Doria ofereceu terreno a Silvio Santos em troca de apoio político #boato

Boato – Em reunião, João Doria oferece terrenos em troca de apoio político de Silvio Santos, mas apresentador do SBT nega. Vídeo mostra tudo. 

As eleições municipais de 2020 já são passado. Em 2022, o Brasil terá que decidir, novamente, os cargos de presidente, governadores, deputados estaduais e federais do país. E a gente só espera (mas sem muita esperança) que as fake news não sejam, novamente, a atração do pleito.

Mas com a proximidade das eleições, o apoio político se torna fundamental. Ter uma boa base de apoio e que atinja a maior parte dos eleitores é de extrema importância para quem vai concorrer ao pleito (e pode sim definir uma eleição).

E de acordo com um vídeo que está circulando nas redes, o governador de São Paulo, João Doria, já teria começado a mexer os pauzinhos em busca de apoio. Segundo as imagens, Doria teria se reunido com o apresentador do SBT, Silvio Santos, o vereador de São Paulo, Eduardo Suplicy e outros políticos. Ainda de acordo com a publicação, Doria teria oferecido terrenos em troca do apoio político de Silvio Santos, mas o apresentador do SBT teria negado. Confira:

“DÓRIA TENTOU COMPRAR SILVIO SANTOS E QUEBROU A CARA. OLHA A INVERTIDA Governador de SP quis dar terrenos de presente ao Silvio Santos. Terrenos esses, que existem donos, pelos quais não aprovam construir nada. Mas se Silvio Santos aceitasse, poderia construir o que quisesse. Mostra, mais uma vez, que é um homem honrado, patriota e digno. E tudo em troca de apoio político. Vejam a postura de Silvio Santos, que rechaçou, de imediato, a proposta indecorosa e verdadeira traição ao povo de São Paulo. Precisamos que o Brasil saiba da sujeira e tamanha corrupção que esse João Dória faz e do que está disposto para derrubar o Presidente Bolsonaro. Não sei o que precisa mais para o impeachment de doria o maior pilantra, depois de carniça”.

Doria ofereceu terreno a Silvio Santos em troca de apoio político, mostra vídeo?

A informação caiu na internet fazendo um enorme barulho, em especial, no Facebook e no WhatsApp. Entretanto, ela não tem nada de real. O vídeo não mostra uma oferta de João Doria a Silvio Santos em troca de apoio político.

Uma rápida olhada na publicação já é o suficiente para perceber que ela apresenta as princicipais características de fake news na internet, como o caráter vago, alarmista e a falta de fontes confiáveis.

Além disso, nos últimos tempos, o governador de São Paulo, João Doria, tem sido um alvo recorrente de fake news. A equipe do Boatos.org já desmentiu diversas delas, como a que dizia que Doria teria aceito R$1 bilhão da Amazon para decretar o lockdown em São Paulo. Também a que indicava que empreiteiras ligadas a Doria teriam obrigado seus funcionários a gritar “fora, Bolsonaro” e, por fim, a que apontava que Doria teria proposto uma redução de 20% no salário dos servidores públicos.

E bastou assistir o vídeo para perceber que, em nenhum momento, Doria fala sobre troca de apoio político. Ao longo da gravação, é possível escutar que os presentes negociam uma troca de terrenos envolvendo a Prefeitura de São Paulo. Vale lembrar que João Doria é governador do estado de São Paulo. Além disso, nenhuma das pessoas (muitas de idade) não usavam máscaras na reunião (o que sugere que o vídeo é antigo).

Reunindo todas as informações, resolvemos buscar mais detalhes sobre a reunião e descobrimos que ela não tem nada a ver com a história que está circulando nas redes sociais. Na realidade, o encontro ocorreu em agosto de 2018. Na época, o apresentador do SBT, Silvio Santos, e o dramaturgo e diretor teatral Zé Celso tentavam resolver um impasse que já se arrastava por 30 anos.

Zé Celso é dono do Teatro Oficina e queria resolver uma pendência sobre um terreno, pertencente a Silvio Santos, nos arredores do teatro. Na oportunidade, o então prefeito da cidade de São Paulo, João Doria, e o vereador Eduardo Suplicy tentaram mediar a conversa para que ambos os envolvidos chegassem à uma conclusão do caso. A reunião foi recheada de bom humor e, no final das contas, é possível perceber que nem Silvio Santos e nem Zé Celso conseguiram chegar a um acordo.

O Teatro Oficina, pertencente ao dramaturgo Zé Celso, foi tombado em 2010. Na época da reunião, o grupo de Silvio Santos queria construir prédios de até 100 metros no terreno ao lado do teatro, o que poderia prejudicar a estrutura do teatro. A situação não foi resolvida e, em 2020, a Câmara Municipal de São Paulo aprovou, em segunda votação, que o espaço fosse transformado em um local para o lazer dos moradores, o Parque Bixiga. A decisão, entretanto, carece da aprovação do prefeito de São Paulo, Bruno Covas.

Em resumo: a história que diz que o governador João Doria teria oferecido terrenos em troca do apoio político do apresentador do SBT Silvio Santos é falsa! O vídeo utilizado na publicação, na realidade, foi gravado em 2018, durante uma reunião de conciliação entre Silvio Santos e o dramaturgo Zé Celso (dono do Teatro Oficina). Na época, fazia mais de 30 anos que os dois tentavam resolver uma questão envolvendo um terreno de Silvio Santos (que fica nos arredores do teatro). Doria e Eduardo Suplicy compareceram à reunião para mediar a situação e tentar ajudar os dois envolvidos a chegarem em um acordo. Ou seja, a história não tem nada a ver com “toma lá dá cá político”.

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook e WhatsApp no telefone (61)99177-9164. 

Ps2: Confira a nossa nova seção “Oportunidades” clicando aqui. 

 – Siga-nos no Facebook http://bit.ly/2OU3Zwz
 – Siga-nos no Twitter http://bit.ly/2OT6bEK
 – Siga-nos no Youtube http://bit.ly/2AHn9ke
 – Siga-nos no Instagram http://bit.ly/2syHnYU
 – Grupo no WhatsApp https://bit.ly/3tP2fIR
 – Lista no Telegram https://bit.ly/2VSlZwK
 – Siga-nos no TikTok https://bit.ly/38hcBcy