Cremesp publica protocolo de tratamento de Covid-19 com hidroxicloroquina #boato

Boato – O Cremesp publicou um protocolo de tratamento de Covid-19 com hidroxicloroquina. A instituição recomendou dosagens do medicamento que devem ser administradas em pacientes com sintomas iniciais da doença (até 5 dias).

Após o Ministério da Saúde recomendar o uso da hidroxicloroquina no tratamento da Covid-19 em todo o Brasil, há quem esteja com um “pé atrás” em relação à administração do medicamento, já que não há eficácia comprovada por parte da Organização Mundial da Saúde e outros órgãos de saúde mundiais.

Quer se livrar de boatos? Clique para curtir o Boatos.org

Siga o Boatos.org no Twitter:


Se inscreva no nosso canal no Youtube

 

Receba as nossas atualizações no grupo do WhatsApp (só postagens do administrador, não se preocupem): http://bit.ly/2CGFPSy

Confira o nosso Instagram:

Instagram

Ao mesmo tempo, tem muita gente por aí que não perde tempo em inventar causos para convencer a população a utilizá-lo, mesmo com todos os riscos de efeitos colaterais e a decisão individual (e não obrigatória, vale lembrar) para isso. A última da vez é uma publicação que começou a circular recentemente na internet que divulga um protocolo supostamente do Cremesp (Conselho Regional de Medicina de São Paulo) para tratamento da Covid-19 com a hidroxicloroquina.

O suposto documento da entidade, com logomarca do próprio Cremesp, da Prefeitura de São Paulo, do Sistema Único de Saúde (SUS), além da assinatura de um médico que seria integrante do conselho, não só recomenda como também traz orientações para as dosagens que devem ser administradas em pacientes que estão com sintomas iniciais da Covid-19, de até 5 dias, também listados no protocolo. Confira, a seguir, o texto original da publicação que está rodando online (suprimimos as dosagens dos remédios para não incentivar a automedicação):

PROTOCOLO PARA TRATAMENTO DA COVID-19 FASE 1: A PARTIR DO INICIO DOS SINTOMAS ATÉ 5 DIASA) CONSIDERAR PRINCIPAIS SINTOMAS CLÍNICOS (SINDROME GRIPAL): Febre, Tose seca, Cefaleia persistente, Desconforto na garganta, Mialgia, dor torácica, Astenia, náuseas, vômitos, diarreia, Anosmia (até 20-25% dos pacientes apresentam perda do olfato), Ageusia (perda do paladar)FASE 1: A PARTIR DO INICIO DOS SINTOMAS ATÉ 5 DIAS) TERAPIA RECOMENDADA: Hidroxicloroquina: 1º dia: dose “X” 2º dia: dose ” X” (O tempo de uso pode variar segundo a avaliação médica, podendo durar d 5 até 10 dias conforme o caso) Azitromicina: 1º dia: dose “X” (O esquema pode ser somente de 3 dias nos casos leves)

Cremesp publicou protocolo de tratamento de Covid-19 com hidroxicloroquina?

A publicação viralizou e deixou muitas pessoas mais confiantes com relação ao uso do medicamento em caso de infecção pelo vírus, ainda mais com uma recomendação vinda, aparentemente, de uma entidade tão importante. Mas será mesmo que o Cremesp publicou protocolo de tratamento da Covid-19 com hidroxicloroquina? A resposta é não! E nós te explicamos melhor a seguir.

Para começar, a mensagem do tal documento possui todas as características de fake news: é vaga (não diz quando e onde o suposto protocolo foi publicado), alarmista (tem o intuito de convencer os internautas a utilizarem o remédio), possui erros de português e não cita fontes confiáveis que possam confirmar que a recomendação é realmente do Cremesp.

Além disso, nos últimos meses, surgiram vários boatos “pró-cloroquina” na internet com a mesma intenção e, alguns deles, inclusive, nós já desmentimos aqui no Boatos.org, como o que dizia que o juiz Marcelo Bretas teria escrito um texto defendendo o uso da hidroxicloroquina; outro que apontava que a FDA teria autorizado o uso do medicamento em todos os pacientes com Covid-19 nos EUA; ou, ainda, um que afirmava que água tônica poderia curar o coronavírus por conter quinino da cloroquina.

E no nosso caso de hoje não é diferente. Apesar de o governo brasileiro ter aprovado o uso da hidroxicloroquina para tratamento da Covid-19 em fases iniciais, o que foi bastante criticado, o protocolo que está sendo compartilhado nas redes sociais não é do Cremesp. A própria instituição desmentiu a informação em sua página oficial no Facebook e, também, em seu site:

“O Cremesp informa que está circulando nas redes sociais um documento falso, que leva a logomarca do Conselho, intitulado “Protocolo para tratamento da Covid-19”, em que são apontadas fases da doença e medicações para cada período. Este documento NÃO É de autoria do Cremesp.

Repudiamos veementemente este tipo de atitude, que só traz prejuízos à saúde da população e aos médicos e demais profissionais de saúde que há meses estão na linha de frente no combate à pandemia, trabalhando ética e profissionalmente em prol de milhares de vidas. A autoria da notícia falsa está sendo apurada, para eventuais medidas administrativas, éticas e jurídicas cabíveis”. 

Vale ressaltar que, infelizmente, ainda não há qualquer medicamento que, comprovadamente, cure o novo coronavírus. No entanto, com o novo protocolo recomendado (e não obrigatório) pelo Ministério da Saúde, os pacientes podem ou não optar por fazer o tratamento com a hidroxicloroquina. Neste caso, o medicamento deverá ser administrado somente por um médico.

Lembrando que a automedicação é uma atitude perigosa e pode potencializar os riscos dos efeitos colaterais, que já são suficientemente graves, tais como arritmia cardíaca, disfunção grave de órgãos, prolongamento da internação, incapacidade temporária ou permanente e até o óbito. Cuide da sua saúde!

Resumindo: A publicação que está compartilhando um suposto protocolo do Cremesp para tratamento da Covid-19 com hidroxicloroquina não é verdadeira. O próprio conselho de médicos desmentiu a informação em comunicado em seu site e página oficial no Facebook.

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook e WhatsApp no telefone (61) 99177-9164. 

Clique nos links “bit.ly” para acessar nossos perfis:

 – Siga-nos no Facebook http://bit.ly/2OU3Zwz
 – Siga-nos no Twitter http://bit.ly/2OT6bEK
 – Siga-nos no Youtube http://bit.ly/2AHn9ke
 – Siga-nos no Instagram http://bit.ly/2syHnYU
 – Grupo no WhatsApp http://bit.ly/2BWWK1B

 

error: Em vez de copiar o nosso conteúdo, compartilhe no Facebook :)