Grupo de WhatsApp Interschools pertence ao Estado Islâmico (ISIS) #boato

Boato – Grupo de WhatsApp Interschools pertence aos bandidos do Estado Islâmico (ISIS) e se você entrar, não poderá sair.

Se tem um tipo de boato que repete e modifica-se sempre são os sobre terroristas. Esse assunto, vira e mexe, causa rebuliço nas redes sociais. A prova disso está na quantidade de histórias sobre muçulmanos, terroristas e Estado Islâmico que circulam por aí.

Só em 2017, o Boatos.org já desmentiu histórias sobre a chegada de muçulmanos do Estado Islâmico em Trindade, aliança de Temer com terroristas, atentado terrorista em Goiás, terroristas muçulmanos são presos com explosivos em Jataí e muitas outras.

Dessa vez, a história alerta para um grupo de WhatsApp do Estado Islâmico. A mensagem aponta que existe um grupo de WhatsApp chamado Interschools e que “pertence ao Daesh (ISIS – Bandidos do Estado Islâmico”. O texto aponta ainda que se você entrar no grupo, não poderá sair. Leia o que diz a mensagem:

Grupo de WhatsApp “Interschools” pertence aos bandidos do Estado Islâmico, diz boato
Grupo de WhatsApp “Interschools” pertence aos bandidos do Estado Islâmico, diz boato

Se você entrar no grupo de WhatsApp Interschools, do Estado Islâmico (ISIS), não poderá sair?

A mensagem deixou muita gente preocupada. Mas só um detalhe: a mensagem é falsa e não passa de uma balela carregada alarmismo e falta de informação. Sem muitos rodeios, vamos aos fatos.

Antes de esclarecer tudo precisamos relembrar que essa história de “se você entrar, não pode mais sair” ficou famosa no mundo da boataria graças à onda de boatos sobre o jogo Baleia Azul. Mais do que isso, essa história não passa de uma tática das mentes brilhantes da internet para coagir inocentes.

Dito isso, saiba que o ISIS não age em grupos de WhatsApp. Inclusive, muitas reportagens apontam que o grupo extremista utiliza formas mais seguras para se comunicar como, por exemplo, em uma rede social própria. E mais: o Estado Islâmico está “quase” acabado e dificilmente teria forças para vir até o Brasil “atrás de você”.

Além disso, a história também circulou em outros países e já foi desmentida por outros sites. Nessa versão em inglês, o texto aponta que “não existe a possibilidade de um grupo do ISIS no WhatsApp” e que “não há um mecanismo capaz de impedir que você saia do grupo”.

Sendo assim, podemos afirmar que o grupo do WhatsApp Interschools não é do Estado Islâmico. Ou seja, tudo não passa de mais uma balela sobre terroristas que circulou pela internet.

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook e WhatsApp no telefone (61) 994325485.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Em vez de copiar o nosso conteúdo, compartilhe no Facebook :)