Pular para o conteúdo
Você está em: Página Inicial > Política > Lula e Caixa vão cobrar taxa do Pix de R$ 8,00 a partir de 19 de julho #boato

Lula e Caixa vão cobrar taxa do Pix de R$ 8,00 a partir de 19 de julho #boato

Lula e Caixa vão cobrar taxa do Pix de R$ 8,00 a partir de 19 de julho, diz boato (Foto: Reprodução/WhatsApp)

Boato – O presidente Lula e a Caixa anunciaram que vão cobrar uma taxa de R$ 8,00 por transferência Pix de todas as pessoas a partir de 19 de julho.

O Pix é, de fato, um prato cheio para informações falsas, erradas e/ou distorcidas. A mais nova história que está circulando em redes sociais aponta para uma decisão do presidente Lula e da Caixa Econômica Federal: de cobrar uma taxa de Pix dos brasileiros.

Um vídeo da Jovem Pan compartilhado inicialmente por uma conta no Kwai e que viralizou, principalmente, no WhatsApp está acompanhado de uma legenda que aponta que Lula decidiu começar a cobrar uma taxa de Pix de R$ 8,00 por transação.

No vídeo, uma apresentadora e um repórter apontam que a cobrança vai ser feita pela Caixa Econômica Federal e é dado os valores. O máximo seria de R$ 8,50. “Lula Valor da taxa do Pix R$ 8,00 agora a partir de 19 de julho”, diz legenda. Leia a transcrição do vídeo:

Vídeo: É falso que vacina da gripe tenha "vírus do câncer"

Ai cobrar tarifas sobre operações feitas por Pix. Sabe o que sobre o valor que deverá ser cobrado? A medida vale a partir do mês que vem, dia 19 de julho. Fizerem uso dessa ferramenta de pagamentos instantâneos, o PIX, a partir do mês que vem do dia 19 de julho.

Caixa Econômica Federal anunciou ontem à noite que vai começar a realizar essa cobrança. Práticas ela começou a valer em novembro de 2020. Então a Caixa Econômica Federal vai começar a fazer essa cobrança. Hum estão em da taxa.

A Caixa vai fazer três tipos de cobranças diferentes, são três modalidades. Tem o Pixout, o Pix de compra e o Pix de transferência. Todas essas modalidades elas terão uma cobrança mínima, né? Uma taxa mínima de R$ 1.

E também uma taxa máxima, no caso do Pix de transferência, que é a operação mais simples e mais comum, a taxa máxima que será cobrada é de R$ 8,50 e nas outras duas modalidades essa taxa pode chegar ao teto de R$ 130.

Análise da mensagem que circula online

Neste caso, a análise não é simples. Temos que fazer, primeiro, a análise da legenda do vídeo. Ela dá a entender que Lula aplicou a cobrança do Pix para todas as pessoas a partir de 19 de julho. A mensagem tem algumas características de fake news como o tom alarmista e os erros de português.

A outra parte do conteúdo é o vídeo da Jovem Pan. Ele mostra que a cobrança vai se restringir à Caixa Econômica Federal. Mas dá a entender que a cobrança será de todas as pessoas. O conteúdo até é de uma fonte confiável (apesar do viés, a Jovem Pan é um veículo de mídia).

Ao pensarmos sobre o histórico do conteúdo, precisamos relembrar que não é de hoje que informações falsas sobre o Pix ser taxado circulando na internet. Desmentimos fake news similares em janeiro, fevereiro e em junho.

Todo o enredo nos levanta três questões (que esperamos elucidar o caso de vez). A primeira é se Lula definiu a tal taxa de R$ 8,00 para todas as pessoas. A segunda é se a Caixa vai cobrar a taxa de Pix de todas as pessoas. A terceira é se a Caixa vai ter alguma cobrança de Pix a partir de 19 de julho.

Lula definiu a tal taxa do Pix de R$ 8,00 para todas as pessoas?

Não. Não há qualquer plano do governo federal de realizar cobranças de taxas de Pix de todas as pessoas. Na realidade, a história surgiu após um comunicado real do mês passado no qual a Caixa anunciou que realizaria a cobrança para Pessoas Jurídicas. O Pix continua gratuito para pessoas físicas.

A Caixa vai cobrar a taxa de Pix de todas as pessoas?

Não. Apesar de o vídeo ser de um veículo de mídia, foi feita uma alteração no conteúdo. Foram suprimidos trechos que falavam que a Caixa realizaria a cobrança apenas de Pessoas Jurídicas e que MEIs e Pessoas Físicas continuariam isentos de taxas. A matéria original deixa claro que a cobrança seria apenas para Pessoas Jurídicas.

A Caixa vai ter alguma cobrança de Pix a partir de 19 de julho?

Você deve ter se perguntado, então, se a Caixa faria a tal cobrança de Pessoas Jurídicas. Pois bem, a resposta também é não. Isso porque após repercussão negativa, a Caixa decidiu (após ordem de Lula) suspender qualquer cobrança de Pix a partir de 19 de julho. Vale apontar que cobranças para PJ já são realizadas por alguns bancos e a decisão fica por conta de cada instituição.

Resumindo: a história que está circulando na internet é falsa. Lula não definiu nenhuma cobrança de Pix para todas as pessoas, o vídeo da Jovem Pan que viralizou foi alterado e a Caixa suspendeu a cobrança até para PJ.

Ps: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo siteFacebook e WhatsApp no telefone (61) 99458-8494.

 – Siga-nos no Facebook http://bit.ly/2OU3Zwz
 – Siga-nos no Twitter http://bit.ly/2OT6bEK
 – Siga-nos no Youtube https://bit.ly/3vZsrnd
 – Siga-nos no Instagram http://bit.ly/2syHnYU
 – Grupo no WhatsApp https://bit.ly/3ounmCN
 – Lista no Telegram https://bit.ly/2VSlZwK
 – Siga-nos no TikTok https://bit.ly/3yPELWj
 – Siga-nos no Kwai http://bit.ly/3zGePPm