Pular para o conteúdo
Você está em: Página Inicial > Brasil > Homem engravida sogra, filha e enteada no Rio Grande do Sul #boato

Homem engravida sogra, filha e enteada no Rio Grande do Sul #boato

Homem engravida sogra, filha e enteada no Rio Grande do Sul, diz boato (Foto: Reprodução/Facebook)

Boato – g1 noticiou que um homem engravidou, no mesmo mês, a sogra, a filha e a enteada. Caso ocorreu em Santo Antônio das Missões, no Rio Grande do Sul.

Um dos formatos de fake news que mais têm circulado em redes sociais é o que aponta para supostas notícias em sites famosos como, por exemplo, o g1. Em alguns casos, é possível ver intenções políticas. Em outros, há apenas o intuito de “causar” e ganhar likes. Parece ser o caso da história de hoje.

De acordo com uma mensagem que circula em redes sociais, o g1 teria noticiado que um homem engravidou a sogra, a filha e a enteada. Isto está no título. Na matéria, há uma explicação de que, na realidade, ele engravidou a namorada, a enteada e a sogra. Leia (e tente entender):

Confira o desmentido em vídeo:

Homem engravida sogra, filha e enteada no mesmo mês. O fato ocorreu na cidade de Santo Antônio das Missões/RS. Por Fernando da Silva Sogra, mãe e enteada ficam grávidas Caso aconteceu em Santo Antônio das Missões, cidade do interior do Rio Grande do Sul onde homem de 37 anos engravidou a namorada de 32 anos sua enteada de 18 anos e a sogra de 56 anos.

Homem engravida sogra, filha e enteada no Rio Grande do Sul?

Vídeo: É falso que vacina da gripe tenha "vírus do câncer"

O print em questão não demorou a se espalhar na internet e a deixar muito gente indignada com o sujeito. Porém, a história que aponta para a tal “ação” do homem é falsa.

Ao vermos a história circulando por meio de um print em redes sociais, já ficamos mais do que desconfiados da veracidade da informação. Isso porque fake news que circulam em prints de grandes portais são comuns na internet.

Nos últimos dias, por exemplo, desmentimos prints falsos que falavam de vagas obrigatórias em estacionamentos para pessoas LGBTQIA+, que apontavam para a criação de um batalhão LGBTQIA+ no Exército e, ainda, que Lulinha foi preso no Paraguai.

Em todos os casos, o que foi feito foi o seguinte: alguém entrou em uma página qualquer do g1, abriu o código-fonte da página, alterou os dados dela e, no final, deu o print com o teor falso.

A história hoje não é diferente. Ao ler o texto em questão, que, além de ter erros de português, não tem muita coerência, ficamos desconfiados. Ao buscar pelo assunto, nada encontramos no g1 e nem em qualquer fonte confiável.

E, para terminar, ao buscar pela imagem, descobrimos que ela, na realidade, é de outra matéria do g1. A matéria real, de 2019, fala de três irmãs que ficaram grávidas na mesma época (obviamente, não do mesmo pai).

Resumindo: é falsa a informação que aponta que um homem engravidou a sogra, a namorada e a enteada em uma semana no Rio Grande do Sul. A notícia é falsa e é fruto de uma alteração de link no portal g1.

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook e WhatsApp no telefone (61) 99458-8494.

 – Siga-nos no Facebook http://bit.ly/2OU3Zwz
 – Siga-nos no Twitter http://bit.ly/2OT6bEK
 – Siga-nos no Youtube http://bit.ly/2AHn9ke
 – Siga-nos no Instagram http://bit.ly/2syHnYU
 – Grupo no WhatsApp https://bit.ly/40erlBS
 – Lista no Telegram https://bit.ly/2VSlZwK
 – Siga-nos no TikTok https://bit.ly/3yPELWj
 – Siga-nos no Kwai https://bit.ly/3cUbEso
Marcações: