Governo Bolsonaro cria projeto de construção de Ferrovia do Sol, de São Luís a Salvador #boato

Boato – Projeto Ferrovia do Sol foi criado pelo governo Bolsonaro e vai ligar São Luís (MA) a Salvador (BA), passando pela costa nordestina.

Se locomover dentro do Brasil, por vezes, é uma tarefa extremamente complicada. Dependemos, basicamente, de dois tipos de meio de transporte: o aéreo e o terrestre. Em alguns lugares, como no percurso Sudeste-Norte, a distância é tamanha que usar um ônibus está fora de cogitação. Enquanto isso, as passagens de avião são bastante caras.

Quer se livrar de boatos? Clique para curtir o Boatos.org

Siga o Boatos.org no Twitter:


Se inscreva no nosso canal no Youtube

 

Receba as nossas atualizações no grupo do WhatsApp (só postagens do administrador, não se preocupem): http://bit.ly/2Z5PgE0

Confira o nosso Instagram:

Instagram

Lista no Telegram
https://bit.ly/2VSlZwK

E esse dilema não fica restrito apenas a situações de viagem, mas também no transporte de alimentos e outros produtos. A dependência de caminhões acaba agregando ainda mais valor ao produto final, além de contribuir para a deterioração mais rápida de rodovias. Por conta disso, muita gente tem demandado soluções e alternativas aos meios já existentes.

E de acordo com uma história que está circulando nas redes sociais, o presidente Jair Bolsonaro teria criado um projeto de malha ferroviária para o nordeste brasileiro. De acordo com o vídeo que acompanha as publicações, o projeto vai ligar o estado do Maranhão ao estado da Bahia, passando por toda a costa nordestina. Ainda segundo a publicação, a proposta, batizada de Ferrovia do Sol, deve aumentar o potencial turístico e logístico do Brasil. Confira:

Confira o desmentido em vídeo:

Versão 1: “GOV. JAIR BOLSONARO: Governo investe pesado na malha ferroviária, A ferrovia do Sol transformara o nordeste em uma potência no setor turístico e logístico do país. “PÁTRIA AMADA BRASIL””. Versão 2: “Olha aí o Projeto para exploração do Turismo no Nordeste. Nossa Região vai se desenvolver com o comércio e artezanato, além de milhares de empregos. O Presidente que veio para ficar! Que maravilha”. Versão 3: “Ferrovia do Sol para o Nordeste. Se os nordestinos querem ver isso se realizar tem que começar a tirar a Esquerdalha do poder agora, limpando prefeitos e vereadores”.

Versão 4: “Gente, Vem aí a “FERROVIA DO SOL” Projeto do governo federal e parcerias, que vai revolucionar o turismo e a economia da região Nordeste. Trata-se de um circuito ferroviário completo, com 9 estações de última geração, interligando toda a região Nordeste pelo litoral. Começando em São Luiz do Maranhão e seguindo o seguinte trajeto: Porto de Itaqui, Lençóis Maranhenses, Barra Grande, Delta do Parnaíba, Jericoacoara, Porto de Pecém, Fortaleza, Canoa Quebrada, Natal, Praia do Amor, Porto de Cabedelo, João Pessoa, Jaguaribe, Recife, Porto de Suape, Porto de Galinhas, Maragogí, Maceió, Praia do Francês, Aracajú, Costa do Sauípe, Praia do Forte e Salvador. Serão 2.200 Km de ferrovias, conectando todos os Estados do Nordeste, 9 estações para embarque e desembarque de passageiros e transporte de cargas e trens de última geração bastante confortáveis e rápidos. Deixem o Presidente da República trabalhar !! O Brasil vai DECOLAR !! Ótima tarde a todos Abçs cordiais”.

Governo Bolsonaro criou projeto de construção de Ferrovia do Sol, de São Luís a Salvador?

A informação ganhou grande repercussão nas redes sociais (em especial, no Facebook e Twitter). As publicações acabaram dando grande esperança a muitos nordestinos (e também ao restante do país), entretanto, a história é falsa!

Uma rápida leitura no conteúdo das publicações mostra que os textos seguem aquele velho roteiro de fake news na internet. Eles são vagos, alarmistas (se falando, inclusive, em eleições), possuem erros de português e não citam fontes confiáveis.

Além disso, obras incríveis, falsamente atribuídas ao governo Bolsonaro, não são novidade na internet. A equipe do Boatos.org já desmentiu inúmeras delas, como a que dizia que o governo Bolsonaro teria construído a ponte estaiada de Ilhéus (BA). Também a que dizia que Bolsonaro teria construído a maior ponte ferroviária da América Latina em apenas 11 meses e, por fim, a que apontava que um vídeo mostraria como Bolsonaro iria construir a ponte do Xingu.

Ao buscar pela origem do vídeo e pela ideia em si, descobrimos que nem o projeto é do governo Bolsonaro e muito menos de um projeto que saiu do papel. O primeiro registro que temos do assunto é de 2013, quando o blog Viaje de Trem publicou um texto, onde traçava uma linha imaginária ligando as principais capitais do nordeste. O texto denominado como “Trilhos imaginários do Brasil – Ferrovia do Sol” fez sucesso entre os internautas. No dia 10 de setembro de 2013, 80 dias depois, a Superintendência do Desenvolvimento do Nordeste (Sudene) e a Agência Nacional de Transporte Terrestre (ANTT) anunciaram a assinatura de um termo de cooperação para estudar a viabilidade da construção de uma rede de transporte ferroviário regular de passageiros no Nordeste. O projeto foi batizado de Trem do Sol.

A ideia do projeto surgiu em um cenário muito específico. Na época, havia uma especulação sobre a construção de uma rede ferroviária que ligaria a cidade do Rio de Janeiro (RJ) a cidade de Campinas (SP). Entretanto, conforme o tempo foi passando, o projeto da malha ferroviária do Sudeste não saiu do papel. Já o projeto Trem do Sol avançou (a passos muito pequenos). A última atualização sobre o possível empreendimento ocorreu em 2017. Na oportunidade, Sudene e ANTT anunciaram o início dos estudos sobre a viabilidade do projeto. Não encontramos nenhuma atualização sobre o projeto no governo Bolsonaro.

Acontece que, no dia 25 de setembro de 2020, o senador Roberto Rocha (PSDB/MA) publicou um vídeo sobre a chamada Ferrovia do Sol em seu canal no YouTube. Na publicação, o político deixou claro que o projeto “Ferrovia do Sol” é de sua autoria e, ao que tudo indica, ainda é apenas um projeto. Como é possível ver, o vídeo que circula nas publicações é exatamente o mesmo compartilhado pelo senador. Em alguns posts, o nome do senador Roberto Rocha (que aparece no canto superior direito do vídeo) é encoberto por uma bandeira do Brasil.

Até o momento, não existe nenhuma assinatura do governo Bolsonaro autorizando a construção do projeto. Também não existem informações se o projeto, de fato, vai sair do papel. E dado ao histórico de promessas não realizadas sobre a construção de linhas ferroviárias no Brasil (como o trem Rio-Campinas), é sempre bom permanecer com um pé atrás.

Em resumo: a história que diz que o governo Bolsonaro criou e vai executar o projeto Ferrovia do Sol, que liga São Luís (MA) a Salvador (BA) é falsa! O vídeo utilizado nas publicações foi retirado do canal do YouTube do senador Roberto Rocha (PSDB/MA). O político publicou o conteúdo no dia 25 de setembro de 2020. Já a ideia de um trem que ligue regiões turísticas da região Nordeste surgiu em 2013 e não tem ligação alguma com o governo Bolsonaro.

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook e WhatsApp no telefone (61)99177-9164. 

 – Siga-nos no Facebook http://bit.ly/2OU3Zwz
 – Siga-nos no Twitter http://bit.ly/2OT6bEK
 – Siga-nos no Youtube http://bit.ly/2AHn9ke
 – Siga-nos no Instagram http://bit.ly/2syHnYU
 – Grupo no WhatsApp http://bit.ly/2H2c3Iu
 – Lista no Telegram https://bit.ly/2VSlZwK