Vírus da Covid-19 tem vibração de 5,5 hz e morre acima de 25,5 hz #boato

Boato – O vírus da Covid-19 tem vibração de 5,5 hz e morre acima de 25,5 hz. Por isso, para seres humanos com a vibração mais alta, não passa de uma gripe. É preciso livrar-se de sentimentos ruins e exercitar o lado positivo da vida para prevenir a doença.

Há quem acredite que a cura para o corpo e a mente está na própria natureza do ser. É neste sentido que, apesar da medicina atual avançada, muitas pessoas buscam formas alternativas de tratamentos para doenças sob o ponto de vista espiritual ou holístico, movidas pela fé em um poder superior, natural e “regenerador” do nosso organismo. Afinal, para elas, doenças físicas não passam de “respostas” do corpo às questões emocionais, como o estresse, por exemplo, e, portanto, poderiam ser curadas com comportamentos mais saudáveis na rotina, como meditar, orar, sorrir, abraçar, amar, entre outros, já que estes elevariam a nossa frequência energética no universo.

Seguindo esse raciocínio, uma publicação para lá de curiosa começou a circular nos últimos dias nas redes sociais, especialmente no Facebook, apontando que o vírus da Covid-19 teria vibração de 5,5 hz e morreria acima de 25,5 hz. De acordo com o texto, isso explicaria porque em seres humanos com a vibração energética mais alta, a doença não passaria de uma gripe. Portanto, o ideal seria dar fim aos sentimentos ruins, que diminuiriam essa vibração (tais como raiva, ódio e medo, por exemplo) e exercitar o lado bom da vida, enchendo-a de sentimentos positivos (amor, compaixão, generosidade, etc.). Confira, a seguir, o texto original da publicação que está rodando online:

INTERESSANTE: Muitos acreditam que o vírus da Covid-19 tem uma vibração de 5.5 hz e morre acima de 25.5 hz. Assim, para os seres humanos com vibração mais alta, o vírus é uma gripe simples. As razões para termos a vibração baixa podem ser: Cansaço Medo Tensão nervosa Raiva Ódio É por isso que temos de vibrar alto e não olhar constantemente para as notícias; para que não nos baixem a frequência energética. A frequência da Terra hoje é de 27,4 hz; mas há lugares que vibram muito baixo como: Hospitais Centros Assistenciais Bares Prisões Subterrâneos etc. É onde a vibração cai para 20 hz ou menos ainda. Para humanos com baixa vibração, o vírus torna-se perigoso: Já que a Dor vibra de 0,1 às 2 hz O medo a 0,2 hz. Irritação 0,9 a 6,8 hz Ruído 0,6 a 2,2 hz. Orgulho 0,8 hz Abandono 1,5hz. Superioridade 1,9 hz. Em vez disso, que tal exercitar o lado positivo da vida? Pois, a generosidade vibra a 95 hz Agradecimentos verdadeiros, a 150 hz Compaixão a 150 hz ou mais. Amor ao próximo e a todos os seres vivosa 150 hz e mais. Amor incondicional e universal a partir dos a 205 hz. O que nos ajuda a Vibrar Alto? Amar Sorrir Abençoar Brincar Pintar Cantar Bailar Curtir Meditar, Yoga, Taichi, Caminhar ao Sol Faça exercícios! Aproveite a natureza! Alimente-se com o que a Terra nos dá: sementes-grãos-cereais-legumes-frutas e legumes. A vibração da oração vai das 120 às 350 hz VIBREMOS ALTO!!! * A fonte original desta informação vem do livro Poder vs Força. Baseado na tese de doutoramento de David R Hawkins.

Vírus da Covid-19 tem vibração de 5,5 hz e morre acima de 25,5 hz?

A publicação viralizou rapidamente entre os internautas, principalmente aqueles com afinidade a temas espiritualistas. Porém, apesar da mensagem positiva, a informação (infelizmente) não procede.

Para começar, ela carrega todas as características de fake news: é vaga (não fornece dados científicos que possam comprovar o que está sendo dito), alarmista, possui erros de português e não cita fontes confiáveis de notícias sobre o assunto.

Em segundo lugar, não é de agora que surgem na web fakes sobre curas milagrosas da Covid-19. Inclusive, muitos deles, nós já desmentimos aqui no Boatos.org, como, por exemplo, o que dizia que ozonioterapia seria a cura para a Covid-19; outro que apontava que medicamento à base de nitazoxanida poderia curar a doença; e até um boato com direito à receita caseira, que dizia que misturar alho e vinagre de maçã poderia matar o coronavírus.

E assim como nestes casos, a história de hoje não faz sentido, já que, apesar de existir tratamento, ainda não existe uma cura para a doença causada pelo novo coronavírus. Por isso, a melhor forma de prevenir a Covid-19, segundo autoridades de saúde do mundo todo, continua sendo usar máscara sempre ao sair de casa, lavar bem as mãos, usar álcool em gel e manter o distanciamento social.

Sobre a tese de que aumentar a vibração energética do corpo previne ou cura a doença, o projeto Comprova de checagem de fake news, já desmentiu tudo e apontou que não há comprovação científica sobre a informação. Após entrar em contato com especialistas em Física e Engenharia para entender a possível “frequência energética de sentimentos”, a equipe apontou que, para começo de conversa, em ciência, trabalha-se com fatos concretos, grandezas físicas que podem ser medidas, tais como velocidade, aceleração, força, deformações, etc. Já as emoções não são grandezas físicas e, sendo assim, não podem ser medidas e tampouco relacionadas à cura de doenças, como aponta o texto que está sendo compartilhado.

Além disso, concluíram que toda essa história surgiu de uma pesquisa de um autor de autoajuda norte-americano chamado David R. Hawkins, criador de uma tabela que classifica sentimentos e emoções em hertz (unidade de medida de frequência na Física). Porém, apesar de ter virado até publicação, no livro Poder vs Força, o trabalho de Hawkins tampouco é reconhecido pela comunidade acadêmica.

Resumindo: A publicação que dá conta de que o vírus da Covid-19 tem vibração de 5,5 hz e morre acima de 25,5 hz não é verdadeira. Não existe nenhum tipo de cura para a doença (científica ou terapêutica) e, segundo especialistas, tampouco sentimentos podem ser medidos em números dentro da Física.

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook e WhatsApp no telefone (61)99458-8494.

 – Siga-nos no Facebook http://bit.ly/2OU3Zwz
 – Siga-nos no Twitter http://bit.ly/2OT6bEK
 – Siga-nos no Youtube http://bit.ly/2AHn9ke
 – Siga-nos no Instagram http://bit.ly/2syHnYU
 – Grupo no WhatsApp http://bit.ly/2QvB43t
 – Lista no Telegram https://bit.ly/2VSlZwK