Lula tem 250 milhões de euros escondidos em banco no Vaticano #boato

Boato – Descobriram que o ex-presidente Lula tem uma conta com nada menos do que 250 milhões de euros em um banco no Vaticano.

Um dos motivos que estão fazendo com que fake news antigas voltem a circular é o crescimento de novas formas de criação de conteúdo. Já falamos em um A Semana em Fakes que aplicativos como o TikTok e o Kwai tem sido muito utilizadas em balelas como essa. Hoje, temos mais um exemplo de conteúdo “requentado”.

Um vídeo de um homem falando que o ex-presidente Lula teria 250 milhões de euros em um banco no Vaticano está circulando na Internet. “Lula tem 250 milhões de euros escondidos no Banco do Vaticano”, diz a mensagem que circula por aí junto com o vídeo.

Lula tem 250 milhões de euros escondidos em banco no Vaticano?

A acusação não demorou a se espalhar com todas as forças na Internet. Porém, não é verdade que foi descoberta a tal conta no Vaticano de Lula. Na realidade, esta balela já foi desmentida no Boatos.org em outras ocasiões. Como o desmentido de outrora vale para hoje, relembre o que foi escrito:

Na realidade, há mais que relembrar do que explicar. Isso porque o tal documento “apresentado como prova” pelo suposto padre no vídeo (e pelas mensagens soltas no Facebook que, por sinal, têm as principais características de boatos online e até “erram” o valor apresentado no vídeo) já teve a sua falsidade comprovada. Relembre o que escrevemos sobre as “provas” no “caso Maduro”:

A pesquisa sobre essa história também indicou outra coisa: o caso é uma evolução de um boato iniciado em janeiro de 2019, na Colômbia. Na época, uma reportagem havia denunciado que o ex-presidente da Colômbia, Juan Manuel Santos, teria contas secretas no Vaticano. De quebra, o texto também indicou que ‘outros presidentes de esquerda’ (Maduro, Lula, Kirchner) também estariam envolvidos no esquema.

Foi aí que o Vaticano resolveu se pronunciar e desmentir toda a informação. Após um dia da publicação da matéria, a Santa Sede afirmou que, ao contrário do que sugere a reportagem, nenhum líder latino-americano possui contas secretas nos bancos do Vaticano. Como se isso não bastasse, após alguns dias, um site de fact-checking colombiano resolveu fazer uma análise sobre o caso. E bem, eles chegaram à conclusão de que a história era… falsa!

De acordo com a página Colômbia Check, o Instituto para Obras de Religião (IOR ou também conhecido como Banco do Vaticano) não é um banco normal. As transferências são destinadas a trabalhos religiosos ou à caridade. Além disso, desde 2013, de forma anual, o instituto publica relatórios financeiros de suas operações.

O site também chama atenção para o fato que as provas usadas na reportagem são inconsistentes. Na carta do presidente do IOR, por exemplo, é possível ver que a assinatura foi recortada de outro documento e colada na carta. Além disso, os documentos estão escritos em espanhol e não italiano (língua oficial do Vaticano).

Outra inconsistência é a taxa de juros apresentada na suposta carta do IOR. O presidente da Câmara do Comércio de Cali alertou que uma taxa de 9% em um banco europeu é impossível. Ele ainda indicou que, nesses lugares, as taxas anuais costumam ser perto de 0.

Por fim, se a fonte da informação na Colômbia foi considerada falsa, a ‘evolução do boato’ na Venezuela também não é real, uma vez que a história surgiu da reportagem que já foi desmentida em terras colombianas.

Vamos recapitular. A história que está sendo apresentada como recente na tal entrevista feita na Argentina surgiu na Colômbia e já tinha sido desmentida por lá e na Venezuela. Após a tal “entrevista bomba”, sites bolivianos também desmentiram a informação. Não bastasse tudo que havia sido dito, há outros documentos que foram apresentados contra Evo Morales e, na realidade, são falsos.

Ou seja: as “provas documentais” que teriam sido apresentadas contra o presidente Lula já foram classificadas como falsas em diversos países da América do Sul e pelo próprio Vaticano. É de se pressupor que se o documento é comprovadamente falso com Santos, Maduro e Morales continua sendo falso com Lula, Kirchner, Bachelet, Correa e tantos outros que vierem.

Resumindo: é falsa a história que aponta que foi descoberta uma conta de Lula no valor de 250 milhões de euros no Vaticano. Trata-se de uma fake news que só voltou a circular em 2022 porque foi compartilhada em uma mídia social diferente.

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo siteFacebook e WhatsApp no telefone (61) 99458-8494.

 – Siga-nos no Facebook http://bit.ly/2OU3Zwz
 – Siga-nos no Twitter http://bit.ly/2OT6bEK
 – Siga-nos no Youtube http://bit.ly/2AHn9ke
 – Siga-nos no Instagram http://bit.ly/2syHnYU
 – Grupo no WhatsApp https://bit.ly/3uwu4ra
 – Lista no Telegram https://bit.ly/2VSlZwK
 – Siga-nos no TikTok https://bit.ly/3yPELWj
 – Siga-nos no Kwai https://bit.ly/3cUbEso

Edgard Matsuki

Jornalista e caçador de falcatruas na internet