Bebezinho está com cirrose e WhatsApp vai doar R$1 por compartilhamento #boato

Boato – Esse bebezinho da foto está com cirrose no fígado e o WhatsApp vai dar R$1 por cada compartilhamento de foto até juntar os R$ 18 mil necessários para cirurgia.

Não vamos demorar muito com o texto de hoje até porque a criatividade para tratar desse tipo de assunto já acabou faz tempo. Circula no WhatsApp um áudio que aponta que os administradores do aplicativo vão doar R$1 por compartilhamento da foto de um bebê que está caído no chão, nu e sangrando.

O áudio aponta que o bebê está com cirrose no fígado (que está atacando os rins), que precisa de R$ 18 mil para a cirurgia e que a mãe estava desesperada. Escute o áudio e leia a transcrição:

E tem esse bebezinho aqui. Ele está com cirrose no fígado já atacou o rim dele. Ele tá internado, ele tá precisando do dinheiro para fazer uma cirurgia. Aí o WhatsApp se pôs a ajudar com cada compartilhamento. O que é se alguém der aí WhatsApp doa R$ 1. Por favor, gente ajuda esse bebezinho. É só R$ 1 e isso não vai sair do nosso bolso. Quem vai pagar é o WhatsApp. Não custa nada à gente. É só apertar o dedo e vai enviando o dinheiro dele.

E a mãe dele está desesperada sem saber o quê fazer. Gente vamos dar essa força que é mais uma vida. É um começo de uma vida que tá indo embora. Eu sinto muita sim, meu peito dói muito. Já sofri muito também com a minha filha quando era bebê. Ela teve um começo de quase leucemia e graças a Deus e com a ajuda de Deus, Deus curou então eu peço para vocês todos. Compartilha. O que é R$ 1 quanto vai dar em cada compartilhada é 18.000 a cirurgia desse bebê.

Bebezinho está com cirrose e WhatsApp vai doar R$1 por compartilhamento?

A gente evitou entrar nesse assunto. O motivo é simples: essa história de doação do WhatsApp (ou do Facebook) por compartilhamento já foi desmentida muitas vezes no Boatos.org. Ou seja: a história é falsa. Para você entender tudo, vamos aos fatos.

Assim como nas outras vezes, os motivos que entregam a farsa são simples: não teria como mensurar quantas vezes uma foto foi compartilhada e seria um desastre uma “campanha” que incentiva a exposição de uma criança doente. Já fizemos até um vídeo explicando um dos casos. Confere aí:

Inclusive, o Boatos.org já desmentiu uma mesma história que envolvia uma “criança com cirrose”. Dentre as histórias, há duas diferenças (essas diferença motivaram o desmentido de hoje). 1) A outra versão falava de um bebê de Fátima do Sul. Essa fala de um “bebê genérico”. 2) As fotos são diferentes e aí temos o dado mais chocante. Não conseguimos achar a origem da foto do boato de hoje, mas a impressão é de que é uma criança vítima de violência sexual e inconsciente (talvez até morta).

Eu vou repetir, desta vez em caixa alta: VOCÊS ESTÃO ACREDITANDO NO BOATO E COMPARTILHANDO A FOTO DE UMA CRIANÇA QUE APARENTEMENTE FOI ESTUPRADA! Gente, custa prestar atenção na imagem e perceber que a tese de doação não tem lógica e que a imagem não condiz com cirrose?

Resumindo: a história que circula na internet e fala que o WhatsApp vai doar R$ 1 por cada compartilhamento de uma foto de uma criança doente é falsa. Esse tipo de boato é antigo e a criança na imagem tem, aparentemente, outro tipo de problema, não cirrose.

 Ps.: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook e WhatsApp no telefone (61)99177-9164.

Compartilhe este artigo:

Edgard Matsuki

Jornalista e caçador de falcatruas na internet

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

error: Em vez de copiar o nosso conteúdo, compartilhe no Facebook :)