Deputado Paulo Pimenta chama nordestinos de porcos em post no Facebook #boato

Boato – Após visita de Bolsonaro à região Nordeste, deputado Paulo Pimenta (PT-RS) disse que nordestinos são porcos em post no Facebook.

Com quase cinco meses de governo, o presidente Jair Bolsonaro fez a sua primeira visita a cidades da região Nordeste. A ida de Bolsonaro à região na qual teve menor porcentagem de votos criou expectativas de protestos (algo que não se consolidou em grande volume). O que não faltou foi um boato relacionado ao evento.

De acordo com textos que circulam na internet, o deputado Paulo Pimenta (PT-RS) não ficou muito feliz com a recepção dos nordestinos a Bolsonaro. Por meio do Facebook, ele teria publicado um post os xingando de porcos. A suposta declaração viralizou por meio de print e recebeu inúmeros comentários. Leia:

Publicação: Deputado do PT chama o povo nordestino de porco, apaga o post, mas a nossa senhora do print não perdoa: Ao ver pessoas aplaudindo Bolsonaro no nordeste, me lembrei daquela frases que diz, você pode dar banho no porco deixa ele limpinho que sempre ele vai querer voltar pra lama.

Comentário 1: Paulo Pimenta no fiofó dos outros deixando bem claro o que ele pensa dos nordestinos .Já eu penso o contrário: PORCO É ELE!!! Comentário 2: É ISSO QUE ESSA QUADRILHA DO PT PENSA DO POVO DO NORDESTE, QUE SÃO COMO PORCOS. – Irmãos NORDESTINOS, nunca se esqueçam disso.

Comentário 3: Paulo Pimenta, deputado do PT, mostra o que pensa sobre o povo do nordeste. Não se enganem. Ele não é exceção a regra. Todo o político de esquerda pensa que é um ser iluminado e que o povo deve ser agradecido a ele enquanto vivem na miséria a base de migalhas do estado. Comentário 4: Que falta de respeito em seu Paulo Pimenta?!

Deputado Paulo Pimenta chamou nordestinos de porcos em post no Facebook?

Como foi possível de se ver, o que não faltaram foram comentários a respeito da suposta declaração. Mas será mesmo que Paulo Pimenta chamou os nordestinos de porcos em um post no Facebook? A resposta é não. Calma aí que a gente explica tudo para vocês.

Quando batemos o olho da publicação, já ficamos desconfiados. Além de ter características de boatos, é possível de se notar que ela tem inúmeros erros de português. Soa estranho um perfil oficial de um político (que tem profissionais o administrando) deixar passar tantos erros.

Há outro detalhe. A foto utilizada no print é da página do deputado no Facebook. Porém, o ícone que aparece na publicação (que, no Facebook, serve para indicar que a mensagem é pública) mostra que ela teria sido “apenas para amigos”. Só tem um detalhe: páginas não publicam “só para amigos”. Outro detalhe, Pimenta usa, no perfil pessoal, uma foto diferente da mostrada no print.

Além disso, o “formato da publicação” é propício a boatos. E aí vai uma “regra de ouro”: sempre que você vir um print polêmico atribuído a alguém, desconfie. Há grandes chances (como nesses casos, envolvendo Maria do Rosário, Bolsonaro e Sérgio Moro) de ser falso.

Para saber mais a respeito, resolvemos buscar por publicações que repercutiram a suposta declaração. Neste sentido, é possível de se pressupor que, mesmo que a mensagem tivesse sido apagada, haveriam publicações em fontes confiáveis (sim, a mídia está de olho nas redes sociais) falando no assunto. Porém, nada encontramos sobre a tal declaração em fontes confiáveis.

Mais uma busca e batemos o martelo: o próprio deputado desmentiu que tenha dado a tal declaração sobre o assunto. Em sua página no Facebook, ele publicou o desmentido e disse “não compartilhe mentiras. Denuncie”.

Resumindo: a história que aponta que o deputado federal Paulo Pimenta chamou nordestinos de porcos após visita de Bolsonaro à região é falsa. Não há qualquer registro em fontes confiáveis sobre o assunto, há erros técnicos que inviabilizam a veracidade do print e o próprio deputado já desmentiu o causo. Fim de papo.

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook e WhatsApp no telefone (61)99177-9164.

Compartilhe este artigo:

Edgard Matsuki

Jornalista e caçador de falcatruas na internet

error: Em vez de copiar o nosso conteúdo, compartilhe no Facebook :)