Manifestantes estendem bandeira do Brasil gigante no shopping Iguatemi de São Paulo, mostra vídeo #boato

Boato – Depois de o shopping Iguatemi proibir a bandeira do Brasil, manifestantes invadiram o local, estenderam uma bandeira gigante e cantaram nos corredores.

No último fim de semana (o segundo de novembro de 2022), redes sociais de boslonaristas ficaram em polvorosa com um vídeo que começou a viralizar. Nele, seguranças do shopping JK Iguatemi, de São Paulo, barram uma mulher que estava no local com a bandeira do Brasil.

Matérias sobre o assunto falam da repercussão do vídeo e apontam que o próprio shopping teria declarado que a conduta da mulher não feria as regras de entrada (que proíbe bandeira de clubes e agremiações). A partir daí, uma nova história começou a viralizar na internet.

Um vídeo de uma série de pessoas cantando e estendendo uma bandeira do Brasil gigantesca está circulando na internet com a legenda de que seria uma resposta à atitude do shopping. “Foram proibir de entrar com a bandeira do Brasil no shopping Iguatemi/ SP. Olha no que deu!!”, diz uma das mensagens que circulam com o vídeo.

Vídeo mostra manifestantes estendendo bandeira do Brasil gigante no shopping Iguatemi de São Paulo?

Não demorou para a história viralizar com todas as forças nas redes sociais e chamar atenção por aí. Porém, nem houve o tal “protesto resposta” tampouco o vídeo foi gravado no shopping Iguatemi em São Paulo.

A mensagem, o histórico de boatos do tipo e a ausência da história em fontes confiáveis já nos deixa muito desconfiados da veracidade da informação. Os textos que circulam online são alarmistas, vagos e não citam qualquer fonte confiável (assim como um “bom boato”). Ao buscar pela história, por sinal, nada encontramos além do mesmo texto da publicação.

Ao relembrar casos de vídeos retirados de contexto nos últimos tempos, temos diversos exemplos de fake news. Desmentimos vídeos de “presidiários comemorando a vitória de Lula”, de ataque inusitado a Alexandre de Moraes e de bolsonaristas comemorando na Austrália. É justamente neste último que temos a solução para o caso.

O vídeo utilizado na fake news australiana é o mesmo que foi utilizado na fake news do shopping Iguatemi. Já na época, apontamos que, na realidade, o vídeo foi gravado no shopping Diamond Hall, em Belo Horizonte no dia 1º de outubro. À época da “fake news australiana”, a informação foi confirmada pela direção do estabelecimento.

Resumindo: é falsa a informação que aponta que manifestantes estenderam a bandeira do Brasil durante um protesto ono shopping Iguatemi de São Paulo. O vídeo que está viralizando é de Belo Horizonte e não tem ligação com o incidente ocorrido no shopping paulistano.

Ps: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo siteFacebook e WhatsApp no telefone (61) 99458-8494.

 – Siga-nos no Facebook http://bit.ly/2OU3Zwz
 – Siga-nos no Twitter http://bit.ly/2OT6bEK
 – Siga-nos no Youtube http://bit.ly/2AHn9ke
 – Siga-nos no Instagram http://bit.ly/2syHnYU
 – Grupo no WhatsApp https://bit.ly/3sexfTk
 – Lista no Telegram https://bit.ly/2VSlZwK
 – Siga-nos no TikTok https://bit.ly/3yPELWj
 – Siga-nos no Kwai https://bit.ly/3cUbEso

Edgard Matsuki

Jornalista e caçador de falcatruas na internet