Sarneyzinho chora que nem criança ao ser preso após ameaçar Alexandre de Moraes, mostra vídeo #boato

Boato – Vídeo mostra Sarneyzinho do Maranhão chorando igual criança, após ser preso por ameaçar o ministro Alexandre de Moraes

Se depender do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), os atos golpistas que se iniciaram após o resultado das eleições de 2022 não ficarão impunes. No dia 15 de dezembro de 2022, Moraes autorizou uma mega operação para colher provas sobre os atentados antidemocráticos em todo o país.

Na oportunidade, a Polícia Federal cumpriu pelo menos 80 mandados de prisão, quebra de sigilo bancário e bloqueio de contas de diversos empresários em 6 estados brasileiros mais o Distrito Federal. E o caso deu o que falar.

Confira também: É falso que Lulinha foi preso no Paraguai! Confira o desmentido em vídeo:

Clique e siga o Boatos.org no YouTube

De acordo com uma história que está sendo compartilhada nas redes sociais, Sarneyzinho do Maranhão, uma das pessoas presas durante a operação autorizada pelo ministro Alexandre de Moraes, teria chorado ao receber voz de prisão da Polícia Federal. Segundo a história, Sarneyzinho teria ameaçado de morte e até contratado homens para matar o ministro Alexandre de Moraes. Ainda segundo o vídeo que acompanha a publicação, ele aparece chorando bastante enquanto é levado por homens de terno e gravata.

Versão 1: “meu Deus! a fatura chegou, não adianta chora, vamos pegar o mito agora direita vocês So aprende assim na p0rrada, o dó”. Versão 2: “Lembram do Sarneyzinho do Maranhão? Sarneyzinho do Maranhão chora feito criança ao ser preso por ter ameaçado de morte o ministro Alexandre de Morais. Cadê a valentia agora? Vai ficar de mi mi mi e choradeira até quando!?”.

Versão 3: “*Sarneyzinho do Maranhão chora feito uma criança ao ser preso por ameaçar de morte o ministro Alexandre de Moraes.  XAN-DÃÃO…!”. Versão 4: “BOLSONARISTAS (BOLSOMÍNIOS) NA CADEIA JÁ! Pegaram o “SARNEYZINHO DO MARANHÃO”, Bolsonarista que, segundo ele, CONTRATOU homens para MATAR o ministro ALEXANDRE DE MORAES (TSE) Agora, o mesmo CHORA que nem uma CRIANÇA para não ser PRESO pela POLÍCIA FEDERAL. Vai vendo…”. 

Sarneyzinho chora que nem criança ao ser preso após ameaçar Alexandre de Moraes, mostra vídeo?

A informação causou um verdadeiro burburinho nas redes sociais, em especial, no Facebook, no Twitter e no Kwai. Apesar disso, a história não é bem assim. A explicação está na fisionomia da pessoa presa e na origem do vídeo.

O vídeo usado como prova possui caráter vago, alarmista e não apresenta fontes confiáveis. Essas são características presentes em fake news na internet.

Além disso, vídeos e fotos de pessoas falsamente identificadas e usadas em fake news não são novidade por aqui. A equipe do Boatos.org já desmentiu inúmeras delas, como a que dizia que o ex-jogador Gerson teria dito em um vídeo que Tite politizou a seleção brasileira. Também a que indicava que um vídeo mostraria que o filho do prefeito do PT teria apanhado após agredir policial e, por fim, a que apontava que o ator Fábio Assunção teria gravado um vídeo dizendo o que iria acontecer caso Bolsonaro fosse reeleito.

De fato, Antônio José Santos Saraiva, mais conhecido como Sarneyzinho do Maranhão, gravou vídeos ameaçando o ministro Alexandre de Moraes e afirmando que teria colocado homens em Brasília e em São Paulo para matá-lo. Sarneyzinho acabou preso no dia 16 de dezembro de 2022, durante uma operação da Polícia Federal, após o pedido do Ministério Público Federal (MPF).

O portal de notícias Imirante fez uma matéria sobre o assunto. Na reportagem, há vídeos e fotos mostrando o momento exato da prisão. Nas imagens é possível ver que Sarneyzinho está usando uma camiseta amarela com uma bermuda. Além disso, ele é diferente do homem que aparece no vídeo que acompanha a história de hoje. Se isso não bastasse, Sarneyzinho está sendo conduzido ao carro da Polícia Federal, no meio da rua, por agentes fardados.

Por fim, não encontramos o vídeo original, mas é possível ver com clareza que se tratam de duas pessoas diferentes. O homem que aparece no vídeo da história de hoje é um pouco mais jovem. Além disso, ele é chamado de “Luciano” pelos homens que o acompanham.

Em resumo: a história que diz que Sarneyzinho do Maranhão apareceu em um vídeo chorando após ser preso pela Polícia Federal por ameaçar o ministro Alexandre de Moraes é falsa! O homem que aparece no vídeo não é Sarneyzinho. O vídeo da prisão foi divulgado na mídia. Nele, é possível ver que Sarneyzinho foi preso usando uma camiseta amarela e uma bermuda. Além disso, ele foi conduzido por homens da polícia fardados. O homem que aparece no vídeo da história é mais novo e é chamado de Luciano. Ou seja, a história não passa de balela!

Ps: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo siteFacebook e WhatsApp no telefone (61) 99458-8494.

 – Siga-nos no Facebook http://bit.ly/2OU3Zwz
 – Siga-nos no Twitter http://bit.ly/2OT6bEK
 – Siga-nos no Youtube http://bit.ly/2AHn9ke
 – Siga-nos no Instagram http://bit.ly/2syHnYU
 – Grupo no WhatsApp http://bit.ly/2oQa6tD
 – Lista no Telegram https://bit.ly/2VSlZwK
 – Siga-nos no TikTok https://bit.ly/3yPELWj
 – Siga-nos no Kwai https://bit.ly/3cUbEso