Repórter Joslei Cardinot morreu assassinado, mostra vídeo #boato

Boato – Vídeo e áudio mostram que o repórter Joslei Cardinot, da TV Jornal, morreu assassinado. Mataram o Cardinot.

Os boatos de morte não têm muito critério. Esse tipo de fake news atinge personalidades conhecidas em todo Brasil como (Silvio Santos, José Sarney,  Renato Aragão), mas também pode viralizar com pessoas conhecidas por um público específico (como Kid Bengala ou o homem que fez o diabo no desfile da Gaviões da Fiel). E hoje vamos falar de uma pessoa conhecida no Nordeste: o jornalista Joslei Cardinot, da TV Jornal.

De acordo com uma mensagem que viralizou na internet, Cardinot (que apresenta programas policialescos) foi vítima de um crime. Um vídeo de um homem morto a tiros (que não vamos exibir aqui) com um singelo áudio de uma mulher que diz “é gente, esse aí é Cardinot, mataram ele” começou a circular por WhatsApp e fez muito gente ficar em dúvida nas redes sociais. Leia algumas das postagens:

“E verdade que mataram cardinot”, disse um internauta. “Gente pelo amor de Deus tão boatando que jorgelem Cardinot foi  assassinado e verdade ou fayk”, indaga outro. “Circulam videos no zap com “cardinot” supostamente morto! Mas é fake….eu acho!”, diz um terceiro internauta. “Chegou vídeo aqui afirmando que Cardinot foi assassinado… É verdade?”, aponta outro comentário.

Repórter Joslei Cardinot foi assassinado?

Como falamos, muita gente levantou suspeitas perante a informação. Quem fez isso está correto. A história que aponta que mataram Joslei Cardinot é falsa. Para você entender tudo, vamos aos fatos.

De cara, achamos a história estranha. Para começar, a mensagem segue algumas das principais características de boatos online: é vaga, alarmista, com erros de português e não cita fontes confiáveis. Além disso, não há uma notícia em fontes confiáveis que fale da morte do jornalista. Já com quase certeza de que a história é falsa, bastaram mais duas buscas para enterrar essa fake news.

A primeira foi no perfil da TV Jornal e de Cardinot na internet. Não há uma informação sobre incidentes envolvendo o repórter. Ao contrário, a TV Jornal, inclusive, anunciou que o programa dele (o Por Dentro) está em novo horário. Já o jornalista postou (além do anúncio de troca de horário), algumas fotos do fim de semana de folga.

A segunda busca foi pela origem do vídeo. E aí encontramos um link da própria TV Jornal. A filmagem é do assassinato do radialista Claudemir Nunes, da Rádio Comunidade FM de Santa Cruz do Capibaribe. O crime ocorreu no dia 21 de março de 2019 e a polícia ainda investiga o caso.

Resumindo: a história que aponta que mataram o jornalista Joslei Cardinot, da TV Jornal, é falsa. O vídeo é de outra situação e o repórter passou os últimos dias de folga. Ou seja, é mais um boato de morte que circula por aí.

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook e WhatsApp no telefone (61)99177-9164.

Compartilhe este artigo:

Edgard Matsuki

Jornalista e caçador de falcatruas na internet

error: Em vez de copiar o nosso conteúdo, compartilhe no Facebook :)