Menino queimado vai ganhar R$1 por foto repassada no WhatsApp #boato

Boato – Menino que teve o corpo queimado vai receber R$1 do WhatsApp por cada vez que a mensagem com foto do acidente for repassada no App.

Infelizmente, nem sempre a “boa vontade” das pessoas gera bons resultados. A prova disso está em um tipo de boato que sempre circula na internet: o do pedido de compartilhamento de fotos de crianças doentes para que elas recebam doação do WhatsApp.

A última imagem que circula online é de um menino com o corpo queimado. A imagem mostra o menino antes e depois do acidente e aponta que ele receberá R$ 1 por cada vez que ela for compartilhada. Também é dito que ele precisa fazer uma cirurgia que custa R$ 18 mil. Leia a mensagem que circula online:

A cirurgía custa R$ 18.000,00. Deve ser feita o quanto antes. Ele tem pouco tempo de vida. Não pode esperar pelo SUS. O Whatsapp vai pagar R$ 1,00 cada vez que a MSG fôr repassada. Vamos salvar a vida dessa criança!

Menino queimado vai ganhar R$1 por mensagem repassada no WhatsApp?

A história se espalhou muito na internet e fez a imagem do garoto ser compartilhada a torto e a direito por aí. Mas será mesmo que essa história de cirurgia de R$ 18 mil e doação por compartilhamento de foto é real? A resposta é não. Para você entender tudo, vamos aos fatos.

Antes de falar da história por trás da foto, vamos explicar por que a mensagem se trata de um boato. O motivo é simples: esse tipo de doação simplesmente não tem como ser colocada em prática.

Além de ser impossível o WhatsApp rastrear quantas vezes uma foto é compartilhada no aplicativo (visto que as mensagens são criptografadas), seria uma “estratégia de marketing” desastrosa condicionar uma boa ação ao compartilhamento de imagens de uma criança após um acidente.

Além disso, a mensagem contém as principais características de boatos (é vaga, alarmista, com erros de português, pedido de compartilhamento e não cita fontes confiáveis) e já apareceu uma dúzia de vezes no Boatos.org (você pode ver exemplos aqui, aqui e aqui) sempre com a mesma história de cirurgia que “custa R$ 18 mil”.

O ponto final que derruba a tese está na história do próprio menino da imagem. Trata-se do garoto João Miguel, morador da cidade de Buriticupu (Maranhão). Na terça-feira, 13 de novembro de 2018, ele teve o corpo queimado após cair em um buraco em uma carvoaria.

O estado dele, de acordo com notícias do dia 16/11/2018, continua grave. Porém, ele não precisa de “R$ 18 mil” para a cirurgia. Como o estado dele é delicado, ele não pode ser transferido do hospital onde está internado, na cidade de Imperatriz (MA). Depois que se recuperar, ele vai (de acordo com a mesma matéria) para um hospital referência contra queimados em Goiás.

O único fato nessa história é que a família está mesmo pedindo doações. Não para a cirurgia, mas para o custeio da viagem dele para Goiás e para o tratamento em casa na fase de recuperação.

Resumindo: a história que aponta que o menino que teve o corpo queimado vai ganhar R$ 1 por compartilhamento da foto dele após o acidente no WhatsApp é falsa. Apesar da triste história ser real e da família precisar de doações, não é repassando a foto que vai ajudá-los.

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook e WhatsApp no telefone (61)99177-9164.

Compartilhe este artigo:

Edgard Matsuki

Jornalista e caçador de falcatruas na internet

2 comentários em “Menino queimado vai ganhar R$1 por foto repassada no WhatsApp #boato

  • 17/11/2018 em 14:33
    Permalink

    Isso foi aqui na minha cidade. Já cansei os dedos de desmentir esse boato.

    Resposta
  • 17/11/2018 em 10:27
    Permalink

    Bom dia!

    Obrigado por nos avisar, esclarece muitas duvidas das pessoas. Continue o lindo trabalho que vcs faz. Abraço

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

error: Em vez de copiar o nosso conteúdo, compartilhe no Facebook :)