Haddad diz que criança após os cinco anos é propriedade do Estado #boato

Boato – O candidato à Presidência da República Fernando Haddad (PT) afirmou que, ao completar cinco anos, a criança passa a ser propriedade do Estado e é o governo que escolherá quem será menino ou menina.

É fato que a corrida eleitoral está entrando em uma fase de definições. No momento (claro que tudo pode mudar), os candidatos favoritos para ir ao segundo turno da corrida eleitoral são Jair Bolsonaro (PSL) e Fernando Haddad (PT). O possível confronto entre os dois no segundo turno já está sendo repercutido nas fake news. Um lado vive compartilhando informações falsas sobre outro.

A última história que circula online aponta que o candidato Fernando Haddad teria dado uma declaração, no mínimo, polêmica. O candidato do PT teria falado que as crianças após os cinco anos de idade passam a ser propriedade do Estado e que o governo poderia escolher quem é menino e menino. Leia a mensagem que circula online:

Inaceitável! Ao completar 5 anos de idade, a criança passa a ser propriedade do Estado! Cabe a nós decidir se menino será menina e vice-versa! Aos pais cabe acatar a nossa decisão respeitosamente! Sabemos o que é melhor para as crianças! Fernando Haddad

Haddad diz que crianças são propriedade do Estado após os cinco anos?

A imagem do candidato do PT com a “frase” se espalhou muito. No Facebook, a mensagem teve mais de 130 mil compartilhamentos em um dia. Mas será mesmo que Fernando Haddad disse isso? A resposta é não. Vamos aos fatos.

Ok, o design da mensagem é bonitinho e não vimos erros crassos de ortografia. Mesmo assim, podemos cravar que a mensagem que circula online tem três características primordiais de boatos online: é vaga (não diz onde, quando e em que situação Haddad teria dito isso), alarmista e não cita nenhuma fonte confiável. Isso já nos deixa desconfiados.

Deveríamos supor que, se um candidato à Presidência da República tivesse falado algo sobre o Estado ser “dono” das crianças, a declaração viraria notícia em toda mídia. Porém, nada encontramos ao buscar sobre a tal declaração. Nem em entrevistas, nem em vídeo, nem em redes sociais. Só isso já enfraquece a tese.

Só para garantir, resolvemos buscar a informação no programa de governo de Haddad. Não há nenhum trecho que fale que as crianças serão “propriedade do Estado” após os cinco anos e tampouco qualquer informação sobre o Estado decidir quem é menino ou menina.

Resumindo: a história que aponta que Fernando Haddad disse que crianças após os cinco anos de idade são propriedade do Estado é falsa. Ao buscar sobre a história, descobrimos que ela foi “tirada do nada” e publicada apenas em páginas contrárias ao candidato do PT.

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook e WhatsApp no telefone (61)99177-9164.

Compartilhe este artigo:

Edgard Matsuki

Jornalista e caçador de falcatruas na internet

error: Em vez de copiar o nosso conteúdo, compartilhe no Facebook :)