Cacique Raoni roubou US$ 10 mi de Anita Roddick (dona da Body Shop) com a ONG Cobra Coral #boato

Boato – Livro de Anita Roddick, dona da The Body Shop, afirma que ONG Cobra Coral, do cacique Raoni, recebeu US$ 10 milhões da empresária e gastou tudo. 

O discurso do presidente Jair Bolsonaro na abertura da Assembleia Geral das Nações Unidas (ONU) provocou uma enxurrada de comentários e movimentou o debate em torno da pauta ambiental, que está longe de chegar ao fim. No meio da discussão, vira e mexe alguém é protagonista de boatos sobre o assunto.

O último deles aponta para uma história envolvendo o cacique Raoni Metuktire e a dona da rede de cosméticos The Body Shop, Anita Roddick. Segundo o texto que circula online, o líder indígena enganou e roubou US$ 10 milhões da The Body Shop, por meio da ONG Cobra Coral, que é comandada pelo cacique. A mensagem afirma ainda que a empresária denunciou o “esquema” em seu livro. Leia o que diz a mensagem:

Uma fabula chamada Raoni… Anita Roddick é o nome de uma dona de casa inglesa que começou a fabricar cosméticos e perfumaria com ingredientes naturais e se transformou em um gigante da indústria de cosméticos com mais de 5 400 lojas em todo mundo THE BODY SHOP. Essa mulher notável e muito adiante do seu tempo como defensora do meio ambiente teve uma desoladora experiência (como ela mesmo descreve em seu livro) no Brasil.

Eram os anos 80 e seu amigo o cantor Sting a convenceu a visitar o Brasil e a Amazônia de onde saía boa parte da matéria prima utilizada nos produtos da Body Shop. Ao conhecer a Amazônia e as comunidades indígenas ela também foi apresentada pelo Sting ao Cacique Raoni da tribo yannomani de quem o cantor havia recebido uma Cobra Sucuri de presente e que usava pendurada no pescoço em seus shows. Encantada com toda aquela natureza e após tomar banho pelada no rio Negro em companhia das indias (imagina isso na cabeça de uma inglesa) ela determinou que a sua empresa realizasse doações de 10 milhões de dólares através da ONG Cobra Coral para comprar remédios e instalar ambulatorios e escolas nas comunidades indígenas. Isso feito após passados alguns meses ela recebeu a solicitação da compra de um segundo avião ambulância no valor de seis milhões de dólares. Achou o pedido estranho e pediu para sua autditoria verificar a necessidade da aquisição.

Que SURPRESA! A tal da Fundação Cobra Coral do cacique larapiio descobriu que não existia mais um centavo das doações e que o primeiro avião comprado estava apreendido por contrabando e que os índios pilantras estavam todos andando de F1000 e compraram máquinas para garimpo e extração de madeira ilegal das suas reservas chefiados pelo Cacique Bandido Raoni. Para encurtar a história Essa mulher que faleceu em 2017 determinou que a Body Shop jamais abrisse uma loja no Brasil por conta da maior decepção da sua vida (O nome é Raoni). Após o seu falecimento o The Body Shop foi vendido para Natura que então abriu a primeira loja da marca no Brasil. Se duvidarem é só ler o livro da Anita Roddick. Está tudo lá! Uma Vergonha!!!!

Cacique Raoni tirou US$ 10 milhões de Anita Roddick (dona da Body Shop) com a ONG Cobra Coral?

Reza a lenda que, se está na internet, é verdade. Nem sempre (acredite nisso!). Isso porque a história de que Anita Roddick foi enganada e roubada pelo Cacique Raoni não passa de #boato. É se você ainda não entendeu o porquê, a gente te explica.

Vamos começar por uma contextualização sobre quem é Anita Roddick. Fundadora da The Body Shop, uma das maiores redes de cosméticos do mundo, e ativista da causa ambiental e das mulheres, a empresária britânica fez sucesso com sua atuação visionária no mundo dos negócios.

Dito isso, vamos à análise. Para começar, o texto segue o mesmo enredo de boatos online. É alarmista, não cita fontes confiáveis (apesar de indicar o livro da empresária como fonte, não diz de qual livro teria saído a informação) e possui erros de português. Sem contar que a história segue a linha de boatos desmentidos nos últimos dias: histórias envolvendo políticos e famosos que entraram na defesa do meio ambiente e criticaram o atual governo. A ativista Grega Thunberg, o presidente Emmanuel Macron e o próprio cacique Raoni Metuktire já protagonizaram história parecidas.

Pois bem, ao buscar mais informações sobre a relação entre Anita Roddick e o cacique Raoni, nada encontramos. Em nossas buscas, identificamos doze livros publicados pela empresária entre os anos de 1991 e 2005 e, por incrível que pareça, nenhum deles menciona o encontro entre os dois. Também não há nenhuma menção ao cacique em sua biografia.

Apesar do texto não mencionar em qual livro a empresária revela a “doação”, a imagem é da capa do livro “Meu Jeito de Fazer Negócios”. Nele, também não há nenhuma menção ao cacique Raoni. Agora, como é possível que uma denúncia tão grave e que envolve milhões de dólares ficaria tanto tempo “escondida” em um livro?

Outros detalhes também chamaram nossa atenção. O texto afirma que a Body Shop tem “mais de 5.400 lojas”. Porém, a rede possui cerca de 3 mil lojas em todo mundo. Além disso, não há qualquer dado que aponta que Anita Roddick tenha se decepcionado com o Brasil. Tanto é que a primeira filial brasileira foi inaugurada em 2014, três anos antes da Natura concluir a compra da rede de cosméticos.

No livro “Esverdeando a Amazônia”, de Anthony Anderson e Jason Clay, publicado em 2002, há relatos sobre a parceria entre a empresária e os indígenas Kayapós. Em 1989, Anita e seu marido, Gordon Roddick, desenvolveram alternativas econômicas e sustentáveis para atender a população indígena. Até aí, nada de cacique Raoni. A propósito, vale dizer que o investimento inicial da Body Shop não chegou nem perto dos US$ 10 milhões citado na mensagem.

Por fim, o cacique Raoni nunca teve e tampouco existiu alguma fundação com o nome Cobra Coral na Amazônia. Há alguns dias, a equipe do Boatos.org desmentiu uma história que apontava que Raoni morava na França e era dono de uma ONG em Paris. Pois bem, o líder indígena continua morando na aldeia Xingu (e não Kayapó) e é presidente de honra de algumas organizações não-governamentais, como a brasileira Floresta Protegida e a francesa Forêt Vierge, mas não é dono de nenhuma fundação. Vale dizer que o e-Farsas (site que desmente boatos na internet) também desmentiu a informação.

Resumindo: o cacique Raoni Mekiture não tirou US$ 10 milhões de Anita Roddick (dona da Body Shop) com a ONG Cobra Coral. Não há nenhuma prova da relação entre o cacique a empresária Anita Roddick. Ou seja, #boato.

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook e WhatsApp no telefone (61) 99177-9164. 

Compartilhe este artigo:
error: Em vez de copiar o nosso conteúdo, compartilhe no Facebook :)