-x para conseguir identificar a marca e o modelo do tênis em questão. Além disso, o próprio Sérgio Moro desmentiu toda a informação. Em seu Twitter, o ex-juiz publicou a foto do sapato usado por ele e mostrou que se trata de um tênis da Adidas. Veja o que ele escreveu;

Tem um blog ligado ao PT espalhando fake news por aí que eu uso um calçado de 7.500 reais da marca Ermenegildo Zegna. MENTIRA! Meu tênis é um modelo básico e confortável da Adidas. Quem deve ter calçado caro é o pessoal que roubou a Petrobras durante o Governo do PT.

Já a história da casa segue o mesmo roteiro. As pessoas que inventaram a história apenas assistiram a um vídeo publicado no perfil pessoal da esposa de Sérgio Moro e concluíram, a partir daí, que a casa custaria R$ 50 mil mensais.

Possivelmente, as pessoas que inventaram a história pegaram o vídeo e fizeram uma busca reversa com as imagens. E ao se depararem com uma casa que possuía uma porta igual ao parecida, como essa, podem ter chegado à conclusão de que se tratava da mesma residência.

As publicações e o próprio link da suposta casa de Sérgio Moro nos EUA afirmam que a residência fica no bairro de Georgetown, em Washington, no Distrito de Columbia (como o Distrito Federal, no Brasil). Entretanto, a família de Sérgio Moro residia em uma cidade do estado de Maryland, que fica próximo de Washington D.C.

O local onde o ex-juiz morava é uma região mais desvalorizada do que o bairro de Georgetown, em Washington D.C. Como é possível ver, o custo médio de uma casa em Washington é, basicamente, o dobro de uma em Maryland. Se isso não bastasse, o ex-juiz Sérgio Moro desmentiu toda a informação. Em sua página no Twitter, ele afirmou que as fotos da casa usadas na história foram retiradas da internet e a residência em questão não pertencia à família. Veja o que foi escrito:

Temos que discutir propostas para o país, mas preciso rebater as mentiras dos blogs petistas que têm medo de um adversário competitivo. Não morei em casa de aluguel de 50 mil reais por mês e a foto e endereço usados na matéria são falsos. Todas as mentiras serão desmentidas.

Por fim, nos dois casos, a denúncia só se sustentaria com provas robustas (afinal de contas, o ônus da prova é de quem acusa). Apesar disso, não tivemos provas robustas, sequer tivemos provas (apenas convicções pessoais).

Em resumo: a história que diz que o ex-juiz Sérgio Moro pagava R$ 50 mil de aluguel em uma casa em Washington e usou um tênis de R$ 7.500 em sua despedida dos EUA é falsa! A foto usada para embasar a teoria do tênis não tem uma boa qualidade. A não ser que a pessoa tivesse visão de raio-x, seria impossível identificar o modelo e a marca do sapato. Depois da história viralizar, o ex-juiz Sério Moro postou uma foto do tênis, mostrando se tratar de um modelo da Adidas. Por fim, as fotos da suposta casa de Moro nos EUA foram retiradas de um site da internet. O link mostra que a residência fica no bairro de Georgetown, em Washington D.C. Entretanto, a família do ex-juiz morava em uma cidade no estado de Maryland. Ou seja, a história não passa de balela!

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook e WhatsApp no telefone (61) 99458-8494.

Ps2: Confira a nossa nova seção “Oportunidades” clicando aqui. Na página, você pode acesso a promoções, descontos e sites que dão brindes.

 – Siga-nos no Facebook http://bit.ly/2OU3Zwz
 – Siga-nos no Twitter http://bit.ly/2OT6bEK
 – Siga-nos no Youtube http://bit.ly/2AHn9ke
 – Siga-nos no Instagram http://bit.ly/2syHnYU
 – Grupo no WhatsApp https://bit.ly/3HIppbu
 – Lista no Telegram https://bit.ly/2VSlZwK
 – Siga-nos no TikTok https://bit.ly/3yPELWj
 – Siga-nos no Kwai https://bit.ly/3cUbEso