Pesquisa presidencial do 2º turno do Ibope e Datafolha está disponível no WhatsApp #boato

Boato – Você foi selecionado para responder uma pesquisa (enquete) eleitoral do 2º turno das eleições. Responda no site do Ibope e Datafolha após compartilhar link no WhatsApp.

Depois da “ressaca” do primeiro turno, candidatos já começam a se preparar para o segundo turno do pleito. Aliás, não são só apenas eles que estão antenados com a próxima parte das eleições. Os golpistas também já estão “espertos” (como sempre) com o segundo turno.

Começaram a circular no WhatsApp mensagens que “convidam” os usuários do app a responderem uma pesquisa eleitoral. Em uma das versões que vimos, a mensagem fala que é uma “enquete eleitoral do 2º turno”. Em outra, há informação de que é o Ibope que está promovendo a pesquisa pelo zapzap. Em uma terceira, o nome utilizado é o do instituto Datafolha. Os sites apresentados são pesquisaeleitoral2018.info, votos.informeaqui.com e pesquisaibope.site. Leia:

Versão 1: Enquete ONLINE para presidência Bolsonaro e Haddad decidirão a eleição no 2º turno, Vote no melhor presidente. Acesse [site]. Versão 2: 2º Turno: você foi selecionado para participar da pesquisa presidencial de 2ºturno do Ibope, responda no link a seguir: [site]. Versão 3: Oi, o Datafolha lançou a nova pesquisa eleitoral de 2º turno para presidente, eu ja votei em quem prefiro que ganhe. *Faça sua parte aqui:* Sua opinião é importante para o Brasil!

Pesquisa presidencial do 2º turno Ibope está disponível em site no WhatsApp?

Mesmo com o Boatos.org sempre alertando que não devemos clicar nestes links e compartilhar essa informação, a mensagem se espalhou com força no WhatsApp. Não vamos nem fazer a nossa clássica pergunta retórica (será que é?). Está na cara que a informação não procede.

Só nestas eleições, tivemos que, por duas vezes, tratar deste tipo de tentativa de golpe que usa pesquisa eleitoral como pretexto. Já falamos de um golpe que falava em pesquisa Ibope e outro que falava da pesquisa Datafolha. Como a explicação é a mesma, vamos relembrar os porquês da balela.

Desmentido Ibope: Ao bater o olho na mensagem e no site, já percebemos que se trata de uma pesquisa falsa e um golpe. Além de a pesquisa seguir aquele velho roteiro dos golpes de Phishing do WhatsApp (confirmado neste link do site Vírus Total pelo serviço Kaspersky), o “site do Ibope” não só não é oficial como também é muito mal feito. O logotipo “vem pra urna” é do TSE e não tem nada a ver com o instituto de pesquisa.

Para terminar de “enterrar” o boato, o próprio instituto veio a público desmentir a informação. Em seu site oficial, o Ibope apontou que não faz pesquisa por WhatsApp ou celular e que o que está circulando na internet é uma enquete. Leia trechos:

O IBOPE Inteligência tomou conhecimento de que mensagens de celular estão sendo disseminadas com um suposto convite para responder uma pesquisa eleitoral para presidente. Esclarecemos que não registramos e tampouco estamos realizando pesquisa de intenção de voto para divulgação pela internet ou muito menos selecionando entrevistados por mensagem de celular.

O que está circulando é uma enquete e não uma pesquisa. Em muitas ocasiões, como agora, as pessoas se referem às pesquisas como sendo enquetes. Entretanto, a diferença entre os dois significados está no rigor científico da execução das mesmas. […]

Aproveitamos essa oportunidade para informar que em ano eleitoral a realização de enquetes e sondagens sobre as eleições está proibida desde o dia 20 de julho pelo TSE. De acordo com a Resolução TSE nº 23.549/2017, esse tipo de levantamento deve ser punido com o pagamento de multa prevista no parágrafo 3º do artigo 33 da Lei nº 9.504/97 (Lei das Eleições). Portanto, é falso qualquer convite ou divulgação de resultado de pesquisa realizada pela internet ou celular atribuída ao IBOPE Inteligência.

Desmentido Datafolha: O ponto inicial, mais preponderante e que você deveria sempre se atentar está no caráter da mensagem que circula online. A tal história da pesquisa eleitoral via WhatsApp segue aquele velho roteiro dos golpes no aplicativo. 1) Uma mensagem aparece com um link. 2) Você tem que clicar no link. 3) No site você responde a algumas perguntas e depois é instado a compartilhar o conteúdo. 4) No final, nada acontece.

Segundo ponto: a lógica. Quando desmentimos a história falsa que falava da pesquisa Ibope publicamos um desmentido do próprio instituto explicando que não se faz “pesquisa no WhatsApp”. Isso porque uma pesquisa eleitoral segue uma metodologia no qual o entrevistador seleciona quem são as pessoas quem podem responde-la (isso acontece para que a pesquisa represente, de fato, a população brasileira). Opções do tipo “clique e responda” se encaixariam na categoria de “enquete” e não tem rigor científico.

Mais um detalhe: para uma pesquisa ser realizada durante as eleições, seria preciso existir um registro no TSE. Até achamos uma pesquisa Datafolha registrada. Porém, não há nada sobre questões enviadas via WhatsApp. Olha a metodologia descrita pelo instituto na pesquisa registrada em 22/09:

Universo: Eleitorado brasileiro, com 16 anos ou mais. Tamanho da amostra: A amostra prevista é de 9.072 entrevistas. Técnica de amostragem: A amostra é estratificada por região geográfica e natureza dos municípios (capital, região metropolitana ou interior). Em cada estrato, num primeiro estágio, são sorteados os municípios que farão parte do levantamento. Num segundo estágio, são sorteados os bairros e pontos de abordagem onde serão aplicadas as entrevistas. Por fim, os entrevistados são selecionados aleatoriamente para responder ao questionário, de acordo com cotas de sexo e faixa etária. Nesta amostra, os tamanhos dos estratos foram desproporcionalizados para permitir detalhamento das seguintes unidade da federação e suas capitais: SP, RJ, MG, PE, além do DF. Nos resultados finais, as corretas proporções serão restabelecidas através de ponderação.

Só para ter certeza, resolvemos buscar informações sobre a tal pesquisa no WhatsApp no site oficial do instituto. Como é possível de se imaginar, nada encontramos a respeito dela. Vale dizer, ainda, que a página apresentada no WhatsApp (que não tem nada a ver com o Datafolha) é de um site já usado em outros golpes no aplicativo e não tem nada a ver com a página oficial do instituto.

Resumindo: como imaginávamos, a história que aponta que o Ibope e o Datafolha estão fazendo uma pesquisa ou enquete sobre o segundo turno das eleições é falsa. É mais uma tentativa de phishing que circula na internet.

PS: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema para o Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, no Facebook e WhatsApp no telefone (61) 991779164.

Compartilhe este artigo:

Edgard Matsuki

Jornalista e caçador de falcatruas na internet

Um comentário em “Pesquisa presidencial do 2º turno do Ibope e Datafolha está disponível no WhatsApp #boato

  • 10/10/2018 em 17:41
    Permalink

    Mas independente do Data folha ou Ibope, para uma enquete sobre a preferência nacional, quando se trata de dois candidatos à presidência da república.

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

error: Em vez de copiar o nosso conteúdo, compartilhe no Facebook :)