Pular para o conteúdo
Você está em: Página Inicial > Política > Governador de São Paulo Tarcísio de Freitas não testou carro movido à água em vídeo

Governador de São Paulo Tarcísio de Freitas não testou carro movido à água em vídeo

Tarcísio Gomes de Freitas dirigiu carro movido à água em vídeo, diz boato (Foto: Reprodução/Twitter)

Boato – Vídeo mostra Tarcísio de Freitas, governador de São Paulo, testando primeiro carro movido à água do mundo.

  Análise

Com os sintomas do aquecimento global cada vez mais evidentes, o mundo tem implorado pelo uso de energias renováveis. O desenvolvimento de novas tecnologias, menos poluentes, se tornaram uma meta para o planeta.

Nesse sentido, parece que o governador Tarcísio de Freitas está pensando no futuro. Isso porque, de acordo com uma história que está sendo compartilhada nas redes sociais, o governador de São Paulo testou um carro movido à água. Segundo o vídeo que circula junto da publicação, o governador Tarcísio de Freitas teria aprovado o primeiro carro movido à água e estaria pensando em usar a tecnologia, inclusive, nos ônibus do transporte público. Confira:

Vídeo: é falso que Lula foi flagrado beijando Suzanne von Richtofhen

“Já era Petrobrás! Tarcísio será o novo Elon Musk da política por trazer a primeira fábrica de carro movido a água! Ao final do seu Governo São Paulo será o Leme, a Roda Motora do Brasil”.

A história começou a ser bastante compartilhada nas redes sociais, em especial, no X (antigo Twitter) e deixou muita gente curiosa. Apesar disso, a publicação apresenta caráter vago (não fala onde, nem quando o teste ocorreu e muito menos dá detalhes sobre a empresa ou sobre o carro) e alarmista (como se São Paulo fosse se transformar em uma referência de carros movidos à água), além da falta de notícias sobre o assunto.

A partir daí, separamos três perguntas para explicar se essa história deve ser levada a sério ou não: 1) O Tarcísio de Freitas dirigiu um carro movido a água? 2) O que o carro que está sendo dirigido por Tarcísio tem de diferente? 3) Existe algum carro movido a água?

Checagem

O Tarcísio de Freitas dirigiu um carro movido a água?

Não. Em nenhum momento do vídeo, o governador Tarcísio Freitas ou as pessoas que o acompanham afirmam que o carro é movido à água. Nas imagens, é possível ler a frase “Ethanol to H2 – o hidrogênio verde e amarelo” nas portas do carro. Na publicação original, feita por Tarcísio, ele ainda explica que o carro foi testado na Universidade de São Paulo (USP).

O que o carro que está sendo dirigido por Tarcísio tem de diferente?

O automóvel nasceu a partir de um projeto desenvolvido pelo Centro de Pesquisa para Inovação em Gases de Efeito Estufa, em parceria com a USP, a FAPESP e iniciativas privadas. O carro que aparece no vídeo é um modelo Mirai, cedido pela Toyota para a aplicação do projeto. Ele utiliza hidrogênio como combustível, que é convertido em eletricidade e, por fim, expele água, não fumaça (como nos carros à combustão).

De acordo com a USP, o carro e três ônibus equipados com a tecnologia vão circular na Cidade Universitária, dentro da universidade. Para isso, a USP desenvolveu uma estação experimental de abastecimento de hidrogênio renovável (que é obtido a partir do etanol). A expectativa é que a estação esteja funcionando a partir do segundo semestre de 2024.

Existe algum carro movido a água?

Não. Em 2020, uma história chegou a apontar que um brasileiro teria inventado um carro movido à água. Um tempo depois, em 2021, uma nova história falsa apontou que um brasileiro teria inventado um carro à água que faria 1.000 km com um litro. Ambas as histórias foram desmentidas aqui no Boatos.org e, como explicamos na oportunidade, elas surgiram a partir de uma reportagem, publicada em 2015. Porém, as informações foram distorcidas e as histórias passaram a transmitir uma ideia errada.

Dito isso, os especialistas também refutaram a ideia. De acordo com eles, um carro movido à água é apenas uma lenda urbana. A água pura não é capaz de gerar energia por si só e não pode ser queimada dentro dos cilindros, isso impede que haja a explosão que faz com que os pistões e outros componentes se mexam, fazendo o carro andar.

O que existe hoje são projetos que usam água com eletrólitos como combustível. Por fim, mesmo sendo alternativas mais limpas que o diesel e a gasolina, os carros movidos à hidrogênio ainda têm chão pela frente, isso porque o gasto para produzir energia ainda é muito alto, se transformando em carros “gastões” e de menor eficiência quando comparados aos carros movidos à bateria.

Conclusão

Fake news ❌

O governador Tarcísio de Freitas não dirigiu um carro movido à água em um vídeo. Tarcísio, na verdade, testava o carro de modelo Mirai, da Toyota, movido à hidrogênio. Na oportunidade, o governador estreou o carro movido à hidrogênio na Universidade de São Paulo (USP), que desenvolveu um projeto junto ao Centro de Pesquisa para Inovação em Gases de Efeito Estufa, à FAPESP e  à iniciativa privada. Em nenhum momento, Tarcísio afirmou em sua fala que estava dirigindo um carro movido à água. Vale ressaltar que existem projetos que estão tentando utilizar água com eletrólitos como combustível, mas a água pura não é capaz de gerar energia por si só.

Ps: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo e-mail [email protected] e WhatsApp (link aqui: https://wa.me/556192755610)

 – Siga-nos no Facebook http://bit.ly/2OU3Zwz
 – Siga-nos no Twitter http://bit.ly/2OT6bEK
 – Siga-nos no Youtube https://bit.ly/3vZsrnd
 – Siga-nos no Instagram http://bit.ly/2syHnYU
 – Grupo no WhatsApp https://bit.ly/3ounmCN
 – Lista no Telegram https://bit.ly/2VSlZwK
 – Siga-nos no TikTok https://bit.ly/3yPELWj
 – Siga-nos no Kwai http://bit.ly/3zGePPm