Ministra Damares Alves cancela pagamento de 2000 anistiados #boato

Boato – A ministra da Mulher, Família e Direitos Humanos, Damares Alves, acabou de cancelar o pagamento para 2000 anistiados como FHC, Lula, Chico Buarque e Gilberto Gil.

Se tem um tema que, volta e meia, aparece em boatos na internet, ele é o da chamada “Bolsa Ditadura”. De tempos em tempos, o Boatos.org tem que vir a público desmentir textos relacionados ao assunto. Na versão de hoje, o nome da ministra da Mulher, Família e Direitos Humanos, Damares Alves, foi incluso na história.

De acordo com uma mensagem que está circulando por Facebook, Twitter e WhatsApp, Damares acabou de cancelar o pagamento de pensões a 2000 anistiados. Entre os nomes que teriam perdido o benefício estão os dos ex-presidentes Fernando Henrique Cardoso e Lula e dos artistas Chico Buarque e Gilberto Gil. Leia duas versões da história que circulam online:

Versão 1: Ministra Damares cancela pagamento de 2000 anistiados, entre eles, FHC, Lula, Chico Buarque , Gilberto Gil .… A farra acabou Versão 2: Por isso esse bando de sanguessugas luta contra Bolsonaro.

Ministra Damares Alves cancelou pagamento de 2000 anistiados?

Muita gente compartilhou a informação em redes sociais. Mas será mesmo que a ministra Damares Alves cancelou o pagamento de pensões para anistiados? Ao bater o olho na mensagem, já sabíamos do que se tratava: ela é uma nova versão de um boato que já desmentimos em três oportunidades. Para você entender tudo, vamos aos fatos.

Na primeira versão, desmentida em setembro deste ano, eram citados o nome de diversos artistas e políticos que teriam recebido a pensão de anistiado. Dentre os “quatro citados” na mensagem que envolve Damares (a de hoje), apenas o ex-presidente Lula recebe o benefício. Chico, Gil e FHC não recebem. Dados também eram inflados.

Na segunda versão, foi citado que o general Santos Cruz, ministro da Secretaria de Governo, teria condenado a Bolsa Ditadura e todos os gastos. Além de a pessoa do vídeo que viralizou não ser Santos Cruz, os dados que circulavam estavam errados. Na terceira, era dito que o ministro Luiz Fux havia cancelado tudo.

Com isso, já temos dois dados. 1) As informações sobre quem recebe a pensão da anistia estão errados na mensagem. 2) O boato de cancelamento do benefício é manjado. Isso só nos ajuda a ficar mais desconfiados da veracidade da história. Algo que é reforçado pelas características do texto que circula online: vago, alarmista, com erros de português e sem citar fontes confiáveis.

Para enterrar a balela, fomos verificar se Damares Alves cortou o benefício de algum anistiado. Apesar de, de fato, a ministra ter declarado que está fazendo a revisão de benefícios, não há nenhuma informação sobre cortes.

Resumindo: a história que aponta que a ministra Damares Alves cortou a pensão de 2000 anistiados é falsa. Apesar de ela ter “tocado no assunto”, não cortou a pensão de ninguém. É mais um boato que circula na internet.

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook e WhatsApp no telefone (61)99177-9164.

Compartilhe este artigo:

Edgard Matsuki

Jornalista e caçador de falcatruas na internet

Um comentário em “Ministra Damares Alves cancela pagamento de 2000 anistiados #boato

  • 25/02/2019 em 23:02
    Permalink

    Ela não se manifestou ainda, mas será que quando a imprensa oficial, digo a Globo, a Veja, o Estadão anunciam, dá para confiar?

Fechado para comentários.

error: Em vez de copiar o nosso conteúdo, compartilhe no Facebook :)