Compartilhe a mensagem de Teresa Fidalgo com 20 amigos senão você vai morrer em 20 dias #boato

Boato – Se você não compartilhar a mensagem de Teresa Fidalgo com 20 amigos, ela vai dormir ao seu lado e você vai morrer em 20 dias.

Quem nunca recebeu uma corrente de WhatsApp, que atire a primeira pedra. Você pode até não ter compartilhado, mas é quase impossível nunca ter recebido uma mensagem daquele tiozão do “zap zap”. São várias opções para ninguém colocar defeito, algumas prometem brindes, outras novas funções no aplicativo. Na história de hoje, o compartilhamento vale nada mais do que sua vida.

Isso mesmo! A corrente que fez sucesso no WhatsApp pede o compartilhamento da mensagem de Teresa Fidalgo com 20 amigos. A mensagem afirma que Teresa Fidalgo morreu aos 27 anos e que, se você não compartilhar a corrente, a morta dormirá ao seu lado por toda a sua vida. O texto diz ainda que uma garota ignorou a mensagem de Teresa e morreu 20 dias depois. Leia o que diz a mensagem:

Oi desculpa por enviar isso para você , mas agora você não pode parar de ler isso . Meu nome é Teresa Fidalgo e morrir aos 27anos . Se você não enviar para 20 pessoas , eu vou dormir ao seu lado por toda a sua vida. Se você não acredita em mim pesquise no Google como Tereza Fidalgo . Então envie isso para 20 pessoas . Uma garota que ignorou isso morreu 20 dias depois . Por favor não envie de volta . Desculpa por enviar isso para vc mais não é mentira

Compartilhe a mensagem de Teresa Fidalgo com 20 amigos senão você vai morrer em 20 dias?

A corrente fez muita gente bombardear a lista de contatos e grupos do WhatsApp com a mensagem. Afinal, só compartilhar não faz mal, né? Faz, sim! Mas isso não quer dizer que você vai morrer em 20 dias, na verdade, você vai ganhar fama de chato e boateiro porque a mensagem não passa de #boato.

Ao bater o olho na mensagem, dois detalhes chamam atenção. O primeiro está nas características do texto, que é vago, alarmista, sem datas e fontes confiáveis e possui pedidos de compartilhamento. Aliás, pedido não, o compartilhamento é quase um pré-requisito para se manter vivo.

A propósito, nós, do Boatos.org, já ensinamos como identificar as principais características de textos falsos na internet. Assista no vídeo:

O segundo detalhe está na semelhança com outras histórias que já passaram pelas páginas do Boatos.org, que são completamente sem lógica. É o caso da história da Clarissa, da menina de 15 anos que excluiu a mensagem de Jesus e da foto de Jesus divulgada no Fantástico.

Assim como nos casos das meninas e da imagem de Jesus que, por sinal, nunca apareceu no Fantástico, a história da assombração da Teresa Fidalgo não existe. Ao buscarmos por Teresa Fidalgo, descobrimos que a história não passa de um boato antigo.

Pois bem, o boato surgiu a partir de um vídeo compartilhado no Youtube com cenas do curta-metragem “A Curva”. O curta-metragem, produzido pelo cineasta português David Rebordão em 2003, acabou ganhando vida na internet e fez sucesso em diversos sites e blogs espanhóis. Depois, acabou ganhando novas versões no Brasil, como é o caso da corrente de hoje. Inclusive, na época, o cineasta gravou um vídeo explicando que Teresa Fidalgo não passava de uma personagem. Confira:

Resumindo: Se você não compartilhar a mensagem da Teresa Fidalgo com 20 amigos, você não vai morrer em 20 dias. Isso porque a Teresa só existe nas telas do curta-metragem “A Curva”. Mas, se você compartilhar essa mensagem com 20 amigos, vai evitar que uma porrada de gente compartilhe boatos por aí.

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook e WhatsApp no telefone (61)99177-9164.

 – Siga-nos no Facebook http://bit.ly/2OU3Zwz
 – Siga-nos no Twitter http://bit.ly/2OT6bEK
 – Siga-nos no Youtube http://bit.ly/2AHn9ke
 – Siga-nos no Instagram http://bit.ly/2syHnYU
 – Grupo no WhatsApp http://bit.ly/2H2c3Iu
 – Lista no Telegram https://bit.ly/2VSlZwK