Manifestação na porta do quartel em Porto Alegre pede intervenção militar #boato

Boato – Em Porto Alegre, manifestantes pedem intervenção militar em frente ao Comando Militar do Sul, mostra vídeo.  

Nos últimas dias, em sua live semanal, o presidente Jair Bolsonaro afirmou “ser chefe das Forças Armadas” e colocou a hashtag #EuSouOExercitoDoBrasil entre as três nos trending topics. O discurso do presidente fez com que o debate sobre uma possível intervenção militar no país voltasse à baila. Em meio às polêmicas nas redes sociais, um vídeo chamou atenção.

A publicação aponta que manifestantes pediram intervenção militar na porta do quartel em Porto Alegre. As imagens mostram manifestantes vestidos com as cores e a bandeira do Brasil. No vídeo, o sujeito diz que “os gaúchos deram o pontapé inicial! Estão em frente ao Comando Militar do Sul” e pede “que as Forças Armadas tomem providências”. Leia o que diz a mensagem e a transcrição do vídeo:

Mensagem que circula online: PORTO ALEGRE NA PORTA DO QUARTEL, AGORA NÃO PODEMOS RETROAGIR | OS GAÚCHOS DERAM O PONTAPÉ INICIAL Transcrição do vídeo: “Os gaúchos deram o pontapé inicial! Estão em frente ao Comando Militar do Sul. Agora não podemos retroagir. Vamos exigir que as Forças Armadas tomem providências. Os gaúchos começaram em Porto Alegre, agora, se todos os estados…”

Manifestação na porta do quartel em Porto Alegre pede intervenção militar?

As imagens fizeram sucesso e muita gente aproveitou para defender uma possível intervenção militar no país. Mas o que quem compartilhou não sabia é que o vídeo nada tem a ver com intervenção e Forças Armadas.

O primeiro indício de que tudo não passa de balela está no histórico de boatos sobre o assunto. Por aqui, no Boatos.org, já desmentimos histórias envolvendo Walter Braga Netto, General Pujol e o desembargador Ivo Sartori.

No vídeo, outro detalhe também chamou atenção: o tal quartel em Porto Alegre. Quem conhece a capital sabe que o prédio que aparece nas imagens não é o quartel e tampouco o Comando Militar do Sul, como o sujeito afirma no vídeo. Na realidade, trata-se do Palácio Piratini, atual sede do Poder Executivo do Rio Grande do Sul, localizado no centro histórico de Porto Alegre.

Ao procurar pelo Palácio Piratini, chegamos a outra informação. No dia 10 de março de 2021, manifestantes se reuniram em frente ao Palácio para protestar a favor da retomada das atividades econômicas. Durante o protesto, os manifestantes pediram a flexibilização das medidas do Estado e o impeachment do governador Eduardo Leite. Coincidência (ou não), as imagens do protesto são iguais as imagens que aparecem no vídeo. Ou seja, o tal protesto nada tinha a ver com intervenção militar.

Embora muitos grupos sejam contra as medidas mais restritivas para frear a pandemia de Covid-19, o Rio Grande do Sul enfrenta o pior momento da pandemia com aumento de casos e lotação máxima dos leitos de UTI. A situação (não só no estado, mas no país) é grave e, por isso, se puder fique em casa e respeite as medidas de segurança.

Resumindo: não existiu nenhuma manifestação na porta do quartel em Porto Alegre a favor da intervenção militar. Isso porque a manifestação aconteceu em frente ao Palácio Piratini e não era a favor da intervenção militar. Ou seja, boato.

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook e WhatsApp no telefone (61)99177-9164. 

 – Siga-nos no Facebook http://bit.ly/2OU3Zwz
 – Siga-nos no Twitter http://bit.ly/2OT6bEK
 – Siga-nos no Youtube http://bit.ly/2AHn9ke
 – Siga-nos no Instagram http://bit.ly/2syHnYU
 – Grupo no WhatsApp http://bit.ly/3kWrohw
 – Lista no Telegram https://bit.ly/2VSlZwK
 – Siga-nos no TikTok https://bit.ly/38hcBcy