Apresentadora corajosa da TV Al Jazeera critica muçulmanos em vídeo #boato

Boato – Vídeo mostra uma série de críticas feitas por uma apresentadora muçulmana da TV Al Jazeera aos “muçulmanos radicais”.

Em meio ao conflitos do Oriente Médio, a discussão sobre religião ganhou muita força no mundo. Em uma situação como essa, muita gente acaba se utilizando de diversas ferramentas para ganhar um embate de palavras. Nos últimos dias, vimos que muita gente acabou se utilizando de um vídeo atribuído a “uma apresentadora corajosa da TV Al Jazeera”.

No vídeo em questão, a mulher, descrita como Wafa Sultan, faz críticas severas a alguns muçulmanos classificados como radicais. Ela diz, entre outras coisas, que os conflitos da atualidade “não são religiosos”. Eles seriam “um confronto de eras” entre “barbárie e racionalidade”. No vídeo, também é dito que outras religiões (judeus, budistas ou cristãos) não agem espalhando o terror como muçulmanos.

Na mensagem que acompanha o vídeo, é destacado que a “apresentadora muçulmana da Al Jazeera” seria muito corajosa. Leia duas versões da mensagem que circulam online e assista ao vídeo:

Versão 1: APRESENTADORA MUÇULMANA CORAJOSA DA TV “AL- JAZEERA” Essa além de uma capacidade de análise inteligente e lúcida…também tem culhões! Versão 2: APRESENTADORA MUÇULMANA (WAFA SULTAN) DA TV “AL- JAZEERA” – Fala com coragem e inteligência, julgando o muçulmano radical, vingativo e terrorista que continua vivendo na Idade Média e culpando o mundo pelos problemas que ele próprio criou inclusive para seu próprio povo.

Apresentadora corajosa da TV Al Jazeera criticou muçulmanos em vídeo?

O que não faltou foi gente “aplaudindo” a tal fala (que, de fato, é real). Mas será mesmo que a pessoa que gravou o vídeo é mesmo uma “apresentadora da TV Al Jazeera”? A resposta é não. Calma aí que a gente explica tudo para vocês.

Na realidade, quase tudo que está contido na mensagem é real. De fato, a mulher do vídeo se chama Wafa Sultan. Também é verdade que na filmagem em questão, veiculada pela TV Al Jazeera do Catar em 2006, ela critica o que chama de islamismo radical (e aí não vamos entrar no mérito se concordamos ou não com as palavras dela), mas ela não é uma “apresentadora da TV Al Jazeera”.

Ao buscar pela biografia de Wafa Sultan, descobrimos que ela é um psiquiatra sírio-americana (ela nasceu na Síria, mas se radicou nos Estados Unidos) conhecida como “neoconservadora” e considerada uma ferrenha crítica ao Islamismo radical.

Como dito antes, a entrevista em questão ocorreu em um debate de 2006. De Los Angeles, ela debateu com o apresentador Faisal Al-Qassem e com convidados. Já na época, o trecho em questão foi cortado e publicado no YouTube. De acordo com o The New York Times, o vídeo foi um dos mais vistos da plataforma na época.

Resumindo: apesar de o vídeo ser real, ele está circulando com uma descrição errada no Brasil. A pessoa do vídeo é, na realidade, uma psiquiatra que mora nos Estados Unidos e não a apresentadora da TV Al Jazeera. Ou seja: é só mais uma informação errada sobre o assunto Oriente Médio que está circulando por aí.

P.S.: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook e WhatsApp no telefone (61)99177-9164.

Clique nos links “bit.ly” para acessar nossos perfis:

 – Siga-nos no Facebook http://bit.ly/2OU3Zwz
 – Siga-nos no Twitter http://bit.ly/2OT6bEK
 – Siga-nos no Youtube http://bit.ly/2AHn9ke
 – Siga-nos no Instagram http://bit.ly/2syHnYU
 – Grupo no WhatsApp http://bit.ly/39Tje3u

Edgard Matsuki

Jornalista e caçador de falcatruas na internet