Cid Gomes atirou primeiro após receber arma de tenente-coronel em Sobral #boato

Boato – Vídeo desmascara farsa de Cid Gomes e Ciro Gomes. Imagens mostram tenente-coronel entregando arma para senador e ele atirando primeiro.

Ontem, desmentimos o primeiro dos boatos relacionados ao episódio no qual o senador licenciado Cid Gomes foi baleado na cidade de Sobral (Ceará): o que apontava que ele havia sodo baleado por balas de borracha. Na ocasião, previmos que não aquele não seria o último boato sobre o assunto. Previsão que está se materializando hoje.

A “mais nova” teoria da conspiração envolvendo o caso aponta que, na realidade, o senador Cid Gomes “atirou primeiro”. As “provas apresentadas” seriam duas: 1) O senador teria recebido uma arma do “tenente-coronel” segundos antes do primeiro disparo. 2) O tiro “estilhaçou” o vidro da retroescavadeira “para fora”. Leia algumas versões da história que circula online e assista ao “vídeo”:

Confira o desmentido em vídeo:

Versão 1: *CID GOMES, ATIROU PRIMEIRO.* *No vídeo em câmera lenta, ve-se o Cid efetuando o disparo, o primeiro de toda confusão, de dentro para fora, estilhaçando o vidro da retroescavadeira para fora com a labareda de fogo do disparo.* *Um pouco antes Tenente Coronel entregando a arma pro Cid*

Versão 2: Aos 04 segundos, um homem de roupa amarela passa um objeto escuro para o Cid Gomes semelhante a uma arma. Aos 09 segundos, se vê estilhaços do para brisas dianteiro sendo projetados de dentro para fora da cabine em direção aos policiais e uma língua de fogo provocada pela queima da pólvora na saída do cano da arma. O próprio Cid Gomes, atirou no vidro

Versão 3: *CANGACEIRO CID GOMES, ATIROU PRIMEIRO.* *No vídeo em câmera lenta, o Cid efetuando o disparo, o primeiro de toda confusão, de dentro para fora, estilhaçando o vidro da retroescavadeira.**Um pouco antes Tenente Coronel entregando a arma pro Cid, e esse daí tem que ser denunciado por coautoria em tentativa de homicídio qualificado.* *Análise reforça suspeita de que o assessor do Cid entregou uma arma pra ele em seguida Cid teria efetuado um disparo de dentro pra fora do veículo…*

Cid Gomes atirou primeiro após receber arma de tenente-coronel em Sobral?

A tese se espalhou em muito locais na internet e levantou dúvidas, principalmente em quem não é simpático aos irmãos Cid e Ciro Gomes, sobre o assunto. Mas será mesmo que essa tese de que Cid atirou primeiro se sustenta? A resposta é não. Calma aí que a gente explica tudo para vocês.

Assim como no caso de ontem, a mensagem que acompanha o vídeo tem algumas das principais características de boatos online. Ela é vaga (sequer fala qual “tenente-coronel” entregou a arma), alarmista, com erros de português e não cita fontes confiáveis. Também como falamos ontem, esse tipo de balela sempre circula após um episódio impactante como esse (um exemplo é a série de boatos após Bolsonaro ter sido atacado por Adélio Bispo).

Após esse briefing inicial, que apontou que a mensagem tinha tudo para ser falsa, resolvemos ir para os passos seguintes. O primeiro passo foi prestar atenção de verdade no vídeo. Foi aí que encontramos os primeiros furos.

Não é possível provar que o objeto entregue para Cid Gomes é uma arma. Mais do que isso, não é possível ter 100% de certeza se o senador realmente recebe o objeto. Ou seja, a primeira tese não se sustenta com o que vimos até o momento.

Se a primeira tese não se sustenta, a segunda é derrubada ao primeiro olhar. Primeiro, o fato do vidro se estilhaçar para fora não significa que o tiro saiu da suposta arma de Cid Gomes. Esse vídeo que mostra 1 milhão de frames após um tiro derruba toda a tese. Nas imagens, há estilhaço para todos os lados.

Peraí, não ficou satisfeito com a minhas palavras. Então vamos com a imagem. Na mesma imagem viralizada como a “prova de que Cid Gomes” atirou primeiro, há a primeira de que a tese é falsa. Olha o frame abaixo e, em seguida, assista ao vídeo olhando para o ponto destacado em vermelho:

Fogo saindo da arma de policial (Foto: Reprodução/Facebook)
Fogo saindo da arma de policial (Foto: Reprodução/Facebook)

Se você acha que foi só o Boatos.org que fez essa “descoberta”, está enganado. Matérias, como essas do Fantástico e do Metrópoles, apontam que foram identificadas três fontes de disparos. Detalhe: nenhuma das fontes é Cid Gomes. O vídeo abaixo reforça a informação:

Resumindo: a história que aponta que o senador licenciado Cid Gomes atirou primeiro durante o episódio no qual ele foi baleado em Sobral (Ceará) é falsa. A própria imagem desmente a tese fantasiosa que circula por aí.

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook e WhatsApp no telefone (61) 99177-9164. 

Clique nos links “bit.ly” para acessar nossos perfis:

 – Siga-nos no Facebook http://bit.ly/2OU3Zwz
 – Siga-nos no Twitter http://bit.ly/2OT6bEK
 – Siga-nos no Youtube http://bit.ly/2AHn9ke
 – Siga-nos no Instagram http://bit.ly/2syHnYU
 – Grupo no WhatsApp http://bit.ly/37JYkkZ

Edgard Matsuki

Jornalista e caçador de falcatruas na internet