Homem que sentou em cadeira do STF durante manifestação tirou foto com Alexandre de Moraes e Lula usando boné CPX #boato

Boato – Está revelada a verdade. O homem que se sentou na cadeira do STF durante manifestações golpistas de 8 de janeiro foi flagrado com Alexandre de Moraes e Lula em fotos antigas.

Duas semanas após as manifestações golpistas do dia 8 de janeiro de 2023, as fake news sobre o assunto continuam circulando na internet. Muitas delas tentam “livrar” (de forma falsa, claro) a extrema direita da culpa da depredação nos prédios dos três poderes na Esplanada dos Ministérios.

A última das histórias que circula online surgiu por meio de montagens de diversas fotos. Em uma delas, é mostrado um homem que se sentou na cadeira do STF durante os atos de depredação. Em outras, são mostradas fotos de um homem com o “boné CPX” junto a autoridades como Lula e Alexandre de Moraes.

Confira também: É falso que Lulinha foi preso no Paraguai! Confira o desmentido em vídeo:

Clique e siga o Boatos.org no YouTube

Juntos às imagens, estão circulando mensagens que apontam que o manifestante golpista da primeira imagem seria a mesma pessoa que se reuniu com Lula e Alexandre de Moraes. Leia a mensagem que circula online:

Manifestante que gravou vídeo sentado na cadeira de Alexandre de Moraes segurando uma máscara para se proteger do efeito de Bombas de Gás lacrimogêneo na hora do quebra quebra dentro do STF é o mesmo que abraça Lula e o próprio AM em foto muito felizes!!! (ATENÇÃO PARA O BONÉ) Terrorista que sentou na cadeira do ministro da invasão de domingo

Homem que sentou em cadeira do STF durante manifestação tirou foto com Alexandre de Moraes e Lula usando boné CPX?

Assim como em tantos casos com acusação de “infiltrados”, o que não faltou foi compartilhamento da mensagem em questão. Só que é falsa a informação de que o homem que se sentou na cadeira do STF seja o mesmo homem que se encontrou com Alexandre de Moraes e Lula.

A mensagem, para começar, segue aquele mesmo roteiro velho das fake news na internet. Os textos que circulam online são vagos, alarmistas, têm erros de português e não citam qualquer fonte confiável que confirme a veracidade da informação.

Não bastasse isso, o histórico de fake news que tentam imputar os atos de depredação durante a manifestação de cunho golpista a infiltrados é vasto. Já desmentimos, só para citar alguns exemplos, mensagem falsa sobre “integrante do MST” em atos, sobre “túnel secreto para infiltrados” e outras.

Assim como nos outros casos, o que está ocorrendo é uma falsa identificação. O homem que se sentou na cadeira do STF foi identificado pela polícia como Fábio Alexandre de Oliveira. Ele é mecânico da cidade de Penápolis (SP).

Já o homem que tirou a foto com o ministro do STF Alexandre de Moraes e com Lula é Raull Santiago, da Voz das Comunidades. A imagem com o ministro do STF foi publicada por Renê Silva, que também é membro do grupo comunitário. A com Lula está nesta matéria do O Globo. Depois que a fake news se espalhou, o próprio Raull desmentiu a balela. Veja o que ele escreveu:

É isso, virei o ALVO CENTRAL dos BOLSONAZISTAS que insistem em dizer que eu estava em BSB, ontem, orquestrando a depredação como infiltrado no ato terrorista deles!

Resumindo: é falsa a informação que aponta que o homem que se sentou na cadeira do STF durante atos golpistas é o mesmo que se encontrou com Alexandre de Moraes e Lula. São pessoas diferentes e a história é mais uma fake news que circula por aí.

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook e WhatsApp no telefone (61) 99458-8494.

 – Siga-nos no Facebook http://bit.ly/2OU3Zwz
 – Siga-nos no Twitter http://bit.ly/2OT6bEK
 – Siga-nos no Youtube http://bit.ly/2AHn9ke
 – Siga-nos no Instagram http://bit.ly/2syHnYU
 – Grupo no WhatsApp https://bit.ly/3uwu4ra
 – Lista no Telegram https://bit.ly/2VSlZwK
 – Siga-nos no TikTok https://bit.ly/3yPELWj
 – Siga-nos no Kwai https://bit.ly/3cUbEso

Edgard Matsuki

Jornalista e caçador de falcatruas na internet