Pular para o conteúdo
Você está em: Página Inicial > Saúde > Governo canadense não admitiu que 74% dos triplamente vacinados contra Covid-19 estão com Aids, como aponta história

Governo canadense não admitiu que 74% dos triplamente vacinados contra Covid-19 estão com Aids, como aponta história

Canadá admite que triplamente vacinados estão desenvolvendo aids, diz boato (Foto: Reprodução/Twitter)

Boato – Dados oficiais do governo canadense mostraram que 74% das pessoas vacinadas contra Covid-19 desenvolveram Aids

  Análise

No dia 2 de outubro de 2023, os pesquisadores responsáveis por desenvolverem a tecnologia do RNA mensageiro em vacinas ganharam o Prêmio Nobel de Medicina. A descoberta proporcionou a criação das vacinas contra a Covid-19 e outros imunizantes.

Mas de acordo com uma história que está circulando nas redes sociais, parece que a vacina contra a Covid-19 não teria sido tão positiva assim. Segundo a publicação, o governo canadense teria admitido que 74% das pessoas que receberam 3 doses da vacina contra a Covid-19 desenvolveram Aids. Confira:

Vídeo: é falso que Lula foi flagrado beijando Suzanne von Richtofhen

“Governo canadense admite que 74% dos triplamente vacinados agora têm AIDS – Jornal Tribuna Nacional Dados oficiais divulgados pelo governo canadense revelam que pelo menos 74% da população vacinada em todo o Canadá tem agora a Síndrome da Imunodeficiência Adquirida por Vacina (VAIDS)”.

A história viralizou rapidamente nas redes sociais, em especial, no Twitter e fez sucesso entre os grupos negacionistas. Apesar de estar circulando nas redes sociais, a história surgiu em dois sites: o Tribuna Nacional e o The Exposé. Ambas são páginas conhecidas por compartilharem histórias falsas envolvendo conteúdo negacionista e anti-vacina.

A partir disso, separamos três perguntas para responder o porquê você não deve acreditar nessa história: 1) Canadá admitiu que 74% dos triplamente vacinados têm Aids? 2) Vacina causa aids ou HIV nas pessoas? 3) O que explica a tese de que as pessoas triplamente vacinadas terem mais chance de morrer?

Checagem

Canadá admitiu que 74% dos triplamente vacinados têm Aids?

Não. Como já explicamos, a história surgiu em sites que costumam compartilhar histórias falsas. Inicialmente, a história foi publicada em um site em inglês e, posteriormente, traduzida, modificada e publicada em português. Se isso não bastasse, os dados usados como prova não citam 74% de vacinados. Além disso, esse papo de pessoas vacinadas desenvolverem doenças é uma mentira que já foi desvendada aqui no Boatos.org (aqui, aqui e aqui). Toda essa teoria surgiu em grupos negacionistas que querem causar medo e pânico nas pessoas e evitar que elas se vacinem.

Vacina causa aids ou HIV nas pessoas?

Definitivamente não. Essa teoria começou a circular na internet em 2021. Na oportunidade, a equipe do Boatos.org desmentiu essa história. Como explicamos na época, a história surgiu em um site antivacina do Reino Unido (o mesmo que divulgou a história de hoje). O site em questão utilizou um estudo para embasar sua teoria. Acontece que boa parte das afirmações e das tabelas usadas como prova pela página não existiam no estudo.

Elas foram retiradas da cabeça de quem escreveu a publicação. Se isso não bastasse, o tal estudo, na verdade, era apenas um boletim periódico divulgado pelo serviço de saúde pública do Reino Unido, mostrando a proporção de casos e mortes entre os vacinados e os não-vacinados. Porém, o conteúdo acabou viralizando entre grupos negacionistas e, posteriormente, foi traduzido para o português (por sites também antivacina e nada confiáveis).

Além disso, essa teoria só faz sentido na cabeça de quem realmente não entende como a Síndrome da Imunodeficiência Adquirida (Aids) funciona. A Aids se desenvolve apenas em pessoas que possuem o vírus HIV. O vírus HIV ataca o sistema imunológico, podendo deixar a pessoa afetada com o organismo bastante debilitado. Mas a doença tem tratamento e, hoje, as pessoas conseguem viver normalmente e com uma expectativa de vida maior do que antigamente.

O que explica a tese de que as pessoas triplamente vacinadas terem mais chance de morrer?

Na realidade, essa informação é falsa e foi completamente manipulada. Pessoas vacinadas contra a Covid-19 não têm mais chances de morrer (em relação a pessoas não-vacinadas). A maioria das pessoas que tomaram 3 doses ou mais das vacinas contra a Covid-19 são idosas (que estão mais perto do final da vida do que os jovens). Além disso, os casos começaram a aumentar entre os vacinados, porque em determinado período o número de pessoas que se vacinou contra a Covid-19 já era bem maior do que os não-vacinados. Dessa forma, era de se esperar que o número de casos aumentasse entre os vacinados (já que eram maioria).

Porém, a vacina não aumenta a chance de morrer. Muito pelo contrário. As vacinas são seguras e ajudam a diminuir as chances de morte em uma infecção por Covid-19. Se essa teoria fosse verdadeira, boa parte do planeta já estaria morto (e não foi isso que aconteceu).

Conclusão

Fake news ❌

O governo canadense não admitiu que 74% dos triplamente vacinados contra a Covid-19 desenvolveram Aids. Essa teoria começou a ser compartilhada na internet ainda em 2021. Na ocasião, um site negacionista e sem um pingo de credibilidade inventou a história, distorcendo dados publicados pelo serviço público de saúde do Reino Unido e inventando dados que não existem. A história de hoje atende apenas um objetivo: causar medo e pânico em quem se vacinou contra a Covid-19. Nada do que é dito na história de hoje possui comprovação científica e os dados citados como prova foram inventados.

Ps: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo e-mail [email protected] e WhatsApp (link aqui: https://wa.me/556192755610)

 – Siga-nos no Facebook http://bit.ly/2OU3Zwz
 – Siga-nos no Twitter http://bit.ly/2OT6bEK
 – Siga-nos no Youtube https://bit.ly/3vZsrnd
 – Siga-nos no Instagram http://bit.ly/2syHnYU
 – Grupo no WhatsApp https://bit.ly/3ounmCN
 – Lista no Telegram https://bit.ly/2VSlZwK
 – Siga-nos no TikTok https://bit.ly/3yPELWj
 – Siga-nos no Kwai http://bit.ly/3zGePPm