Cotonete dos testes de Covid-19 já estão infectados na caixa, mostra microscópio #boato

Boato – Análise em microscópio mostra que cotonete do teste de Covid-19 possui algo que se mexe e tem luz própria. Eles estão infectados na caixa. 

A vacinação contra a Covid-19 trouxe alegria e esperança para o mundo inteiro. Com o avanço dos vacinados, o número de casos e de mortes reduziu pouco a pouco até que o retorno à vida normal se tornou possível. Mas isso não durou muito tempo.

Nos últimos meses, após o retorno das atividades e, especialmente, após o fim da obrigatoriedade do uso da máscara, os números de contaminados e internados voltaram a subir. No dia 29 de junho de 2022, o Brasil já registrava a maior média móvel de mortes por Covid-19 dos últimos 3 meses.

E de acordo com uma história que está sendo compartilhada nas redes sociais, parece que o mundo ainda terá mais uma coisa para se preocupar. Segundo uma publicação, os cotonetes que vêm em testes de Covid-19 já estariam vindo infectados. Leia a transcrição do arquivo que circula por aí:

“Olá, amigos terapeutas. Eu recebi de vocês um vídeo dizendo que as pessoas estão sendo vacinadas através do teste de Covid. Eu não queria acreditar, porque eu não tomei a vacina, mas eu fiz esse teste três vezes. Então, pra comprovar, pra tirar a prova dos 9, eu comprei aqui um teste de Covid e um microscópio e vejam aqui. Do lado esquerdo aqui, um cotonete normal e, do lado direito, um cotonete do teste de Covid. E pra minha surpresa, tudo se confirma. Vejam aqui que deste lado direito é um cotonete normal, não tem nada.

E o algodão do teste de Covid, deem uma olhada aqui, tem uma espécie de tubulação com algo preto lá dentro. E o mais impressionante, eu vou mudar a imagem e vocês vão ver que isso aqui está vivo e se movendo. Olhem isso! E tem luz própria. Do lado direito, o algodão normal, nada. E do lado esquerdo aqui, o algodão do teste de Covid. Podem ver que há algo que se move, brilha, tem luz própria. Do lado direito, o algodão normal. Do lado esquerdo, o teste de Covid. Voltando aqui pra essa imagem. Infelizmente, tá confirmado, tem alguma coisa no teste de Covid”.

Cotonete dos testes de Covid-19 já estão infectados, mostra microscópio?

A informação viralizou rapidamente nas redes sociais, em especial, no Twitter e no WhatsApp e deixou muitas pessoas preocupadas. Apesar disso, a história não é verdadeira. A explicação fica por conta da falta de conhecimento na análise do material.

Ao se deparar com a mensagem, logo de cara ficamos desconfiados. Isso porque o texto apresenta as principais características de fake news na internet, como o caráter completamente vago, extremamente alarmista, a falta de menção de fontes confiáveis e a ausência do assunto em veículos de comunicação confiáveis.

Além disso, a pandemia se tornou um prato cheio para negacionistas e grupos antivacina criarem e difundirem informações falsas. A equipe do Boatos.org desmentiu centenas delas, como a que dizia que Coca-Cola teria testado positivo para Covid-19 e seria a prova de que os testes são uma farsa. Também a que indicava que o cotonete dos testes de Covid-19 poderiam causar danos no cérebro e, por fim, a que apontava que esquerdistas estariam fingindo ser agentes de saúde do Ibope para contaminar as pessoas com testes falsos de Covid-19.

Resolvemos, então, buscar mais informações sobre o assunto, mas nada encontramos. Ao analisar a mensagem, lembramos que outra história bastante parecida já passou aqui pelo Boatos.org. Na ocasião, uma história afirmava que máscaras e cotonetes vindos da China estariam contaminados com vermes e parasitas morgellons.

Vale ressaltar que, na época, a história afirmava que parasitas teriam sido vistos através de microscópio em máscaras e cotonetes. Como explicamos naquela oportunidade, os objetos que aparecem se mexendo no microscópio não se tratam de parasitas, mas sim de fibras têxteis. Elas se movem por eletricidade estática e por correntes de ar. Além disso, os chamados morgellons, na verdade, são uma condição de saúde delirante, onde pessoas acreditam que possuem patógenos em feridas ao longo do corpo.

Se isso não bastasse, a história não faz o menor sentido. Acho que já podemos ser bastante claros, não é mesmo? A história de hoje não passa de um analfabeto científico descobrindo a Ciência (e fazendo TUDO errado). As análises em microscópio requerem metodologia e boas práticas (para evitar contaminações e saber interpretar os resultados). Além do homem ter se confundido com direita e esquerda no início do vídeo (dizendo que o cotonete normal estava em uma posição e o cotonete do teste de Covid em outra e, posteriormente, invertendo a ordem), a tese não tem lógica. Se os cotonetes realmente estivessem contaminados, por que existiriam resultados negativos em testes de Covid-19? Caso isso fosse real, todo mundo que realizasse o teste seria contaminado (o que não ocorreu).

Em resumo: a história que diz que os cotonetes dos testes de Covid-19 já estariam contaminados é falsa! Além do homem fazer uma verdadeira confusão no vídeo, os objetos visualizados no microscópio são fibras têxteis. Elas se movem por causa da eletricidade estática e também por causa das correntes de ar. Não se trata de parasitas, nem de Covid-19. Toda a explicação está no material utilizado na confecção dos cotonetes. Por fim, o homem tenta fazer uma análise simplista e totalmente fora do que é orientado. Existem métodos e boas práticas para evitar contaminação e também para analisar de forma correta os dados. Ou seja, a história não passa de balela!

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo siteFacebook e WhatsApp no telefone (61) 99458-8494.

 – Siga-nos no Facebook http://bit.ly/2OU3Zwz
 – Siga-nos no Twitter http://bit.ly/2OT6bEK
 – Siga-nos no Youtube http://bit.ly/2AHn9ke
 – Siga-nos no Instagram http://bit.ly/2syHnYU
 – Grupo no WhatsApp https://bit.ly/3uwu4ra
 – Lista no Telegram https://bit.ly/2VSlZwK
 – Siga-nos no TikTok https://bit.ly/3yPELWj
 – Siga-nos no Kwai https://bit.ly/3cUbEso