Petição Lula Livre contribui para liberdade do ex-presidente Lula #boato

Boato – Assine a petição Lula Livre e compartilhe o link com amigos no WhatsApp. Se tiver muitas assinaturas, isso pode contribuir para a liberdade de Lula.

Há um dia, o Boatos.org falou de uma notícia falsa que apontava que era preciso um certo número de assinaturas (20 milhões, no caso) em uma petição para que se iniciasse o pedido de impeachment do presidente Jair Bolsonaro. Um dia depois, vamos falar de uma história parecida.

Outra petição está viralizando entre internautas favoráveis ao ex-presidente Lula. De acordo com a mensagem que apresenta o site, é preciso assinar uma petição para “contribuir para o reconhecimento da inocência de Lula”. Leia a mensagem (que viralizou no Facebook e WhatsApp) e a mensagem inicial do site:

Mensagem: Lula foi vítima de um golpe político e não merece estar preso. Vamos assinar essa petição em favor da liberdade de nosso companheiro e contribuir para o reconhecimento de sua inocência. Site: Petição pela liberdade do ex-presidente Lula Vamos lutar pela liberdade de Lula e mostrar que o povo não compactua com a injustiça de sua prisão! #lulalivre

Petição Lula Livre contribui para liberdade do ex-presidente Lula?

Não faltou gente compartilhando, assinando e deixando os dados. Só há um detalhe: a informação que aponta que a petição “Lula Livre” serve para alguma não procede. Como os motivos para você não acessar o site e assinar a petição “Lula Livre” são os mesmos que apresentamos no caso do “impeachment” de Bolsonaro. Reveja o que escrevemos (depois a gente volta com o “fato novo”):

Assim que batemos o olho na informação, já sabíamos do que se tratava. Os motivos são dois. O primeiro é (como falamos no início do texto) o histórico desse tipo de fake news. Assim como nos casos anteriores, a petição estava em um site clone do Avaaz e anunciava uma “meta” para que o pedido fosse aceito. Relembre abaixo:

O segundo é que a página que está viralizando segue aquele velho enredo de sites que visam roubar dados no WhatsApp. 1) Uma mensagem chamativa aparece no aplicativo. 2) Você é instado a entrar em uma página, deixa seus dados e responde a perguntas. 3) Há o pedido para que você compartilhe um link com amigos. 4) Nada acontece. O vídeo abaixo explica:

Para além disso, o próprio PT, por meio da seção “anti-fake” do seu site oficial, desmentiu a história. A página apontou que o único documento oficial para pedir a liberdade de Lula está no site oficial do partido. Leia:

Petições falsas pedindo a liberdade do ex-presidente Lula estão sendo criadas e compartilhadas nas redes sociais e aplicativos de mensagens. O único documento oficial que reivindica a liberdade de Lula é o abaixo-assinado, que está disponível em seis idiomas e pode ser preenchido online. A mobilização será entregue ao STF e pede que a injustiça cometida contra Lula seja revertida. Qualquer petição com o mesmo objetivo é falsa e não possui suporte legal, ajude a denunciar.

Resumindo: a petição que viralizou na internet e aponta para a liberdade do ex-presidente Lula é falsa. Além de ser uma isca para golpes em redes sociais, ela não é endossada por aliados do ex-presidente. Fim.

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook e WhatsApp no telefone (61)99177-9164. 

Edgard Matsuki

Jornalista e caçador de falcatruas na internet

error: Em vez de copiar o nosso conteúdo, compartilhe no Facebook :)