Tracking BTG mostra Bolsonaro com 52% e Haddad com 48% #boato

Boato – Tracking BTG acabou de sair para o mercado financeiro. Pesquisa mostra Jair Bolsonaro (PSL) com 52% e Fernando Haddad (PT) com 48%.

Na primeira pesquisa, Jair Bolsonaro (PSL) tinha 63% dos votos válidos. Depois disparou para 77% dos votos válidos e, em seguida, despencou para 52%. Fernando Haddad (PT) tinha 37% dos votos válidos. Depois caiu para 23% e agora disparou para 48%. Se existisse um instituto de pesquisa chamado fake news, esses seriam os resultados.

Sim, amigos. Estamos mais uma vez aqui para falar de uma história falsa envolvendo uma pesquisa chamada de “tracking BTG” no WhatsApp. O “fato novo” da vez é que a mais nova versão está sendo compartilhada por simpatizantes de Fernando Haddad. O motivo? Os números mostram um crescimento vertiginoso do petista. Leia a mensagem que circula online:

Tracking BTG que acabou de sair para o mercado financeiro: Bolsonaro 52 %; Haddad 48 %. PS: Votos válidos. Temos que espalhar ao máximo, pois os institutos de pesquisas comprados vão começar a divulgar as falsas pesquisas onde Haddad em apenas 3 dias já se aproxima de Bolsonaro. Querem manipular as pesquisas para fraudar os resultados.

Pesquisa Tracking BTG mostra Bolsonaro com 52% e Haddad com 48%?

Como dito antes, a mensagem deixou muitos petistas animados. Só tem um detalhe: tal qual as outras pesquisas “tracking BTG”, essa também é falsa. Para você entender tudo, vamos aos fatos.

Essa mensagem da pesquisa “tracking BTG” já está virando um clássico nestas eleições. Como é a terceira vez que tratamos no assunto (as outras foram aqui e aqui) e o tempo urge, vamos relembrar o que já foi repassado nas versões anteriores:

O primeiro ponto que nos deixou desconfiado está na mensagem. Ela é vaga (não diz quando é a pesquisa, por exemplo), pede compartilhamento e não cita fontes confiáveis. Todas essas são características de boatos online.

As desconfianças aumentam quando, ao buscar sobre o levantamento que fala em 52 a 48, descobrimos que não foi publicado em nenhum veículo de mídia confiável. Vale dizer que as pesquisas de intenção de voto do BTG (que são feitas pelo Instituto FSB) acabam se tornando públicas (inclusive divulgadas no Youtube da instituição).

Apesar de a mensagem que circula online apontar que se trata de uma pesquisa de tracking (monitoramento) nada impede que a instituição a divulgue. Quem não costuma divulgar esse tipo de pesquisas são apenas os candidatos e partidos envolvidos na disputa (uma vez que as perguntas são, normalmente, direcionadas a estratégias de campanha).

Só mais uma informação para complementar. A última pesquisa “real” (que não é de tracking) do BTG/FSB foi divulgada no dia 22/10. Nela, Bolsonaro tinha 60% dos votos válidos e Fernando Haddad tinha 40% dos votos válidos. Assista à divulgação, publicada no canal oficial da instituição:

Então é isso. Nem tanto ao mar nem tanto à terra. Os números reais da pesquisa BTG/FSB divergem dos textos que estão circulando na internet. Ou seja: se você vir a mensagem falando “Tracking BTG que acabou de sair para o mercado financeiro” desconfie dos números e dê um “Google”. As chances de a história ser falsa são grandes.

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook e WhatsApp no telefone (61)99177-9164.

Compartilhe este artigo:

Edgard Matsuki

Jornalista e caçador de falcatruas na internet

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

error: Em vez de copiar o nosso conteúdo, compartilhe no Facebook :)