Haddad diz que policial não deve andar armado, que bandido é cidadão de bem e que vai acabar com a Rota #boato

Boato – Fernando Haddad, candidato ao governo do estado de São Paulo declarou que vai acabar com a Rota, que policial não deve andar armado, que bandido é cidadão de bem, entre outras coisas.

Nas eleições de 2018, o então candidato à Presidência da República Fernando Haddad sofreu muito com fake news na internet. Agora candidato ao governo de São Paulo, Haddad ainda é alvo de desinformação (em volume menor, claro). A prova disso é uma série de declarações atribuídas a ele.

De acordo com o texto que circula por aí, Fernando Haddad teria dado diversas declarações contrárias à polícia de São Paulo. Ele teria falado, entre outras coisas, que policial só andaria armado em serviço, que o bandido é cidadão de bem e que iria acabar com a Rota. Leia a mensagem que circula online:

POLICIAL SÓ TEM Q. ANDAR ARMADO EM SERVIÇO, NA FOLGA VAI DEIXAR ARMA NO QUARTEL; VAMOS CRIAR UM REDE SOCIAL PRÓPRIA PARA MONITORAR PMs EM TEMPO INTEGRAL; A POLİCIA TEM Q. ENTENDER Q.O BANDIDO TBM É UM CIDADÃO DE BEM; HAVENDO OCORRÉNCIA COM MORTE, O POLICIAL SERÁ EXONErADO;

NÃO ACHO Q.POLICIAL GANHA POUCO; É INACEITÁVEL QUALQUER ATIVIDADE NA HORA DE FOLGA; A ROTA PRECISA SER EXTINTA; NÃO ACHO JUSTO UM DELEGADO FAZER FLAGRANTE DE UM JOVEM Q. ESTAVA COM UM QUILO DE MACONHA… (Fernando Haddad) Candidato a Governador SP.

Haddad disse que policial não deve andar armado, que bandido é cidadão de bem e que vai acabar com a Rota?

Opositores de Fernando Haddad usaram e abusaram da mensagem na imagem em questão. Porém, é falso que o candidato a governador de São Paulo tenha dado qualquer declaração a respeito do assunto.

A mensagem em si e o história de boatos deste naipe já nos deixam desconfiados da veracidade da informação. O texto que circula online tem características de fake news como o caráter vago, o tom alarmista, erros de português e a falta de citação de fontes confiáveis que comprovem as tais declarações.

Para além disso, fake news sobre declarações falsamente atribuídas a figuras públicas são comuns na internet. Na história do Boatos.org, já desmentimos, por exemplo, fake news que apontavam que o próprio Fernando Haddad teria dito que a criança é propriedade do estado, que Maduro era muito bom e que a igreja iria pagar por não apoiar Lula.

Ao buscar pelas tais falas que estão circulando por aí, chegamos à conclusão: Haddad não deu nenhuma das declarações descritas na mensagem. Não há qualquer publicação em redes sociais dele, vídeo ou mesmo relato em fontes confiáveis que apontam para as tais declarações.

Mais do que isso: ao buscar pela história em si, descobrimos que, assim como em tantos outros casos, ela brotou em redes sociais. Ou seja: surgiu em mensagens do “zap” e do “feice”.

Resumindo: Fernando Haddad não deu qualquer declaração a respeito da polícia, bandidos e tampouco disse que vai acabar com a Rota. As declarações que circulam por aí foram falsamente atribuídas a ele.

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo siteFacebook e WhatsApp no telefone (61) 99458-8494.

 – Siga-nos no Facebook http://bit.ly/2OU3Zwz
 – Siga-nos no Twitter http://bit.ly/2OT6bEK
 – Siga-nos no Youtube http://bit.ly/2AHn9ke
 – Siga-nos no Instagram http://bit.ly/2syHnYU
 – Grupo no WhatsApp https://bit.ly/3uwu4ra
 – Lista no Telegram https://bit.ly/2VSlZwK
 – Siga-nos no TikTok https://bit.ly/3yPELWj
 – Siga-nos no Kwai https://bit.ly/3cUbEso

Edgard Matsuki

Jornalista e caçador de falcatruas na internet