Pular para o conteúdo
Você está em: Página Inicial > Religião > Turquia matou 24 missionários por serem cristãos duas semanas antes de terremoto #boato

Turquia matou 24 missionários por serem cristãos duas semanas antes de terremoto #boato

Turquia matou 24 missionários por serem cristãos duas semanas antes de terremoto, diz boato (Foto: Reprodução/Facebook)

Boato – Duas semanas antes de sofrer um terremoto devastador, a Turquia mandou matar 24 missionários em praça pública por serem cristãos.

Na última semana, o terrível terremoto que ocorreu na Turquia e na Síria chocou o mundo. Os países contam os mortos, que até o momento da publicação deste texto já passavam de 28 mil. Porém, uma publicação que circula na internet prega o contrário do pensamento mundial.

Um vídeo em espanhol de um homem levanta uma denúncia e uma consequência. De acordo com o sujeito (que se diz pastor), o terremoto seria um castigo divino por 24 missionários terem sido mortos em praça pública por serem cristãos. Isso teria ocorrido suas semanas antes do terremoto, na Turquia. Leia a mensagem que circula online (vamos poupar vocês do vídeo):

Duas semanas antes do terremoto destruir parte da Turquia,eles mataram 24 missionários por serem cristão derramaram o sangue deles em praça pública Deus não iria ficar sem resposta Aí dos que tocam nos ungidos de Deus que fazem a sua obra com obediência

Turquia matou 24 missionários por serem cristãos duas semanas antes de terremoto?

Vídeo: é falso que Lula foi flagrado beijando Suzanne von Richtofhen

O que não faltou foi gente compartilhando a tal história na internet e, claro, falando sobre os tais castigos divinos para a Turquia. Só que além de tese de castigo ser esdrúxula, não há qualquer evidência da morte de cristãos no país.

A mensagem já começa a causar desconfianças. O texto que circula é vago, alarmista, tem erros de ortografia e não cita qualquer fonte confiável que confirme a história. Vale apontar, aliás, que o vídeo do pastor também não cita qualquer fonte confiável que justifique a informação em questão.

O histórico de fake news sobre “missionários cristãos mortos” também já nos deixa mais do que desconfiados. Já desmentimos, por exemplo, mentiras sobre cristãos mortos no Afeganistão, na Índia, Moçambique e outros países.

Ao buscar sobre o evento da morte dos 24 missionários cristãos na Turquia (que se assemelha, aliás, à fake news sobre os cristãos mortos no Afeganistão), nada encontramos além do relato do pastor em questão (que não cita nenhuma fonte confiável). Se tivesse sido real, viraria notícia antes mesmo do terremoto.

É importante citar que a tese de castigo divino não tem cabimento, afinal, a tragédia não só matou quem é de outras religiões como também vitimou cristãos no país. Sem contar que é desumano apontar que o terremoto seria “apenas” um castigo de Deus para os homens.

A nossa tese é de que nada ocorreu (se tivesse ocorrido teria sido notícia no dia do ocorrido), algum internauta maluco leu uma fake news, falou para o pastor sobre os cristãos mortos, que resolveu dar um sermão sem checar a história. Ou seja: tivemos um telefone sem fio que resultou em uma fake news.

Com isso, podemos dizer que é falsa a informação que aponta que 24 missionários cristão foram mortos na Turquia duas semanas antes do terrível terremoto de 2023 no país. A história surgiu do nada e está alardeada sem qualquer prova e muito sensacionalismo.

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook e WhatsApp no telefone (61) 99458-8494.

 – Siga-nos no Facebook http://bit.ly/2OU3Zwz
 – Siga-nos no Twitter http://bit.ly/2OT6bEK
 – Siga-nos no Youtube http://bit.ly/2AHn9ke
 – Siga-nos no Instagram http://bit.ly/2syHnYU
 – Grupo no WhatsApp https://bit.ly/40erlBS
 – Lista no Telegram https://bit.ly/2VSlZwK
 – Siga-nos no TikTok https://bit.ly/3yPELWj
 – Siga-nos no Kwai https://bit.ly/3cUbEso