Maria do Rosário chama Moro de Hitler do Judiciário e diz que corrupção é cultural #boato

Boato – A deputada Maria do Rosário (PT-RS) publicou um post em que chamou o ministro da Justiça Sérgio Moro de “Hitler do Judiciário”, criticou o projeto de lei anticrime e disse que corrupção é algo cultural.

Com os holofotes do legislativo voltados à votação da reforma da Previdência, o pacote anticrime, sugerido pelo ministro da Justiça Sérgio Moro, está, de certa forma, em “standby” na Câmara dos Deputados. Mesmo assim, fake news relacionadas ao projeto de lei continuam a circular na internet. Uma delas usa, além do nome de Moro, o nome da deputada Maria do Rosário.

De acordo com publicações em redes sociais, Maria do Rosário teria dito, em uma publicação no Twitter, que o PT é contra o pacote anticrime porque a “corrupção é cultural”. De quebra, teria chamado Sérgio Moro de “Hitler do Judiciário”. Leia a mensagem que circula online:

Maria do Rosário #LulaLivre @Mrosarioofc Esse projeto de lei anti crime do Moro, Hitler do judiciário, que punir a corrupção. Um absurdo, corrupção é algo.cultural no Brasil e forma de governo de TODOS os presidentes desde a redemocratização. Acabar com isso é acabar com a essência política brasileira #PtéContra

Maria do Rosário chamou Moro de Hitler do Judiciário e disse que corrupção é cultural?

É claro que a suposta publicação iria viralizar na internet (principalmente entre as pessoas que não têm muita simpatia pela deputada). Mas será mesmo que Maria do Rosário deu a tal declaração sobre Moro e seu projeto? A resposta é não. Vamos aos fatos.

Ao bater o olho na informação, já ficamos desconfiados. Isso porque a mensagem tem tantos erros de português que é improvável de ter saído um perfil de um político famoso (que sempre passa pela revisão de assessores). Junte isso ao fato de a tal declaração ser um print e não um link (como em todos os casos de boatos envolvendo publicações na internet) e as desconfianças aumentam.

Ao buscar pela tal declaração de Maria do Rosário sobre Moro, nada encontramos. É fato que (como quase todo defensor do “Lula Livre”) ela não morre de amores pelo ministro da Justiça (inclusive já o criticou publicamente) e também já criticou o pacote anticrime. Porém, não há nada sobre ela comparar Moro a Hitler ou dizer que a “corrupção é cultural”.

Sem nada, procuramos mais detalhes sobre o print e logo descobrimos que a publicação não é do perfil oficial de Maria do Rosário. O Twitter dela é @mariadorosario. O perfil citado (que agora está suspenso) é o @Mrosarioofc. O perfil foi deletado, mas a descrição antiga era a seguinte: “Sátira, piada, não real, ok”. Vale dizer que a Agência Lupa também descreveu o perfil como “de sátira” em um desmentido sobre o caso.

Resumindo: a história que aponta que Maria do Rosário chamou Sérgio Moro de Hitler do Judiciário e que disse que a corrupção é cultural é falsa. A publicação foi feita por um perfil satírico e está sendo compartilhada como real.

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook e WhatsApp no telefone (61)99177-9164.

Compartilhe este artigo:

Edgard Matsuki

Jornalista e caçador de falcatruas na internet

error: Em vez de copiar o nosso conteúdo, compartilhe no Facebook :)