Chefe de rotina do Hospital de Acari (Ronaldo Gazolla) pede que as pessoas saiam às ruas e voltem ao trabalho #boato

Boato – Em áudio no WhatsApp, o chefe da rotina de pacientes graves do Hospital Ronaldo Gazolla, de Acari (no Rio de Janeiro), diz que está tudo sob controle e pede que as pessoas saiam às ruas e voltem ao trabalho.

Desde que o presidente Jair Bolsonaro convocou um pronunciamento em rede de rádio e TV para falar (contrariando todas as autoridades em saúde) que as pessoas devem sair às ruas e voltar ao trabalho, o que não tem faltado são informações falsas na internet que visam tentar limpar a barra do presidente e mostram, erroneamente, que ele tem razão ao pedir que as pessoas voltem imediatamente às ruas.

A última das histórias é um áudio criminoso em que um homem finge que é membro do Hospital de Acari Ronaldo Gazolla (referência em tratamento da Covid-19 no Rio de Janeiro) para pedir que as pessoas voltem a trabalhar e saiam às ruas. No áudio, o sujeito diz que a situação está muito tranquila, que o hospital está muito preparado para receber pacientes, que o vírus não oferece nenhum risco às pessoas com menos de 45 anos e que não se replica em altas temperaturas. O sujeito também aponta que a mídia está escondendo que a situação está muito tranquila, elogia o “nosso presidente Bolsonaro” e faz críticas ao Drauzio Varella, a quem chama de “cardiologista esclerosado”. Leia a mensagem que acompanha o áudio e o escute (se tiver estômago):

Versão 1: Coronavirua Hospital Ronaldo Gazolla Chefe da rotina de pacientes graves do hospital de Acari Ronaldo Gazolla Vargas, que virou referência em Coronavírus no Rio de Janeiro. Ouça até o fim… Versão 2: DEPOIMENTO DO CHEFE DA ROTINA DO RONALDO GAZOLLA O HOSPITAL DE ACARI. Se VC gosta de ser enganado. Assista a Rede Globo ouça o que seus Governadores, Prefeitos e vários políticos da Esquerda estão falando Mas se VC quer a VERDADE! ouça este DEPOIMENTO Ouçam até o fim… é extremamente relevante repassar esta informação!!

Transcrição: Boa noite. Eh desculpe aí minha ausência aí esses dias, mas como vocês sabem, eu acho que eu já falei, né Eh Eu sou CHEFE DA ROTINA DO RONALDO GAZOLA O HOSPITAL DE ACARI, que virou referência no atendimento de Conoravírus em todo o Estado do Rio de Janeiro.

Em suma, paciente que tá grave vai lá pro Ronaldo, Gazola, né bem eh. Eu li o que eu pude muita coisa. E eu vim aqui dar uma boa notícia pra todo mundo independente de mensagem de Trump de Bolsonaro, do Witzel do Doria e pra mim Witzel e o Doria são dois filhos da Puta, concordo aí com que todo mundo tá falando, mas independente disso, a boa notícia que eu tenho que dar pra. É o seguinte: Isso aí não é notícia que eu estou dando baseado em o que eu escutei, o que eu li não, é baseado na minha experiência. Eu tô virado, tá, trabalhando vinte e quatro horas desde domingo dormindo no Hospital quer dizer dormindo na medida do possível que a gente tá montando mais de cento e cinquenta leitos de CTI desativamos a maternidade desativamos ambulatório não tem mais cirurgias eletivas, cirurgias eletivas, são aquelas que você opera programado numa emergência, né tão tá. Formando o Ronaldo Gazolla, Santa Catarina na verdadeira tenda de guerra, né.

Bem a boa notícia é que segunda-feira nós temos no CTI quatro pacientes nem um Óbito vocês escutaram bem né? Quatro pacientes nenhum óbito desses pacientes dois estão no tubo graves, Dois estão se mantendo no quinto andar, onde nós temos cento e sessenta leitos distribuídos em… acho que são vinte e um vinte e cinco enfermarias cada uma com quatro cinco leitos. Nós temos oito pacientes, internados, todos eles estáveis pacientes na enfermaria, todos eles com cormovidades asmáticos com lúpus. Diabéticos e etc… nenhum paciente mesmo no CTI são pacientes que fazem parte da nossa faixa etária e olha que eu tô com Cinquenta e seis anos. Eu sou creio o mais velho do grupo. Eu deveria tá até no classificado numa outra faixa etária.

Meus amigos, o que eu vou falar agora é muito sério, Tá.. eu amo falar, merda adoro falar Sacanagem tentou com uma saudade do cara… de vocês os nossos churrascos, as nossas putarias, mas o que eu vou falar é muito sério por favor gente, voltem ao trabalho, não fiquem mais em casa, o que o Bolsonaro falou, ele tá coberto de razão. A gente já tá experimentando, Tá dentro das favelas. Eu trabalho dentro da Favela de Acari. Eu sou chefe da Vermelha do Rocha Faria. Eu estou nesse momento aqui saindo do Hospital Adão Pereira Nunes, que é o de Saracuruna. As mediações desses hospitais é formado por um povo. Uma população muito pobre já tá tendo uns piquetes. Os pedidos de dinheiro, o povo tá começando a entrar em desespero. A gente não pode isso. Repito. Não é baseado em nenhum texto que eu que eu li o áudio vídeo aqui em Facebook, WhatsApp. Ou que quer que seja, nós não podemos mais ficar em casa.

Faça uma ressalva como bem, disse o Bolsonaro, os pacientes acima de sessenta anos. Minha mãe tem oitenta e nove vai fazer noventa. Agora ela tá numa casinha que eu tenho lá em Guaratiba. Ela tá isolada lá com minha irmã que tem leucemia. Pra quem não sabe, eu tenho uma irmã que tem leucemia. se trata, Tá ela, minha mãe, minha irmã e a filha da minha irmã Jaqueline, que é estudante de biologia médica. Não tá na faculdade né porque tá tudo parado? Eles estão. Lá e eu tô fazendo uma manutenção à distância, mas a gente tem que voltar a trabalhar. Gente aqui dentro de Saracuruna o banco já tá abrindo o botequim que tem aqui em frente que vem de Coca-Cola Cafezinho já tá funcionando.

Se a gente não voltar, eu creio que até semana que vem a coisa fica muito séria. Não existe risco de conoravírus matar quem quer que seja da faixa etária até quarenta anos ou quarenta e cinco anos, gente não tem caso. O vírus ele não se replica com grande velocidade em região temperada, Eh tropical, né Temperada no tropical abaixo da linha do Equador nós temos a taxa de replicação no vírus muito mais baixa do que do que as PESQUISAS MOSTRAM, existem os gráficos eu não sei se vocês já viram de cor onde a faixa do acima do Equador tá toda vermelha tomada porque lá o ambiente frio, nós não temos invernos radicais, então vamos evitar aí O.. Colapso Econômico apoio totalmente o Tiago Tiago não é o Tiago no seu Uber, mas tem que trabalhar mesmo que é policial. Joãozinho volta aí pro seu negócio assim que possível. Eu acho que a partir da semana que vem pro Doria o Witzel, apesar da pressão, eles não vão resistir eles vão liberar.

Nosso Presidente tá correto. Ele tá botando maior pressão. Quem falou em Gripezinha. Tudo não foi o Presidente foi esse maluco médico esclerosado da Globo. Tá o Drauzio Varella, grande cardiologista. Conheço ele foi muito amigo do meu pai, mas é um. Que vive as custas do dinheiro da Globo, né. Gente tô visitando estendendo muito.

Vou resumir agora: Gazola tem quatro pacientes no CTI Gazola. Tem oito pacientes no andar. Nós estamos preparados pra receber mais de trezentos pacientes em alta. Nada disso vai acontecer é óbvio que nós vamos aumentar a tendência que venha mais, mas nós estamos contrariando todas as expectativas. Isso aí ninguém divulga e olha que eu tenho uma estação fixa da Globo na porra da porta do Gazola, já me entrevistaram. Acho que umas seis vezes né Perguntando que eu era? eu falo que eu sou responsável pela rotina de atendimento, paciente grave, Dou meu nome, uma bonitinha aí pega até meu crachá pra comprovar que eu não tô mentindo eu mostro. Já apareceu alguma vez na televisão. Ela já me entrevistou mais cinco vezes cara nenhuma vez porque o que eu falo não interessa a ela “quer dizer que nós estamos muito graves, etc.. etc… o que você vê das paralisações?” Eu não vejo nada disso. Nós não estamos graves. Recebemos poucos pacientes, pacientes que chegam aqui das ambulâncias que vem bastante, entra por uma porta recebe alta. Pode avaliação pela porta de trás. Ninguém fala isso. Gente vamos lá bora pra frente. Vamos retomar o nosso Brasil que a gente tem tudo pra dar certo num vai ser essa merda que vai vencer. A gente tô falando pela minha experiência. Nada que eu li e não é minha opinião pessoal de coração. é baseada no que eu estou vivendo desde domingo à noite onde eu não saio. Desse eixo aí, Ronaldo, Gazola Rocha Faria e Saracuruna um abraço pra todo mundo. Aí espero que a gente volte rápido e comece a nossas putaria de novo beijo em todos aí saudades.

Chefe de rotina do Hospital de Acari (Ronaldo Gazolla) pede que as pessoas saiam às ruas e voltem ao trabalho?

A história se espalhou com muita força na internet e chamou atenção das pessoas que compactuam da tese de que o coronavírus é uma “gripezinha” e que temos que voltar a trabalhar por causa da “economia” (tese que não poderia estar mais errada). Mas será mesmo que o chefe de rotina do hospital de Acari Ronaldo Gazolla deu as tais orientações? A resposta é não. Para você entender tudo, vamos aos fatos.

De cara, já ficamos muito desconfiados da veracidade da informação. Isso porque ela, além de ter características de boatos online (como ser vaga ao nem dizer o nome do médico, alarmista, com erros de português e pedido de compartilhamento), faz parte de um tipo de boato já manjado nos últimos dias: da autoridade que “viraliza” ao pedir que as pessoas devem sair às ruas.

Não para por aí: o próprio sujeito do áudio faz algo condenável para um médico (ainda mais ocupando um cargo de chefia): coloca os pacientes em risco ao pedir para as pessoas voltarem a trabalhar, subestima o coronavírus ao dizer que o hospital (com 300 leitos) está “pronto” para enfrentar a pandemia e erra em informações básicas como a que cita que Dráuzio Varella é “cardiologista” (na verdade o médico é cancerologista) e que diz que o coronavírus não é grave, a que fala que o vírus não atinge pessoas com menos de 45 anos ou que não sobrevive a locais quentes. 

Com muitas desconfianças, fomos buscar mais detalhes sobre o assunto e descobrimos que a Secretaria Municipal de Saúde desmentiu a informação de que a pessoa que gravou o áudio é um médico do hospital de Acari. Ao G1, foi dito que a “direção do Hospital Municipal Ronaldo Gazolla desconhece a autoria e esclarece que não existe na estrutura da unidade o cargo de ‘chefe de rotina’”. O G1 ainda aponta que o hospital não endossa as opiniões áudio e que a “orientação permanece a mesma: todos que podem devem ficar em casa”.

Resumindo: a história que aponta que um médico do hospital Ronaldo Gazolla gravou um áudio falando para as pessoas saírem às ruas e voltarem ao trabalho é falsa. O áudio não tem lógica e o hospital negou que tenha divulgado a informação.

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook e WhatsApp no telefone (61) 99177-9164. 

Confira a lista de todas as fake news sobre o novo coronavírus

Clique nos links “bit.ly” para acessar nossos perfis:

 – Siga-nos no Facebook http://bit.ly/2OU3Zwz
 – Siga-nos no Twitter http://bit.ly/2OT6bEK
 – Siga-nos no Youtube http://bit.ly/2AHn9ke
 – Siga-nos no Instagram http://bit.ly/2syHnYU
 – Grupo no WhatsApp http://bit.ly/2IoBB2R

Edgard Matsuki

Jornalista e caçador de falcatruas na internet