Pular para o conteúdo
Você está em: Página Inicial > Tecnologia > Vídeo que mostra explosão após acidente não é de carro elétrico

Vídeo que mostra explosão após acidente não é de carro elétrico

Vídeo mostra explosão após acidente com carro elétrico, diz boato (Foto: Reprodução/Twitter)

Boato – Vídeo mostra que carro elétrico explode várias vezes após colisão, por causa da bateria de íon de lítio. 

  Introdução

Nos últimos anos, o boom na produção e na compra de carros elétricos mostra que o mundo está se adaptando a um problema antigo: a poluição causada por veículos movidos à gasolina e diesel. Nos EUA, é possível ver diversos carros da empresa Tesla circulando comumente por várias cidades. A empresa é responsável pela criação de veículos com uso de energia limpa.

Mas nem tudo são flores. Ao longo dos anos, muitos carros da Tesla e de outras empresas já sofreram com problemas graves, como incêndios. E de acordo com uma história que está sendo compartilhada nas redes sociais, motoristas de carros elétricos deveriam tomar cuidado com acidentes. Segundo um vídeo que circula na internet, colisões com carros elétricos poderiam provocar diversas explosões, uma vez que as bateria de íon de lítio vão explodindo aos poucos, conforme as chamas vão atingindo cada compartimento. A história também aponta que incêndios envolvendo baterias de íon de lítio são do tipo Classe D e exigem um extintor especializado. Confira:

Versão 1: “Isso é o que acontece quando carros elétricos colidem. Há várias explosões à medida que as baterias de íon de lítio para serviço pesado explodem em cada compartimento. Um incêndio de lítio é um incêndio de Classe D que requer um extintor de incêndio especializado”. Versão 2: “Isso é o que acontece quando carros elétricos colidem. Há várias explosões à medida que as baterias de íon de lítio explodem em cada compartimento”.

Vídeo: é falso que Lojas Francesas (Americanas) tenha jogado livros de Felipe Neto no lixo

Versão 3: “Isso é o que acontece quando carros elétricos colidem.  Há várias explosões à medida que as baterias de íon de lítio para serviço pesado explodem em cada compartimento.  Um incêndio de lítio é um incêndio de Classe D que requer um extintor de incêndio especializado.  Extintores regulares destinados a incêndios de Classe A, B e C (como água, espuma, pó químico seco, dióxido de carbono e agente limpo) não podem e não devem ser usados em incêndios de Classe D, pois irão piorar o incêndio em vez de apagá-lo, e  eles podem até ferir fatalmente o usuário.  Os vapores dos incêndios de lítio são tóxicos”.

  Análise

A história viralizou rapidamente nas redes sociais por suas imagens impressionantes. Observamos a história circular, principalmente, no Twitter e em grupos do WhatsApp. Ao analisar os textos que acompanham as publicações, notamos que eles apresentam algumas características de fake news na internet, como o caráter vago, alarmista, a falta de fontes confiáveis e a ausência de notícias sobre o assunto.

Além disso, esse tipo de história, com descrições erradas, não é novidade. A equipe do Boatos.org já desmentiu inúmeras delas aqui, aqui e aqui.

Com isso, algumas perguntas estão pairando no ar: 1) O acidente é de um carro elétrico? 2) Isso pode acontecer com um carro elétrico? 3) As informações sobre extintores de bateria de lítio e fumaça tóxica são reais?

Checagem

1) O acidente é de um carro elétrico?

Não! Na realidade, o vídeo mostra um acidente envolvendo um caminhão que transportava cilindros de gás pressurizado em alta pressão. O acidente ocorreu em 2013 em uma rodovia em Moscou, na Rússia. Na oportunidade, um caminhão transportava 119 botijões de gás (com gás propano) e colidiu contra um ônibus. Esse tipo de gás é utilizado, principalmente, em botijões de gás e como combustível para carros à gás. Quando o cilindro se rompe, o gás pressurizado é liberado com grande energia, causando uma explosão violenta. Como o gás propano é inflamável, em contato com o fogo, ele explode e pega fogo.

Se isso não bastasse, as mesmas imagens já foram utilizadas em outra fake news. Em julho de 2023, a mesma história sobre carros elétricos começou a ser compartilhada em páginas de língua inglesa, mas acabou desmentida. Segundo o serviço de checagem Factly (da Índia), todas as pessoas envolvidas no acidente sobreviveram. Além disso, a página chama a atenção para o fato de que carros elétricos só começaram a ser introduzidos em Moscou, em 2018. O que tornaria impossível o veículo mostrado nas imagens ser elétrico.

2) Isso pode ocorrer com um carro elétrico

Pode, mas as chances são baixíssimas. De acordo com a seguradora de automóveis AutoinsuranceEZ, as chances de um carro elétrico pegar fogo é de 0,03%. Enquanto isso, as chances de um carro de combustão interna passar pelo mesmo problema é de 1,5%. Já os carros híbridos podem ser os mais afetados, com 3,4% de chances de incêndio. Nos últimos anos, alguns casos de incêndio envolvendo carros elétricos foram registrados. Mas boa parte deles apresentava um problema de fabricação. Por conta disso, diversas marcas anunciaram recalls para a troca de baterias.

3) As informações sobre extintores de bateria de lítio e fumaça tóxica são reais?

Não é bem assim! Existe um supressor específico para conter incêndios envolvendo baterias de lítio. Porém, não é de classe D. Os extintores de classe D, a base de cloreto de sódio, são destinados para apagar incêndios envolvendo metais pirofóricos (aqueles que são propensos ao início de uma combustão, quando são fundidos em contato com a água). Os extintores de classe D não são indicados para incêndios envolvendo lítio, uma vez que podem agravar a situação.

Os incêndios envolvendo lítio podem ser apagados com água comum. Entretanto, é necessário uma enorme quantidade de água para conter o fogo. De acordo com o site de fact-checking Politi Fact, em 2021, as autoridades apagaram um incêndio envolvendo um carro elétrico da marca Tesla com água.

Por fim, a informação que aponta que a fumaça de um incêndio envolvendo lítio é tóxica é verdadeira. O lítio é tóxico em todas as suas formas e pode causar problemas de saúde graves, como insuficiência renal, distúrbios digestivos, inflamações no pulmão e insuficiência cardíaca. Portanto, se presenciar algum acidente envolvendo baterias de lítio, fique longe (assim como de qualquer outro tipo de fumaça).

Conclusão

Fake news ❌

A história que diz que um acidente envolvendo um carro elétrico pode causar diversas explosões é falsa! As imagens usadas na história, na verdade, são de 2013 e foram gravadas na Rússia. Na oportunidade, um caminhão transportando 119 botijões de gás colidiu contra um ônibus. Ninguém se feriu. Porém, as explosões foram causadas pelo fogo em contato com o gás propano. Além disso, se você se deparar com um acidente envolvendo baterias de lítio, existe um supressor próprio para esse fim (chamado F-500), mas o fogo também pode ser apagado com água. Por fim, fique longe de incêndios envolvendo lítio, uma vez que a substância é tóxica em todas as suas formas. Aliás, fique longe, se possível, se qualquer tipo de incêndio.

Ps: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo siteFacebook e WhatsApp no telefone (61) 99458-8494.

 – Siga-nos no Facebook http://bit.ly/2OU3Zwz
 – Siga-nos no Twitter http://bit.ly/2OT6bEK
 – Siga-nos no Youtube https://bit.ly/3vZsrnd
 – Siga-nos no Instagram http://bit.ly/2syHnYU
 – Grupo no WhatsApp https://bit.ly/3ounmCN
 – Lista no Telegram https://bit.ly/2VSlZwK
 – Siga-nos no TikTok https://bit.ly/3yPELWj
 – Siga-nos no Kwai http://bit.ly/3zGePPm