Terroristas muçulmanos com explosivos são presos em Jataí (GO) #boato

Boato – A polícia prendeu um grupo de terroristas muçulmanos no Brasil. Eles queriam explodir a catedral de Jataí (GO). Fotos denunciam o caso.

Alguns boatos que circulam na internet conseguem denunciar o pior de muitas pessoas. Um dos sentimentos que mais aparecem em virais falsos é o preconceito. Volta e meia, uma notícia falsa acaba sendo fomentada pelo pela rotulação de gênero, raça ou cor. Esse é o caso da história de hoje.

Terroristas muçulmanos foram presos com explosivos em Jataí, diz boato
Terroristas muçulmanos foram presos com explosivos em Jataí, diz boato

Na quarta semana de janeiro de 2017, uma série de fotos começaram a circular na internet. Elas mostram o que seria uma ação da polícia para prender terroristas muçulmanos em Jataí (GO). De acordo com as notícias que acompanhavam as imagens (publicadas em blogs e redes sociais), o intuito deles seria explodir a catedral de Jataí. Leia:

Polícia prende terroristas em Jataí

Na manhã desse domingo equipes da Polícia Militar (PM) foram acionadas via copom para atender uma ocorrência na rodoviária de Jataí, onde terroristas desembarcaram na cidade com o intuito de explodir a catedral de Jataí. As equipes fizeram o cerco para abordarem os mesmos onde foi constatada a veracidade. Os mesmos se encontram recolhidos na Polícia Federal (PF) de Jataí.

Polícia prendeu terroristas muçulmanos com explosivos em Jataí (GO)?

É claro que a história se tornou um viral nas redes sociais, principalmente em pessoas simpáticas a grupos religiosos cristãos. Mas será mesmo que terroristas foram presos com explosivos no interior de Goiás? A resposta é não. Vamos aos fatos.

O primeiro ponto que denuncia a história está na própria falta de divulgação nos meios tradicionais da mídia. Nenhum portal de notícias sério deu a informação. Vamos convir que a história seria digna de primeiro bloco de Jornal Nacional se fosse verdadeira. Isso já deixa a gente com uma pulga atrás da orelha.

Nos sites da Polícia Militar de Goiás e da Polícia Federal também não consta nada sobre o assunto, o que nos leva a acreditar ainda mais que a história é uma balela.

Uma das imagens nos fez bater o martelo. Ela mostra a fonte como a página do Facebook Rota Policial. A página publica notícias policiais na região de Jataí. Vasculhando a página, chegamos à origem das fotos. Ao responder a pergunta de um internauta sobre o assunto, os administradores se pronunciaram da seguinte maneira:

Essa notícia não procede, foi uma pessoa maldosa que inventou este texto é usou o nome do Rota Polícial, no intuito de denigrir a imagem do grupo e dá página. Na verdade o que ocorreu foi que umas pessoas de outro país com vestes e religião diferente desembarcaram na rodoviária de jatai. Onde uma denuncia anônima informava a polícia que havia drogas nas bagagens, a PM foi até a rodoviária e não encontrou nada nas bagagens, pessoas que estavam na rodoviária tirou várias fotos, fotos estas que pessoa de má índole usou para inventar essa falsa notícia que deixou os jataienses assustados. Uma noticia como essa se fosse verdadeira estaria falando em redes nacionais e não sendo repassada com erros grosseiros como está está falsa matéria.

Resumindo: acho que já dá para bater o martelo e apontar que a história é falsa. Não, não existem terroristas muçulmanos querendo explodir a Catedral de Jataí. Tudo não passa de mais um boato fomentado pelo preconceito que circula por aí.

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de Leno Dias e diversos leitores via WhatsApp. Se você quiser sugerir um tem ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook ou WhatsApp no telefone (61) 99331-6821.

Edgard Matsuki

Jornalista e caçador de falcatruas na internet

error: Em vez de copiar o nosso conteúdo, compartilhe no Facebook :)