Marcelo Freixo reclama de prisão de suspeito pela morte de PM na Casa & Vídeo #boato

Boato – Em publicação no Twitter, Marcelo Freixo reclamou da prisão do homem que matou um PM na Casa & Vídeo, no Rio de Janeiro, e pediu apuração contra policiais que o prenderam.

A morte de um cabo da PM do Rio de Janeiro durante um assalto e a prisão dos suspeitos do crime têm gerado debates na internet e, também, fake news. Há pouco tempo, o Boatos.org desmentiu a informação que apontava que o PSOL havia contratado advogados para o homem que atirou no policial. Agora, uma história que envolve o deputado federal Marcelo Freixo (PSOL/RJ) circula online.

Um print de uma suposta publicação de Marcelo Freixo começou a viralizar em redes sociais. Na declaração, Freixo teria reclamado da prisão do suspeito pela morte do PM e pedido uma “apuração com rigor” contra os policiais. Leia a mensagem que circula online:

Marcelo Freixo. O suspeito pela morte do PM na Casa & Video acaba de ser preso. além de ter sua imagem exposta de forma ilegal, apresenta várias marcas de agressão no rosto e na camisa. isso deve ser apurado com rigor.

Marcelo Freixo reclamou da prisão de suspeito pela morte de PM na Casa & Vídeo?

O print circulou com muita força na internet e deixou muita gente com os dedinhos “apontados para Marcelo Freixo”. Porém, a informação que aponta que ele teria dado a tal declaração sobre o homem que matou o PM é falsa.

Não é de hoje que fake news sobre o deputado aparecem depois de casos de prisões ou mortes de homens acusados de crimes. Já desmentimos, por exemplo, informações falsas que apontavam que ele teria lamentado a morte de Elias Maluco e de um assaltante morto por uma PM que reagiu a um assalto.

Para além disso, a suposta publicação é, no mínimo, estranha. Além de ter erros de português (algo não muito lógico em publicações de figuras públicas), o layout não lembra muito o do Twitter. Dá a impressão de que é uma montagem.

Impressão que vira certeza ao olharmos a página no Twitter do próprio Freixo. Além de não ter nenhuma informação sobre o tal tuíte, o próprio Marcelo Freixo desmentiu a informação por meio da rede social.

Em uma publicação, ele disse o seguinte: “URGENTE! Bolsonaristas estão usando de forma nojenta o assassinato covarde do PM Derinaldo Cardoso para espalhar mentiras sobre mim e o PSOL. É monstruoso utilizar politicamente a morte de um policial para mentir e caluniar adversários. Nos ajudem a espalhar a verdade!”.

Em outra, ele disse o seguinte: “ESSE TUÍTE É FALSO E NÃO FOI ESCRITO POR MIM. Mais uma vez as milícias digitais estão espalhando fake news, agora usando o covarde assassinato do cabo PM Derinaldo Cardoso para me caluniar. Estou acionando a Polícia Civil para que os responsáveis sejam identificados e punidos”.

Vale dizer que o próprio Freixo já havia manifestado solidariedade ao PM que morreu. Em publicação no dia 5 de dezembro, o deputado escreveu o seguinte: “Meus sentimentos aos familiares de Derinaldo Cardoso, PM brutalmente assassinado cumprindo seu trabalho. A alta mortalidade de policiais em serviço é uma triste realidade do estado de violência que o RJ vive. Quantas mais vidas serão perdidas nessa guerra sem vencedores?”.

Resumindo: a história que aponta que o deputado federal Marcelo Freixo escreveu um texto questionando a prisão do homem suspeito de matar um Policial Militar na “Casa & Vídeo” é falsa. Trata-se de mais uma montagem que usa o nome do deputado e viraliza na internet.

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook e WhatsApp no telefone (61)99458-8494.

– Siga-nos no Facebook http://bit.ly/2OU3Zwz
– Siga-nos no Twitter http://bit.ly/2OT6bEK
– Siga-nos no Youtube http://bit.ly/2AHn9ke
– Siga-nos no Instagram http://bit.ly/2syHnYU
– Grupo no WhatsApp http://bit.ly/2XrGSBD
– Lista no Telegram https://bit.ly/2VSlZwK

Edgard Matsuki

Jornalista e caçador de falcatruas na internet