Água contaminada da Sabesp está causando virose nas pessoas em São Paulo #boato

Boato – Febre e dores no corpo registradas em São Paulo são quadros de virose causados por água contaminada da Sabesp.

Há alguns dias, um surto de gripe em São Paulo vem causando preocupação entre os especialistas. Isso porque os cientistas descobriram que os novos casos estão relacionados com uma nova cepa do vírus da Influenza A, a H3N2.

Apelidada de “Darwin”, a nova cepa da Influenza A já circula no país e foi registrada em, ao menos, cinco estados. A Bahia registrou o primeiro óbito pela variante no dia 15 de novembro de 2021. E a situação é preocupante, porque a atual vacina contra a gripe não protege, com a mesma eficácia, contra a nova cepa.

Mas de acordo com uma teoria que está circulando nas redes sociais, a explicação para os sintomas gripais registrados nos últimos dias em São Paulo não teria nada a ver com a cepa H3N2. Segundo a história, os sintomas, na realidade, seriam quadros de virose e estariam sendo causados por causa da água contaminada fornecida pela Sabesp.  Confira:

“Rapaziada Quem Puder Ferver Água antes de Beber, Ou comprar Água mineral Faça Isso “ Metade da População esta com Virose (Água da Sabesp CONTAMINADA) Esta dando Vírus : desenteria, Febre , Enjoou Dor de cabeça e no Corpo Repassando !!!”. 

Água contaminada da Sabesp está causando virose nas pessoas em São Paulo?

A informação logo viralizou nas redes sociais, em especial, no Facebook, no Instagram e no WhatsApp, deixando muita gente preocupada. Apesar disso, a história não tem nada de real. A explicação fica por conta das características da mensagem e da falta de provas.

Logo ao abrirmos a publicação, ficamos desconfiados. Isso porque a mensagem apresenta as principais características de fake news na internet, como o caráter vago, extremamente alarmista, os erros de português e a falta de fontes confiáveis.

Além disso, histórias falsas sobre supostos alimentos ou substâncias contaminadas não são novidade na internet. A equipe do Boatos.org já desmentiu inúmeras delas, como a que dizia que a Ceagesp iria reaproveitar peixes e frutas contaminados pela chuva em São Paulo. Também a que indicava que lotes da cerveja Glacial estariam contaminados com uma substância tóxica e, por fim, a que apontava que o arroz Dana estaria contaminado com um vírus mortal do Paquistão.

Assim como já explicamos anteriormente, os surtos de febre, dores de cabeça e dores no corpo tem uma explicação bastante simples: casos da nova cepa da Influenza A. A variante H3N2 se espalhou rapidamente pelo país por causa de alguns fatores, como a baixa cobertura vacinal contra a gripe, a eficácia reduzida das vacinas contra a Influenza (por causa da mutação da nova variante) e a flexibilização das medidas de prevenção contra a Covid-19 (como o uso de máscara, aglomerações e outros cuidados, em especial, em ambientes fechados).

É importante ressaltar que o surto de gripe não tem relação com a Covid-19. A variante H3N2 surgiu na década de 1960, em Hong Kong. Em 2021, a cepa sofreu uma mutação importante, que foi sequenciada na cidade de Darwin, na Austrália (por isso, o apelido “H3N2 Darwin”). A mutação intensificou os sintomas da variante e tem causado diversos casos que necessitam de atendimento médico e internação em hospitais.

Apesar disso, os cuidados não são diferentes dos que já vinham sendo adotados até então contra a Covid-19. Os especialistas recomendam que as pessoas usem máscara, evitem aglomerações e façam corretamente a higienização das mãos. Além disso, mesmo que a vacina atual contra a gripe não tenha uma eficácia completa contra a nova variante, ela pode ajudar a reduzir as hospitalizações e os sintomas mais graves.

Por fim, como é possível observar, a situação não tem nada a ver com uma possível contaminação de água. Após a história viralizar nas redes sociais, a Sabesp emitiu um comunicado onde explica que a informação é falsa. De acordo com a nota, a empresa realiza o controle de qualidade em todas as etapas e faz análises diariamente. Leia:

É falsa a notícia que circula em grupos de WhatsApp sobre a distribuição de água contaminada na Grande São Paulo. A Sabesp realiza o controle da qualidade em todas as etapas: da captação até a distribuição, antes da entrega nas residências.

Diariamente são feitas análises em nossos 16 laboratórios por meio de coletas sistemáticas de amostras de água para atender as exigências do Ministério da Saúde. Em caso de dúvidas ou emergências, estamos à disposição pelo 195 (ligação gratuita). 

Em resumo: a história que diz que a água fornecida pela Sabesp está contaminada e causando quadros de virose é falsa! Na realidade, existe um surto de gripe em São Paulo, ocasionado pela nova variante do vírus da Influenza A, conhecido como H3N2 Darwin.  A nova cepa causa febre, dores no corpo, dores de cabeça e pode causar hospitalizações. A situação não tem nada a ver com viroses ou com a Covid-19. Por fim, a própria Sabesp explicou que a história é falsa e que realiza diversas análises diariamente para o controle de qualidade da água. Ou seja, a história não passa de balela.

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook e WhatsApp no telefone (61) 99458-8494.

Ps2: Confira a nossa nova seção “Oportunidades” clicando aqui. Na página, você pode acesso a promoções, descontos e sites que dão brindes.

 – Siga-nos no Facebook http://bit.ly/2OU3Zwz
 – Siga-nos no Twitter http://bit.ly/2OT6bEK
 – Siga-nos no Youtube http://bit.ly/2AHn9ke
 – Siga-nos no Instagram http://bit.ly/2syHnYU
 – Grupo no WhatsApp https://bit.ly/3HIppbu
 – Lista no Telegram https://bit.ly/2VSlZwK
 – Siga-nos no TikTok https://bit.ly/3yPELWj
 – Siga-nos no Kwai https://bit.ly/3cUbEso